Contagem regressiva!

Mês de dezembro chegando e a tal da TPN-Tensão Pré-Natal, também!
Já estamos em contagem regressiva, para o natal e a chegada do filho do meio.
Ainda não arrumei nada. Como sempre, deixando tudo pra última hora.
A internet dá uma ajudinha, com ideias inspiradoras.
Nem que sejam pequenos detalhes porque, Natal em branco, só se for de neve!

Martha Stewart
Para quem gosta, como eu, de presentear “comida artesanal”, embalagem, também!

Falando em comida:

E mais artesanal:

(As 3 imagens anteriores foram compartilhamentos do Facebook. Fico devendo a fonte.)
Mas as duas ideias seguintes são da Vivi Visentin, do Decorviva!

Delicinha, né?
Uma árvore de natal original, que eu simplesmente amei!

Também gostou? Dá um pulinho do blog do Meu Móvel de Madeira e “curte” a árvore lousa da Vivi no post; pra mim, a mais original de todas! Mais imagens, no Decorviva!
Falando em natal, não resisti comparar dois gatinhos:

O da direita é o meu, chegando de férias!

Leia Mais

Bolo de chocolate

Nada mais reconfortante que chegar em casa, depois de um dia cansativo de trabalho, e ser recebida com carinho, às vezes, na forma de bolo( não fôrma, também serve).
Foi assim, ontem. A Rose, minha fiel ajudante preparou uma receita própria que, de tão fácil e gostosa preciso compartilhar com vocês:
Um bolo de chocolate muito digno, para acompanhar o café da tarde! Macio e fofinho, na medida certa.
Bolo de Chocolate
Bolo de chocolate da Rose
1 xícara de achocolatado
2 xícara de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1 xícara de chá de leite
3 colheres de sopa de manteiga, em temperatura ambiente
4 colheres de sopa de açúcar refinado
3 ovos grandes( gemas e claras, separadas)

Modo de fazer:
Pré-aqueça o forno em temperatura média.
Unte com manteiga e enfarinhe uma fôrma de furo no meio( ou, tabuleiro).
Peneire os ingredientes secos, todos juntos.
Bata as claras em neve bem firme.
Bata as gemas, manteiga e açúcar juntos, até ficar um creme mais claro.
Acrescente o leite e misture, alternadamente, com os ingredientes secos peneirados.
Por último, acrescente as claras em neve à mistura, delicadamente.
Deite a massa sobre a fôrma preparada e leve-a ao forno, por aproximadamente 40′ ou, até que enfiando um palito no meio, esse saia limpo.
Sirva simples assim, ou com calda de chocolate.

Posso fugir da dieta, de vez em quando, embora o bolo não tenha durado mais que um dia. Sobrou este último pedaço, só pra fotografia( relevem o fato de ter usado um pratinho com motivos de azeitonas: nada a ver!).
Bolo de Chocolate
Primeiro a gente limpa a fôrma. Depois, cuida da forma: já me inscrevi em outra meia maratona, pra fechar o ano correndo.
Chamo o Hulk pra me acompanhar, nos treinos…
Quero passear!
“Tudo bem mas, eu dirijo!”
“Eu também vou!” ronronou preguiçosamente o Pingo.
"Vou de táxi!"

Leia Mais

Acelerando as turbinas


Quando o filho do meio viajou pra Alemanha, em janeiro, pensei no quanto seria demorado esse ano, longe dele. De fato, fácil não foi, principalmente, nos 3 primeiros meses. Às vezes a saudade apertava tanto, que só me restava chorar. Aos soluços.
Mas, e não é que 2012 tá chegando ao fim? Passou correndo, como o mais novo tricampeão mundial de F1, por coincidência, um alemão.
Assim é que, uma semana tem sucedido a outra, em ultrapassagens de tirar o fôlego.
O lado bom disso: tá explicado. O lado ruim é que o tempo tem corrido mais que eu.
Deixando as desculpas de lado, vamos aos looks.
Vestido de jersey, para um sábado estampado:
DSC02284DSC02294
Vestido de jersey: Shop 129
Clutch: Melissa-Isabela Capeto
Sandália: AREZZO
Pra começar uma semaninha mais básica:
DSC02334DSC02339
Bata de malha: Cheklist
Calça: Cantão
Bolsa: Uncle K
Sandália: AREZZO
(Acho que já deu pra perceber o quanto gosto dessa sandália, perfeita para alongar baixinhas, como eu: cor nude, salto, dorso do pé exposto.)

