Festinha retrô

No esporte, quanto menos você treina, pior é o seu desempenho: assim, também, o ato de escrever.
Vendo sob esse prisma poderia ser considerada uma blogueira sedentária. Preciso praticar mais, por isso estou aqui, tentando desfazer a impressão de que larguei o blog e os leitores de lado, pra recomendar um post muito bacana!
Trata-se de uma festinha temática organizada pela Katia Bonfadini, juntamente com outras amigas blogueiras: Simone ScharammMarta Riba, Milena Orlando e Ana Paula Carneiro.

Conheci a carioca Milena já faz um tempo, aqui, nos comentários do blog. De amiga virtual à real não demorou muito e agora, sempre que vou ao Rio, demos um jeito de nos reencontrar.
Com a Kátia, mesma coisa: acompanhávamos o blog, uma da outra, trocávamos e-mails, até nos encontrar pessoalmente, numa viagem que ela fez à Vitória.

Um mês após a maratona no Rio, voltei,  para fazer a Meia Maratona Internacional. Por uma coincidência, a data da prova era justo no fim de semana programado para a festinha retrô, quando conheci as demais meninas!

A Kátia caprichou em tudo: na escolha do local, um antigo apartamento da família no bairro do Leme que foi todo reformado, mas que se optou por manter o chão de taco( nada mais retrô!), na identidade visual da festa*, nas comidinhas e, como não poderia faltar,  na animação e simpática recepção!
pés
*A Kátia preparou um kit digital Festa Retrô que ajudou na decoração, mas cada uma de nós levou alguma contribuição: foi uma pequena recepção, à 12 mãos!
chá 2
Figurinos, bebidas e cardápio adequados a uma divertida viagem no tempo!
DSC_0917[2]
A mesa ficou impecável e eram tantos os quitutes que, confesso, em véspera de prova importante, acabei não provando tudo.
IMG_2399a5
O pinguim foi o mascote!
DSC_0944[3]
E a Ana fez as fotos lindas que ilustram este post e outras mais, que podem ser conferidas no blog da Kátia: Casos&Coisas da Bonfa.
DSC_08902
Despedi das meninas e voltei para o hotel mais cedo. Dia seguinte, minha festa seria na pista, do Leblon ao Aterro do Flamengo:
JVT13MMRJ5823_Alta-3600x2400pixels300dpi
E depois desse desafio fora do estado um outro, por aqui: a mais tradicional prova do ES, a “10 Milhas Garoto”, corrida de 16 Km pelos pontos mais charmosos de Vitória e Vila Velha!
JM13DMG92702_Alta-3600x2400pixels300dpi
Disciplina nos treinos, relaxo no blog. Faço aqui a mea culpa e, ao mesmo tempo, reitero o convite a quem quiser acompanhar postagens mais curtas, no meu perfil do Facebook: lá encontrarão looks, quase que diários, meus gatinhos, receitas, charges e tudo mais que gosto. É só mandar um pedido de adição para a Laély Fonseca.
Mas pretendo tirar o Sala da La do sedentarismo e programar atualizações mais frequentes. Palavra de corredora!
Té mais! 😉

Leia Mais

Colorterapia…

É o que promete este hotel, em Bruxelas:
Pantone Hotel, um dos últimos investimentos da empresa Pantone Inc, tem 7 andares projetados, cada qual, com uma cor diferente de sua vasta paleta:

Hotels.nl

Aqui, o hall de entrada do hotel:
E, alguns de seus quartos: de inspiração vermelha...
Amarela:
Superfuture

E azul:
search design ideas

Mas, se você for um artista em trânsito por Philadelphia e estiver trabalhando nalgum projeto, poderia tentar hospedar-se neste outro hotel, mais simples porém, tão charmoso quanto o Pantone, mostrado no Apartment Therapy:

Por trás da fachada clássica do PAH( Philadelphia Art Hotel), esconde-se um inovador conceito em hospedagem.

O casal que planejou o PHA, Krista e Zak, ocupa o primeiro andar do prédio de 3 e o fizeram, com o intuito de estimular a vinda de artistas para a cidade.
Sem dúvida, eles não têm medo de cores, o que pode ser conferido em cada um dos diferentes ambientes, a seguir:
Mais fotos do hotel, no Flickr

E nós brasileiros, desde tempos áureos considerados um povo hospitaleiro, caloroso e criativo, bem que poderíamos aprender a conviver melhor com as cores, como os nossos amigos gringos, assim como Zé Carioca tentou ensinar ao ranzinza Donald a malemolência do samba.
Numa época em que o cinema desconhecia o “politicamente correto”, é curioso ver a dupla fumando e bebendo cachaça que, inexplicavemente nesta animação, ganhou uma cor laranja:

Eu amo cores! E também: desenhos antigos da Disney( politicamente corretos, ou não!).

