Bolinho cremoso de tangerina e limão

Tem gente que, quando bate aquela vontade de ir pra cozinha, preparar algo diferente e gostoso, deita na rede e ali fica, quietinho, esperando que passe…Não, o meu caso. Vontade boa é pra ser saciada, mesmo que dê algum trabalho.

Começou com uma imagem, vista de relance: uma torta de limão! Uhmm…Lembrei “daquela“, escultural!
Imprimi a receita numa folha de papel e a guardei, junto de várias outras( até comentaram, entre si: “Mais uma chegou, iludida. Coitada! Garanto que deve ter ouvido a mesma promessa que nós, de um dia ser registrada oficialmente, no caderno!…).

Procurava por “aquela” receita e, encontrei. Outra. Uma “bastarda”. Sem pai, sem mãe, sem proprietário intelectual, sem link…
Como os cítricos estavam na preferência do dia seria essa, depois, “aquela“! Pra limpar as papilas!
-Mas não estamos em época de tangerinas!
-“Seus problemas acabaram” ou, as desculpas: podem usar suco de caixinha( uma boa marca, por favor!)!

A sobremesa é leve e delicada. Lembrou-me um bolo-pudim que minha mãe costumava fazer, quando criança.
018
Supersimples, como tudo o que compartilho por aqui porém, confesso: achei que não daria certo. Muito líquido para pouco trigo, além de não levar fermento químico.
O segredo do sucesso, não sou Lair Ribeiro mas, darei: claras em neve e banho-maria!
019
A textura aerada, no topo, cremosa como um pudim, na base, vai fazer com que queiram levantar-se da rede…Pra voltar, logo em seguida, afinal, é rapidinho!
021
Como sou gulosa, ao ver aquela receita tão enxuta de ingredientes achei que deveria dobrá-la. Assim, fiz. Rendeu tanto, que me faltaram ramequins. Usei xícaras de porcelana. Há males que vêm para bem…
022
Bolo cremoso de tangerina e limão
Ingredientes
-2 ovos separados( claras e gemas)
-100 g de acúcar( uso menos)
-200 ml de leite( pode ser o desnatado)
-80 ml de suco de tangerina
-30 g de farinha de trigo( 2 colheres de sopa, bem cheias)
-1 colher de sopa de raspas de tangerina
-1 colher de raspas de limão( usei siciliano, mas pode ser o verde)
-Pitada de sal

Modo de fazer
Pré-aqueça o forno, em 180°C.
Unte ramequins com manteiga. Polvilhe trigo. Arrume-os, numa assadeira.
Ferva água para o banho-maria.
Peneire as gemas numa vasilha, junto com o açúcar. Bata, até ficar um creme branco e aerado. Acrescente o suco, o leite, as raspas, peneire a farinha sobre e misture tudo. Reserve.
Noutra vasilha bata as claras em neve( com a pitada de sal).
Despeje sobre elas a mistura anterior, aos poucos, incorporando com um fouet. Muita calma, nessa hora! Todo o cuidado, para que não murchem.
Distribua a mistura nos ramequins preparados.
Leve ao forno pré-aquecido. Despeje a água fervente na bandeja, até um pouco menos da metade da lateral dos potinhos.
Asse por 30-40′, ou até que comece a desprender da lateral da fôrma.
024
Precisar, não precisava mas, lembram “daquela receita“? Tem um creme cítrico aveludado, que é escandalosamente gostoso!
Como estava preparando a base para as tarteletes, já fiz o recheio. Usei o mesmo suco de tangerina do bolo cremoso; o creme ficou até mais bonito, de uma cor mais viva!
Se quiserem consistência de calda pra jogar em cima é só acrescentar mais suco, ou creme de leite fresco, mas, para decorar o topo, a versão mais encorpada é melhor.
Se não quiserem mais trabalho a opção é polvilhar por cima açúcar de confeiteiro, com raspinhas de limão.
025
Então, não vale a pena um pouco de dedicação?

(p.s. Às vezes passo um tempo sem escrever, aqui, embora não me pareça tanto, já que faço atualizações constantes, no meu perfil do Faceboook, mantendo, assim, contato com o mundo virtual. Oportunidade pra refazer o convite de me encontrarem por lá!)

Leia Mais