Resumo da semana

Mais uma semana corrida e, de corrida!
Porém bateu o desejo de fazer uma outra, direto pra minha cozinha, assistindo ao programa da Rita Lobo(guru e musa!), o Cozinha Prática, no GNT!
Ela tem essa capacidade: transformar o ato de cozinhar, em algo aparentemente simples!
Já era noite, mas a vontade, imperativa. Resultado: desliguei o forno, perto das 23h. O resultado valeu a pena!
Focaccia Integral com tapenade de azeitonas
A focaccia deve ter um sério problema de personalidade, digno de terapia: parece uma pizza, mas não é; um pão, mas não é.
Independente de nomeações burocráticas, surpreendeu-me a crocância e sabor desse “pão com cara de pizza”.
Para acompanhar, uma pastinha de sabor acentuado: tapenade de azeitonas.
Focaccia Integral com tapenade de azeitonas
A receita da focaccia integral com tapenade de azeitonas pode ser acessada no site do GNT( com o vídeo do programa), aqui.
Lá a Rita explica tudinho mas, as minhas dicas são:
Cuidado na finalização, com o sal grosso: beem pouquinho!
Para a tapenade ficar menos salgada é aconselhável lavar as azeitonas e alcaparras, escorrendo-as antes de usá-las.
Se não tiver nozes, use castanhas. Também acrescentei 2 filezinhos de anchovas( em vez do molho shoyu).
A focaccia é deliciosa, quando recém-tirada do forno! Para recuperar a crocância e gosto de massa fresquinha é só esquentar alguns pedaços numa chapa, ou até mesmo, frigideira( sem untar!).

O almoço de sábado foi dica de outro queridinho dos programas de culinária: Claude Troisgros, no “Que Marravilha-Romance“: risoto de petit pois e pera, com redução de vinagre balsâmico.
Risoto de petit pois e pera, com redução de vinagre balsâmico
Essa temporada está imperdível: o chefe recebe um casal famoso em sua cozinha, enquanto prepara um prato especial para eles.
O risoto serviu à Cynthya Howlett e Du Moscovis, que não comem carne.
Não é o nosso caso: acompanhei com filé mignon.
Foi o melhor risoto que já fiz! ( Usei arbório, no lugar de “arroz envelhecido”.)
Receita, aqui!

Da meia maratona do ES, semana passada…

Pegamos a estrada novamente, dessa vez, para uma corrida de 10 Km, em Guarapari(com uma turma de gente boa, do “Clube do Corredor de Santa Teresa“):

Amanhecendo em Vitória, o Sol prometia…

Mas, chegando em Guarapari, chuva fina e um belo arco-íris nos receberam!

Nada que levasse nossa animação por água abaixo!

Quem não gosta nada de esforço é a Chanel!
Meu nome é Pregui...ops! Chanel!
Ela também prefere Sol à chuva.

Leia Mais