Leia Mais

Organizando o armário…

( E as ideias…)
Confesso que às vezes me sinto uma criatura híbrida, por isso, meio fora de contexto; um ser, resultado de mutação genética, criatura mítica, como o minotauro, a medusa, ou uma sereia…nem uma coisa, nem outra…
Por mais que me esforce, não consigo dar conta do recado!
Tenho alma de mulher prendada: “mulher Tupperware”.
( Tipo, década de 50!)
Mas vivo, num tempo diferente: de “mulher maravilha”, ou She-ra!
(Uhm… isso é tão década de 80!)
“Eu tenho a forçaa!”

( Mas, será mesmo?!)
Dar conta de mil coisas, ao mesmo tempo, exige organização, por isso, tenho feito a mesma oração, todos os dias:
“Senhor, ajudai-me a ser mais organizada!”
Mas, não dá pra deixar nas mãos dEle e não fazer a parte que nos toca, pois Jesus ressuscitou morto, mas não arrumou a cozinha de ninguém!
Há mais de ano, mandei fazer um outro guarda-roupa para o quarto de casal, argumentando que não tinha espaço para me organizar( aprenderam, né?). Fiz a mudança grosseira e, do mesmo jeito, lá ficou.
Perigando, abrir o armário e encontrar o gatinho, perdido há meses lá dentro!
“Acho que vi um gatinho…”
Antes um gatinho que um ratinho, não é?! (Ainda não cheguei a estágio tão deplorável!)
Ou, quem sabe? deveria abandonar o projeto de um futuro-incerto-armário-arrumadinho, para um: presente-garantido-novo- local de brincadeiras-de pequenos”?!
“Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar…”
Ainda, hei de colocar em prática, todos aqueles projetos mirabolantes de arrumação, deixar a casa um brinco, impecavelmente organizada, cada coisa no seu devido lugar, como num…quartel(?!).
As roupas, organizadas por tons e sobretons, estações, comprimentos, ocasiões, tecidos, estampas…
Separadas, por modelos de meus costureiros favoritos: Cristian( o Dior!), Chanel, Marc Jacobs, Calvin Klein…
Aí, eu acordei do meu sonho cor de rosa!
Será, que ainda há jeito de ser uma “boa menina”?
Vamos tentar, vamos tentar…
(Uma vozinha do bem, fala ao meu ouvido):
Comece, por arrumar os sapatos no seu devido lugar e não, pedindo “ajuda aos universitários”, ou a Indiana Jones, para localizar a banda perdida daquele par, que encasquetou de usar naquele dia.
Ganchos, sempre ajudam. Se não tiver: invente, tente, faça algo diferente…
A Nani deu uma diquinha para visitar a casa da Marianna: Uma Casa Organizada
E não é que a moça é organizada, mesmo?! Prendada, sim! Gosta de fazer umas transformaçõezinhas básicas, como estas, que fez no guarda-roupa, com contact estampado:

Ah…( suspiro) Isso falou fundo, ao meu lado “mulher Tupperware”…

Continuando, nossa aulinha básica: “Seja uma Pessoa Mais Cool, Mais Fashion, Mais Organizada, em Uma Aula!”
“Seus problemas acabaram!” ( Eu agarântio!)
Só pra lhe abrirem os olhos, outra diquinha básica:
“Façam o que digo, mas não façam o que eu faço!”
Se de tudo, não conseguirem se organizar, como eu, só com essa aulinha, outra dica:
Se o armário for antigo, estiver meio caidinho, ou, as portas forem transparentes, evidenciando toda a inepta inaptidão e incompetência organizacional de vocês( não, eu!), sugiro uma saída, pela direita:
Em caso de emergência( tipo: visita de última hora), joquem toda a bagunça para o fundo do armário e: cubram com um bonito papel de presente, contact, ou tecido!
Pode ser uma aplicação, como esta:
Ou, como esta:
Uma cortininha fofa: aí, é covardia!
A “mulher Tupperware” que há em cada um( inclusive, nos homens) agradece e ainda, poderão receber elogios, por tamanho capricho!
Querem mais um capricho?!
Nem precisava, depois da aula desta expert(?!), mas, um frufruzinho a mais, nunca é demais, se for carinho para a casa.
Uma roupinha de cabide:
Para quem costura, tem passo-a-passo bem facinho, clicando na figura.
Para quem não tem o que esconder, meus parabéns, e uma ideia bem baratinha para organizar as roupas:
Reciclando o encanamento perdido. Link, também na figura.
Falando em gente organizada, hoje, a Mara Porto faz aniversário.
Quando crescer, quero ser igual a ela( eu prometo!).
Mas, nem tudo está perdido: a “super Silmara”, do Fio da Meada, veio para socorrer e, com palavras afiadas, promover o bem estar desta, que vive se torturando, por não ser tão…certinha. (Se também não forem tão “certinhos” quanto eu, confiram lá!)
Obrigada, também, à Jane Murback, que também como eu, não consegue ser tão certinha…
(Todas as fotos têm links, com os devidos créditos. Clicar nelas)
Leia Mais

Organizando o armário…

( E as ideias…)
Confesso que às vezes me sinto uma criatura híbrida, por isso, meio fora de contexto; um ser, resultado de mutação genética, criatura mítica, como o minotauro, a medusa, ou uma sereia…nem uma coisa, nem outra…
Por mais que me esforce, não consigo dar conta do recado!
Tenho alma de mulher prendada: “mulher Tupperware”.
( Tipo, década de 50!)
Mas vivo, num tempo diferente: de “mulher maravilha”, ou She-ra!
(Uhm… isso é tão década de 80!)
“Eu tenho a forçaa!”

