Corrida e comida para quem precisa…

Há quase 1 ano faço parte de um grupo de corrida, aqui na minha cidade. Antes, meu único companheiro era o Hulk. Acontece que, esse senhor de 9 anos de idade, precisa ser poupado. Não que tenha se aposentado definitivamente das pistas porém, o trecho dele deve ser cada vez mais curto, daqui pra frente.
Encontrar o pessoal, pelo menos uma vez por semana, tem sido um motivo a mais pra colocar o pé na estrada, a conversa em dia e o peso, sob controle.
Ano passado foram três meias maratonas oficiais, além de outras provas de menor distância, sem contar nossas corridas semanais.
De vez em quando procuramos variar o percurso.
Num domingo podemos fazer um trecho de 8km, subindo até a rampa de voo livre, e aproveitar a paisagem de tirar o fôlego:


Noutro, o trecho de 10 Km corta a área de uma reserva biológica:

É assim que começamos nosso domingo…

No meio da natureza…


E entre amigos.

Às vezes, voltamos até a ser crianças!

O Hulk também adora uma farra aquática!

Mas ao final da corrida há sempre um lanchinho nos aguardando:

Frutas, pão integral, um bolinho…

Acho que vi um gatinho…

O Alemão foi nosso anfitrião, na sede da reserva.
Foto oficial, antes da corrida:

Resolvi repetir a receita do bolo de banana servido naquele domingo, superfácil de fazer!
As duas camadas de banana, açúcar e canela regadas com limão formam um creminho delicioso, no fundo.

Dessa vez aboli o coco ralado e achei que ficou bem melhor, assim: mais úmido e, menos doce!

A receita é do site da Casa&Jardim, na forma de um vídeo caprichado e PAP supersimples! Ideal pra acompanhar um café da tarde, ou sorvete, ou chá gelado.

E enquanto o Hulk vê-se obrigado a diminuir o ritmo das corridas pelo avançar da idade, eu, ao contrário, penso em aumentar.
Há cerca de 4 meses venho amadurecendo a ideia de encarar minha primeira maratona. Sinceramente, amedrontada, mas, seduzida pelo desafio gigante. Tenho 4 meses à frente, pra me preparar e sentir mais confiante.
Entre as prioridades, para este ano: acelerar, na estrada e, enfiar o pé no freio do consumo. Por isso tenho aparecido menos por aqui.
Àqueles que desejarem me acompanhar mais de perto, reitero o convite para estenderem este nosso encontro, no Facebook. (Os looks, agora, não diários, deixarei para publicar, lá.)
Beijo e boa semana!

You may also like

19 Comentários

  1. Oi, Laély, também temos um labrador ( Jorge ) que já não pode nos acompanhar nem nas caminhadas pela vizinhança. A idade chega mesmo, agora está com 13 anos. Sinto saudades até daqueles momentos impossíveis…Vc deve conhecer bem! Beijo

  2. Parabens pela disciplina e conquistas, you look great, ate um pouquinho diferente, hehehe.
    Torco pela conquista da maratona.
    Bua!! fiquei triste quanto aos loks somente no facebook, gosto de ve-los. Nao tenho face, por opcao mesmo, entao coloca eles no flickr please……
    Bjs……

  3. Ola Laély,essa estrada é aquela que vai para santa leopoldina? sabe que tenho um sitio aí pertinho…é muito bonita essa regiao,amo… e quero estar aí em maio no festival de jazz,que por sinal adorei o do ano passado,bjao !

    1. Oi, Rosana!
      A primeira foto é da rampa de voo livre, no Vale do Caravaggio: programa imperdível, em Santa Teresa.
      A área da reserva é na estrada para Lombardia.
      Aproveite o passeio!
      Beijo!

  4. Ah, é um incentivo esse visual ! E esse banho então ?!
    Sei que não é desculpa (pra alguém sedentária como eu), mas acredito que em turma é mais estimulante, não é ?
    Lá, força para maratona, certeza que vc consegue. Que corpitcho está, hein gatona ?
    Beijoooo

    1. Não precise ser uma turma grande mas, se há afinidades, é sempre mais estimulante! Hoje, mesmo, saí de um plantão de 12h, à noite, e fui treinar em ladeira com uma amiga.
      Obrigada pelo “gatona”, pra mim, um verdadeiro elogio! rs
      Beijo!

  5. Tudo de bom!!!Dá até vontade de sair correndo…rsrsrs…verdade, preciso deixar de ser sedentária…depois do “enta”…tenho que tomar vergonha…rsrsr…mas o bolo vou fazer amanhã mesmo…rsrsr

    1. Monica, minhas articulações doem, depois de uma corrida longa, por isso achava-me velha pra tentar a maratona. Até ver aquele indiano, de 100 anos, correndo 42Km.
      Vou tentar…
      Quanto à você, ainda há tempo! rs

  6. Laély, vc consegue e sabe que sim, já mostrou aqui o quanto é determinada e forte.Quanto as fotos, isso se chama : felicidade.
    Bjs p você e ótima semana.

  7. Oi Laély, fiquei encantada com o registro dessa área de reserva biológica. Num lugar assim, longe de todo tipo de poluição e com a sua determinação somada a companhia afinada, seu preparo para a maratona está garantido. Boa maratona moça!

  8. Paisagem linda para uma corridinha e depois do esforço ,um picnic delicioso. Quero mesmo combinar uma corridinha com vocês. Esse bolo de banana virou o bolo oficial aqui de casa.Bjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *