Iluminando seu natal

Quando vi esta vila em miniatura iluminada fiquei encantada:
Village4

A ideia está no Posy Gets Cozy, com PAP simples que consiste em empilhar blocos de espuma, ou caixas de papelão, espalhar luzinhas de LED, cobrir com um tecido( foi usado o linho) e acrescentar as casinhas.

Mantle2
Village7
Outra ideia com casinhas de passarinho e luzinhas LED, no Design Sponge:

aldeia de madeira
madeira detalhes aldeia

As luzinhas foram introduzidas através de um buraco feito atrás da casinha, com uma furadeira.

Leia Mais

Lanternas personalizadas

Diferentes formas de customizar lamparinas e abajures, como nesta lanterna de papel, tipo japonesa:

Bluelantern1
Mini bandeirolas, costuradas num viés e aplicados com cola:
5080297107_198e86147a.jpg
Fonte: Oh dee doh
Tutorial, aqui: You had me at bonjour
Castiçais coloridos ganharam instalação elétrica( bocal e lâmpada comum) e cúpula com fru-frus:
Nesta outra luminária, sobras de couro foram montadas como uma saia em volta da lâmpada:
Imaginei que tiras de feltro e até pedaços de gravatas não usadas substituiriam muito bem a ideia original.
O inconveniente do projeto anterior, apesar do bonito efeito em cascata é que o lustre vedaria completamente a passagem de luz pelas laterais.
Marido é do contra, dizendo: “primeiro coloca a luz, pra depois tirá-la!”
Mas acho que os projetos seguintes seriam aprovados:
Uma bonita e escultural cúpula antiga foi desnuda, para ser coberta posteriormente com retalhos de tecido e adereços:
Lampshade DIY
Lampshade DIY
Ideia similar, com aplicação de contas de madeira:
Ou este lustre bacana, reaproveitando potes de vidro:

Easter Pastels - Summer Nights Shimmering Shooting Stars Sparkling Clear Glass Fruit Harvest Ball Mason Jar Chandelier Lights - UpCycled ReCycled Hanging Pendant Lighting Fixture Swag Light - Wedding - Party - Holiday - Mothers Day Treat
Etsy

Falando em iluminação e reciclagem, curiosidade foi encontrar esse vídeo mostrando uma ideia literalmente luminosa, ecológica e a custo zero-a transformação de garrafas pet em “lâmpadas”:
Gostou da ideia? Explicação mais detalhada, aqui.
Leia Mais

"Pula fogueira…"

Há cerca de 1 ano, fizemos uma noite de fogueira no quintal de casa, chamada: “Noite dos Talentos“.

Além de comidinhas típicas, houve apresentações de música, tocada e cantada, encenação de esquetes humorísticos e “conto de causos”.

A festinha agradou tanto, que este ano resolvemos repetir a dose, aproveitando a experiência anterior.
O clima está propício: aqui na serra, as noites de inverno têm sido frias mas, nem tanto.
Espero dessa vez ter mais tempo, para programar a decoração da festa outdoor, aonde não poderá faltar boa iluminação, detalhes coloridos e/ou rústicos, além de indispensável animação!

A começar pelo visual, porque noite na roça inspira algo apropriado…Já vou dar um brilho na bota country, preparar o avental e a saia rodada para entrar no clima!

A intenção é que todos fiquem à vontade para se jogar em colchões e bancos espalhados pelo quintal, deixando almofadas coloridas e mantas quentinhas à disposição, como neste exemplo:

Apesar de remeterem a um clima oriental, as lanternas de papel se popularizaram tanto, que eu não teria dúvida do sucesso que fariam numa festa caipira!
Cones de bandana, acomodados numa cestinha de metal ou palha, servem a pipoca com um charme country:A Lucila, do Casa de Valentina, fez um ótimo post com ideias para esse tipo de recepção, usando chita na decoração. Confira, aqui.
Lá, o mesmo cone é coberto com esse tecido florido, mas acho que papel cartão, de diferentes cores( as mesmas, usadas na decoração), também seriam substitutos à altura.

Esta semana, passei numa loja de R$1,99 e abasteci a cestinha de muitas flores artificiais( quanto mais intensas as cores, melhor!). Pensei em fazer uma guirlanda para enfeitar a mesa, ou então, usá-las nesta versão Martha Stewart, com uma luzinha no miolo: Não ficaria lindo?

Numa festa noturna ao ar livre, uma boa iluminação é imprescindível!

Agendamos a data para uma noite de Lua cheia. Se o tempo não se fechar contra nós, esperamos contar com uma luminária natural no céu e, muitas velas aqui na Terra.

Lampiões, castiçais, latinhas, copinhos, tudo pode ajudar a iluminar e enfeitar a mesa:As bebidas a serem servidas, serão: chás, chocolate, sucos e, nada de álcool! No máximo, refrigerantes. Se este for o caso, vale a ideia de acomodar as garrafas em baldes de alumínio, com bastante gelo.

Mas, meu palpite é que a procura será maior por bebidas quentes.

Pratos, talheres e copos poderão ter uma mesa especial, valendo até a ajuda de um banquinho acessório:Bandeirolas, não poderiam faltar: Sinta-se à vontade para misturar padrões de toalhas floridas, ou de chita, desde que os tons usados não briguem entre si.
Outra ideia barata, seria cobrir a mesa com papel craft. O tom marrom, serviria de base para encher a mesa de cor e de flores. Apenas, não usaria para forrar a mesa de bebidas.

Falando em papel craft, achei muito simpática esta ideia de fazer luminárias com sacolas de papel: A frase, depende de que mensagem quiser dar.
Também gostou? A ideia é daqui, ó!

Já que é para investir em iluminação natural, eu trocaria a cor da anilina na água por um tom mais quente e aplicaria esta ideia: Prest’enção, que é: um recipiente com vela, dentro de outro com água, ambos, transparentes!
Num tipo de festa temática como essa, não vejo problema em usar e abusar de flores artificiais.
Caso faça opção por naturais, dar preferência às campestres, em arranjos bem rústicos, como os seguintes:

Flores diferentes, garrafas iguais.

Mais vidros, inclusive, os de compota e geleias:

Admito: este aqui fugiu um pouco ao tema, mas gostei do vaso coberto com canudinhos de plástico, coloridos!
Latas de alumínio, também são permitidas: Se não quiser pintá-las, que tal cobri-las com tecido florido, ou chita?

Estes globos coloridos podem ser feitos com flores artificiais:
Mais uma bossa final, caso o tempo permita este “capricho supérfluo” de anéis para guardanapos, usando as mesmas flores artificiais: Se alguém aí já fez sua festinha junina, aceito sugestões. O que não aceito é perder a chance de comer canjicão e aipim cozido, ainda mais por uma boa causa!
Quem não ainda fez, aceito parceria!

“Cuidado para não se queimar!…”

Além dos créditos para as fotos já citados, a maioria das ideias foram tiradas do Martha Stewart e Country Living.
Atualizando:
A Susi, querida amiga do Copy&Paste, fez um post com mais ideias para uma festa temática, como esta.
Podem conferir, aqui.
Leia Mais