Brunch no Gaaya Spice

Postado por Laély, no dia 23-08-2012 - Categoria: arranjos,datas especiais,fotografia - 11 Comentários

Quando pensei em fazer o brunch de dia dos pais na minha casa, usei como inspiração um post do Gaaya Spice, espécie de restaurante secreto*, extensão gourmet do ateliê Gaaya, de arte e design, em Uberlândia( assunto para um próximo post).
“*secreto e clandestino são apenas designações para esse tipo de restaurante mais cozy que funciona apenas alguns dias por mês e são instalados em lugares não óbvios, neste caso, parte do espaço funciona todos os dias como loja/ateliê de arte e outra parte (cozinha e salão), funciona apenas alguns dias a noite, como restaurante.”
O que mais chamou minha atenção foi a arrumação despretensiosa porém, primorosa, que deu todo o charme à recepção!
Manhã de Sol, parede de lousa caprichosamente desenhada, móveis desgastados, transparências e um cardápio de encher a boca d’água…

Uma grande moldura destacou a parede, além de servir de suporte para arranjos e comidas:

Jarras, potes de vidro e até gavetas de madeira acomodaram arranjos de flores, suculentas, ranúnculos aspargos plumosos e prateas.

A mesa de comidas e o cardápio variado:

Fôrma de alumínio virou suporte de prato:

E as melancias, simpáticos e refrescantes picolés:

Flores naturais são indispensáveis! Os guardanapos foram amarradinhos:

Água saborizada e enfeitada, com limão siciliano e morangos( exibida em jarras transparentes, logicamente!):

Mais fotos maravilhosas e inspiradoras, no Gaaya Spice.

    Brunch do dia dos pais

    Postado por Laély, no dia 15-08-2012 - Categoria: arranjos,datas especiais,receitas - 28 Comentários

    Domingo resolvi fazer um brunch na minha casa.
    Pra quem não sabe, brunch é a junção de duas palavras do inglês: “breakfast”(café da manhã) e “lunch”( almoço). Resumindo: o brunch é um café-almoço servido no meio da manhã, que se estende até o início da tarde. Ideal para comemorações informais, como no “dia dos pais”.
    O convite foi estendido a alguns amigos da igreja. A ideia era fazer a recepção no quintal, mas o tempo não ajudou: chuva, Sol, depois, chuva novamente…
    Mudança de planos, de última hora: a pequena sala foi adaptada para acomodar a todos!
    Brunch dia dos pais
    O cardápio do brunch é bem flexível, com ítens do café da manhã e pratos salgados.
    Abusei da liberdade para misturar cozinha italiana, marroquina, mexicana, francesa…o que vale é o sabor e a diversidade de belisquetes.
    Como esta entradinha, que apelidei “espetinho caprese”:
    Espetinho caprese
    Muito simples e gostoso: mussarela de búfala, tomate cereja e ovo de codorna, banhados no pesto de manjericão. Servi, em copinhos de cachaça:
    Espetinho caprese
    O cuscuz marroquino é assim: vapt-vupt! Pra fazer e pra comer! Neste, misturei sardinha, além de raspas de limão siciliano, azeite, tomate cereja, hortelã, cebolinha e milho:
    cuscuz marroquinho
    O cuscuz marroquino precisa ser hidratado anteriormente, na mesma proporção de água fervente. É um ótimo acompanhamento para peixes e pode substituir o arroz.
    Uma receita com cuscuz, no site Panelinha.
    Outro prato salgado, quiche de frango:
    Quiche de frango
    Entre as opções indispensáveis do café da manhã, pães variados!
    Brunch dia dos pais
    Fiz pão de mandioquinha, recheado com creme de queijo, pão australiano, com queijo minas e melado, pão de leite, com salsicha de peru e Catupiry. Além desses, pão francês de padaria.
    Brunch dia dos pais
    Achei uma forma simpática e atraente de servir salada de frutas: no espeto, com suco de laranja bem geladinho. As tacinhas de capuccino encontrei em loja de R$1,99:
    Salada de frutas no espeto
    Pra beber: 2 tipos de suco, guaraná, chá e chocolate quente.
    Brunch dia dos pais
    Brunch dia dos pais
    Na outra mesa, bolo de cenoura, bolo de maçã, tortinha de abacaxi com coco:
    Brunch dia dos pais
    Guacamole, geleia, doce de leite, manteiga, torradinhas:
    Brunch dia dos pais
    A mesa, em diferentes ângulos:
    Brunch dia dos pais
    Brunch dia dos pais
    Brunch dia dos pais
    E assim terminou mais um dia especial, na companhia de amigos e flores…
    Brunch dia dos pais