( Mas, será mesmo?!)
Dar conta de mil coisas, ao mesmo tempo, exige organização, por isso, tenho feito a mesma oração, todos os dias:
“Senhor, ajudai-me a ser mais organizada!”
Mas, não dá pra deixar nas mãos dEle e não fazer a parte que nos toca, pois Jesus ressuscitou morto, mas não arrumou a cozinha de ninguém!
Há mais de ano, mandei fazer um outro guarda-roupa para o quarto de casal, argumentando que não tinha espaço para me organizar( aprenderam, né?). Fiz a mudança grosseira e, do mesmo jeito, lá ficou.
Perigando, abrir o armário e encontrar o gatinho, perdido há meses lá dentro!
“Acho que vi um gatinho…”
Antes um gatinho que um ratinho, não é?! (Ainda não cheguei a estágio tão deplorável!)
Ou, quem sabe? deveria abandonar o projeto de um futuro-incerto-armário-arrumadinho, para um: presente-garantido-novo- local de brincadeiras-de pequenos”?!
“Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar…”
Ainda, hei de colocar em prática, todos aqueles projetos mirabolantes de arrumação, deixar a casa um brinco, impecavelmente organizada, cada coisa no seu devido lugar, como num…quartel(?!).
As roupas, organizadas por tons e sobretons, estações, comprimentos, ocasiões, tecidos, estampas…
Separadas, por modelos de meus costureiros favoritos: Cristian( o Dior!), Chanel, Marc Jacobs, Calvin Klein…
Aí, eu acordei do meu sonho cor de rosa!
Será, que ainda há jeito de ser uma “boa menina”?
Vamos tentar, vamos tentar…
(Uma vozinha do bem, fala ao meu ouvido):
Comece, por arrumar os sapatos no seu devido lugar e não, pedindo “ajuda aos universitários”, ou a Indiana Jones, para localizar a banda perdida daquele par, que encasquetou de usar naquele dia.
Ganchos, sempre ajudam. Se não tiver: invente, tente, faça algo diferente…
A Nani deu uma diquinha para visitar a casa da Marianna: Uma Casa Organizada
E não é que a moça é organizada, mesmo?! Prendada, sim! Gosta de fazer umas transformaçõezinhas básicas, como estas, que fez no guarda-roupa, com contact estampado:

Ah…( suspiro) Isso falou fundo, ao meu lado “mulher Tupperware”…

Continuando, nossa aulinha básica: “Seja uma Pessoa Mais Cool, Mais Fashion, Mais Organizada, em Uma Aula!”
“Seus problemas acabaram!” ( Eu agarântio!)
Só pra lhe abrirem os olhos, outra diquinha básica:
“Façam o que digo, mas não façam o que eu faço!”
Se de tudo, não conseguirem se organizar, como eu, só com essa aulinha, outra dica:
Se o armário for antigo, estiver meio caidinho, ou, as portas forem transparentes, evidenciando toda a inepta inaptidão e incompetência organizacional de vocês( não, eu!), sugiro uma saída, pela direita:
Em caso de emergência( tipo: visita de última hora), joquem toda a bagunça para o fundo do armário e: cubram com um bonito papel de presente, contact, ou tecido!
Pode ser uma aplicação, como esta:
Ou, como esta:
Uma cortininha fofa: aí, é covardia!
A “mulher Tupperware” que há em cada um( inclusive, nos homens) agradece e ainda, poderão receber elogios, por tamanho capricho!
Querem mais um capricho?!
Nem precisava, depois da aula desta expert(?!), mas, um frufruzinho a mais, nunca é demais, se for carinho para a casa.
Uma roupinha de cabide:
Para quem costura, tem passo-a-passo bem facinho, clicando na figura.
Para quem não tem o que esconder, meus parabéns, e uma ideia bem baratinha para organizar as roupas:
Reciclando o encanamento perdido. Link, também na figura.
Falando em gente organizada, hoje, a Mara Porto faz aniversário.
Quando crescer, quero ser igual a ela( eu prometo!).
Mas, nem tudo está perdido: a “super Silmara”, do Fio da Meada, veio para socorrer e, com palavras afiadas, promover o bem estar desta, que vive se torturando, por não ser tão…certinha. (Se também não forem tão “certinhos” quanto eu, confiram lá!)
Obrigada, também, à Jane Murback, que também como eu, não consegue ser tão certinha…
(Todas as fotos têm links, com os devidos créditos. Clicar nelas)
Leia Mais