Brunch no Gaaya Spice

Quando pensei em fazer o brunch de dia dos pais na minha casa, usei como inspiração um post do Gaaya Spice, espécie de restaurante secreto*, extensão gourmet do ateliê Gaaya, de arte e design, em Uberlândia( assunto para um próximo post).
“*secreto e clandestino são apenas designações para esse tipo de restaurante mais cozy que funciona apenas alguns dias por mês e são instalados em lugares não óbvios, neste caso, parte do espaço funciona todos os dias como loja/ateliê de arte e outra parte (cozinha e salão), funciona apenas alguns dias a noite, como restaurante.”
O que mais chamou minha atenção foi a arrumação despretensiosa porém, primorosa, que deu todo o charme à recepção!
Manhã de Sol, parede de lousa caprichosamente desenhada, móveis desgastados, transparências e um cardápio de encher a boca d’água…

Uma grande moldura destacou a parede, além de servir de suporte para arranjos e comidas:

Jarras, potes de vidro e até gavetas de madeira acomodaram arranjos de flores, suculentas, ranúnculos aspargos plumosos e prateas.

A mesa de comidas e o cardápio variado:

Fôrma de alumínio virou suporte de prato:

E as melancias, simpáticos e refrescantes picolés:

Flores naturais são indispensáveis! Os guardanapos foram amarradinhos:

Água saborizada e enfeitada, com limão siciliano e morangos( exibida em jarras transparentes, logicamente!):

Mais fotos maravilhosas e inspiradoras, no Gaaya Spice.

Leia Mais

Brunch do dia dos pais

Domingo resolvi fazer um brunch na minha casa.
Pra quem não sabe, brunch é a junção de duas palavras do inglês: “breakfast”(café da manhã) e “lunch”( almoço). Resumindo: o brunch é um café-almoço servido no meio da manhã, que se estende até o início da tarde. Ideal para comemorações informais, como no “dia dos pais”.
O convite foi estendido a alguns amigos da igreja. A ideia era fazer a recepção no quintal, mas o tempo não ajudou: chuva, Sol, depois, chuva novamente…
Mudança de planos, de última hora: a pequena sala foi adaptada para acomodar a todos!
Brunch dia dos pais
O cardápio do brunch é bem flexível, com ítens do café da manhã e pratos salgados.
Abusei da liberdade para misturar cozinha italiana, marroquina, mexicana, francesa…o que vale é o sabor e a diversidade de belisquetes.
Como esta entradinha, que apelidei “espetinho caprese”:
Espetinho caprese
Muito simples e gostoso: mussarela de búfala, tomate cereja e ovo de codorna, banhados no pesto de manjericão. Servi, em copinhos de cachaça:
Espetinho caprese
O cuscuz marroquino é assim: vapt-vupt! Pra fazer e pra comer! Neste, misturei sardinha, além de raspas de limão siciliano, azeite, tomate cereja, hortelã, cebolinha e milho:
cuscuz marroquinho
O cuscuz marroquino precisa ser hidratado anteriormente, na mesma proporção de água fervente. É um ótimo acompanhamento para peixes e pode substituir o arroz.
Uma receita com cuscuz, no site Panelinha.
Outro prato salgado, quiche de frango:
Quiche de frango
Entre as opções indispensáveis do café da manhã, pães variados!
Brunch dia dos pais
Fiz pão de mandioquinha, recheado com creme de queijo, pão australiano, com queijo minas e melado, pão de leite, com salsicha de peru e Catupiry. Além desses, pão francês de padaria.
Brunch dia dos pais
Achei uma forma simpática e atraente de servir salada de frutas: no espeto, com suco de laranja bem geladinho. As tacinhas de capuccino encontrei em loja de R$1,99:
Salada de frutas no espeto
Pra beber: 2 tipos de suco, guaraná, chá e chocolate quente.
Brunch dia dos pais
Brunch dia dos pais
Na outra mesa, bolo de cenoura, bolo de maçã, tortinha de abacaxi com coco:
Brunch dia dos pais
Guacamole, geleia, doce de leite, manteiga, torradinhas:
Brunch dia dos pais
A mesa, em diferentes ângulos:
Brunch dia dos pais
Brunch dia dos pais
Brunch dia dos pais
E assim terminou mais um dia especial, na companhia de amigos e flores…
Brunch dia dos pais