      Inspiração floral

      Postado por Laély, no dia 18-04-2012 - Categoria: arranjos,mesa rústica - 3 Comentários

      Catei umas imagens no Pinterest, com arranjos supercoloridos e alegres para um almoço, ou jantar especial.
      Lembrando que, logo estaremos comemorando o “dia das mães” e, em seguida, o “dia dos namorados”.
      Não há como negar, que flores à mesa valorizam qualquer reunião informal.
      Os arranjos vão de singelos a mais luxuosos. Neste, a delicadeza do degradê de cores:
       centerpiece umbre
      Tons e sobretons de rosa:
      .
      Vermelho, verde, turquesa e branco:
      shower
      Tons pastéis, em diferentes alturas:
      Pretty table setting
      Vermelho, branco e rosê em potes de vidro:
      pretty table

        Começando com o pé direito

        Postado por Laély, no dia 03-01-2012 - Categoria: arranjos,Minha casa,natal,receitas - 24 Comentários

        O velhinho foi-se tranquilamente no sábado, sem fazer estardalhaço, pelo menos aqui em casa.
        DSC08475
        A cerimônia de despedida foi bem simples: depois do culto familiar fiz passar um castiçal com uma vela acesa, quase se consumindo, pela mão de cada presente, enquanto um agradecimento por 2011 e um pedido para 2012 era feito. Ao final da contagem regressiva, a vela foi apagada: assim nos despedimos do velho ano.
        Depois, à mesa de comida:
        DSC08476
        Lembram-se da caixinha para impressão, que postei aqui?
        Fiz biscoitinhos de cacau, embalei-os em saquinho de celofane e recheei-as. Aproveitando a ideia dos “biscoitos da sorte” pedi ao meu menino do meio que escrevesse recadinhos, tipo previsões ou ideias para o ano novo. As mensagens foram bem criativas, bem ao estilo dele.
        DSC08480
        A mesa das crianças:
        DSC08479
        O cardápio foi simples: salada de lentilhas, chester, farofa, arroz branco.
        Mesa de apoio
        A mesa de doces, uma tentação!
        Mesa de tentações
        Enfieei o pé na jaca, ou melhor: a boca nas rabanadas, feitas pela minha mãe!
        Mesa de doces
        Também fiz torta africana( cacau, côco e abacaxi), minha mãe, pavê de maracujá com brigadeiro mole e, na cesta de coração: manga seca, trazida pela sogra.
        A salada de lentilhas com bacalhau foi uma ideia da revista Estilo deste mês, muito simples e saborosa:
        Salada de lentinhas e bacalhau
        Cozinhei 500g de lentilhas, dessalguei e desfiei mais ou menos a mesma quantidade de bacalhau. Depois, passei-o no azeite e alho. Antes de tirar do fogo acrescentei azeitonas pretas, salsinha e cebolinha picadas. Misturei à lentilha, cozida e escorrida, mais 2 cs de tomilho, 1 pimentão pelado e picado. Acertei o sal e azeite. O toque final ficou por conta das rodelas de cebola douradas, dispostas por cima da salada. Pode servi-la morna, ou fria.

        Só mais um recadinho, para começar o ano:
        No fim de semana fiz um breve retiro virtual.
        Nesse meio tudo parece lindo, maravilhoso, perfeito! Encarregamos-nos de criar o perfil de uma vida ideal. Acontece que, não sou um personagem de mim mesma: sinto tristeza, raiva, desânimo, medo de que as coisas piorem, que as pessoas piorem, incluindo, eu…
        Mudar um móvel de lugar, transformar a casa, fazer um “extreme make over” doméstico é bem mais fácil e simples que mudar a nós mesmos. Mas a esperança nas pessoas não deve ser a “última a morrer”, como diz o ditado. Não pode morrer, nunca!
        O desconhecido torna-nos frágeis. Mudanças amedrontam. Porém, devemos crer que vem para melhorar. Podem até não ser grandes, drásticas; pequenas, sutis já fazem uma grande diferença.
        Nosso destino não está escrito nas estrelas, muito menos num “biscoito da sorte”. Nós mesmos tratamos de o escrever e reescrever, todos os dias. Como diz aquela música conhecida:
        “Depende de nós…”
        Um 2012 abençoado, para todos!