Leia Mais

Noite de talentos III

Andei ausente. Semana passada estivemos envolvidos em 2 projetos da nossa igreja: o primeiro deles incluía palestras diárias, feitas pelas próprias crianças do grupo( o mais novo tinha 7 anos, o mais velho, 12), encerrando com a nossa já tradicional “Noite de Talentos“, em sua 3° edição.
A festa foi no sábado e, dessa vez, o tempo cooperou: tivemos uma bela noite de lua crescente, sem ameaça de chuvas e trovoadas!
"Noite de Talentos"
A mesa ficou bem variada: agnoline, carne seca com aipim, sanduíches, pé-de-moleque, tortinha de coco e abacaxi, bolo de fubá, bolo de aipim, paçoca, canjicão, chás, sucos…Não dei conta de provar tudo!
"Noite de Talentos"
O guardanapo “Paçoca Amor”, da Tok&Stok, inspirou um cantinho na mesa:
"Noite de Talentos"
Também um achado na Tok&Stok, guardanapo temático junino:
"Noite de Talentos"
Colhi uns galinhos de um manacá perfumado, no quintal:
"Noite de Talentos"
A noite começou em volta da mesa porque, como costuma dizer minha sogra: “barriga cheia, coração contente!”
"Noite de Talentos"
Os pãezinhos já são tradição na minha casa e receita antiga, aqui do blog: pãozinho de leite, recheado com purê de abóbora e carne seca, e pão australiano, com queijo de coalho e mel.
Após encher a barriga, encher os ouvidos com música, mostrando nossos talentos:
"Noite de Talentos"
O talento do Hulk é comer e dormir.
Entrei no clima, de fazendeira:
"Noite de Talentos"
Thiago é nosso multi-instrumentista:
"Noite de Talentos"
Teclado, sax, flauta transversa ou clarinete é pra ele…
"Noite de Talentos"
Mas nem só de pão e música viveremos: encenações…
"Noite de Talentos"
"Noite de Talentos"
Paródias, mágicas, vídeo…As crianças adoraram( a criança em nós, também!)!
"Noite de Talentos"
Encerramos com mais música…
"Noite de Talentos"
Até cansar e puxar o banquinho. Já era tarde, o pessoal indo embora, mas os “músicos” queriam estender o encontro!
"Noite de Talentos"
Apesar do trabalho que dá, organizar uma festinha como essa, ao final, a sensação de dever cumprido, recompensada pelo sorriso no rosto daqueles que participaram.
Ano que vem tem mais, se Deus nos permitir!

Leia Mais

Sugestões para os namorados


Trouxe algumas imagens da minha viagem à Manaus porém, mal tive tempo de desfazer as malas quando uma virose me derrubou.
Enquanto organizo as fotos, deixo algumas sugestões de presentes para os namorados.

Uma coleção para apaixonados por design, com uma pegada pop:

A linha inspirada na popular paçoquinha gerou vários ítens, desde de mais simples e baratos, como: guardanapo, avental, almofada, copo, tigela, prato, caixa, toalha até mais caros, como a mesa de canto acima( R$198) ou, a mesa de centro abaixo(R$435):

Com tantas opções, uma delas com certeza caberá no seu orçamento.

Para uma boa leitura, sugiro dois títulos que levei na bagagem de viagem:

O “Guia Politicamente Incorreto da Filosofia” é do filósofo Luiz Felipe Pondé e, como o autor descreve, um “ensaio de ironia”.
Antes que o avião aterrisasse em Manaus o filho mais novo já havia devorado todo o livro.
“Amores, perdas e meus vestidos” é leitura igualmente deliciosa: uma viagem no tempo a partir das roupas e costumes, em diferentes etapas da vida de Ilene Beckerman. Ilustrações adoráveis, da própria autora. Lançamento da Ed. Rocco.
A boa notícia é que em breve faremos um post promocional, aqui no blog, com o sorteio de “Amores, perdas e meus vestidos“. Aguardem!

Falando em vestidos, roupa é presente que sempre agrada às mulheres.
A Maria Filó é atual, delicada, romântica e feminina:


Vale uma visita à loja da marca, para se encantar com a decoração:

Imagem, dAqui.
Tá com medo de errar, na escolha? Invista nos acessórios. A marca tem agendas, utilitários, enfeites para cabelo, lenços, cintos, bolsas, sapatos.

De pés e moda a marca Havaianas entende:

Um dos casais mais românticos e famosos do cinema estampa o chinelo temático. Com numeração para ele e para ela.

Aí, que os namorados estão naquela fase de assumir a paixão…

Na Riachuelo encontra.

Encontre o seu amor!

Leia Mais