DSC02354DSC02379
Camisa: ELLUS
Saia lápis
Bolsa: Uncle K
Sandália: Shutz
DSC02383
Porque eu amo roupa de mocinha!
DSC02390DSC02400
Vestido de crepe
Bolsa: Portfolio
Sandália: AREZZO
Dia de folga:
DSC02432DSC02453
Camisa de linho
Bermuda: Dopping
Bolsa: Uncle K
Rasteira de purpurina: Cantão
Combinação delicada:
DSC02471DSC02498
Regata de crepe
Saia: Antix
Clutch: Melissa-Isabela Capeto
Scarpin: Carmen Steffens
DSC02501
Mais saia:
DSC02548DSC02566
Regata de malha: ELLUS
Saia: Dress to
Bolsa: Portfolio
Sapato: UZA
Jeans e bege, combinação clássica:
DSC02595DSC02596
Camisa jeans: Levi’s
Calça: Cantão
Bolsa: Uncle K
Sapato: UZA
Bolsa com estampa de quadrinhos, para equilibrar a sisudez do verde militar:
DSC02632DSC02639
Chemisie
Open boot: Jorge Bischoff
Bolsa: Quilts são Eternos
Uma tendência para o verão: a roupa de academia deve ganhar as ruas, em versão mais arrumadinha. Como neste short, com amarração na cintura:
DSC02656DSC02685
Regata de seda
Short de seda: Açúcar Moreno
Rasteira de purpurina e bolsa: Cantão

Semana passada, no Mais Você, a Ana Maria Brega( ops!) Braga deu dicas de como usar short neste verão. Dicas, que venho aplicando há tempos. Convém lembrar:
Shorts e bermudas são bem-vindos, na estação mais quente do ano porém, que se adequem à situação: em ambiente de trabalho( a menos, que tenha a sorte de trabalhar à beira-mar), por motivos óbvios, não são muito adequados.
Pernas precisam estar em forma.
Combata o ressecamento com um bom creme.
Short+salto= alonga a silhueta. Com rasteira, ou sapatilhas compõem um visual mais descontraído.
Pernas mais grossas pedem um número maior de manequim. Além de parecerem mais longas, nada mais vulgar que shorts ou bermuda justas demais.
Um exemplo, pra deixar mais claro, do site Vou de Marisa:

O mesmo modelo de short, a mesma modelo, mas a diferença de proporções fica patente.

Tubinho branco, indo e vindo:
DSC02721DSC02707
Vestido de linho: Redley
Bolsa: Dumond
Sandália anabela: UZA

Navy e mullet:
DSC02763DSC02748
Blusa e saia( mullet) de crepe
Sandália: AREZZO

Uma prova de que, mesmo baixinhas como eu podem usar vestidão:
DSC02808DSC02834
Vestido jeans: Hering
Sandália anabela: UZA
Bolsa: Colcci
Cor única, cintuta alta e salto alongam as pernas.

Uma peça, que acho difícil de usar: calça skinny.
Mulheres de exuberantes formas e coxas grossas devem usar com cuidado: podem parecer um embutido de carne. Uma blusa mais soltinha, na parte de cima, ajuda a equilibrar a silhueta. E, não pode faltar: um bom salto!
DSC02864DSC02874
Blusa: Cantão
Calça de veludo cotelê
Sandália: AREZZO
Bolsa: Colcci

Comecei falando do assunto e termino, da mesma forma: filho já tem data pra chegar, de férias, um pouco antes do ano novo.
Coração acelerando, como carro de F1!

Leia Mais

Resumo da semana

Mais uma semana corrida e, de corrida!
Porém bateu o desejo de fazer uma outra, direto pra minha cozinha, assistindo ao programa da Rita Lobo(guru e musa!), o Cozinha Prática, no GNT!
Ela tem essa capacidade: transformar o ato de cozinhar, em algo aparentemente simples!
Já era noite, mas a vontade, imperativa. Resultado: desliguei o forno, perto das 23h. O resultado valeu a pena!
Focaccia Integral com tapenade de azeitonas
A focaccia deve ter um sério problema de personalidade, digno de terapia: parece uma pizza, mas não é; um pão, mas não é.
Independente de nomeações burocráticas, surpreendeu-me a crocância e sabor desse “pão com cara de pizza”.
Para acompanhar, uma pastinha de sabor acentuado: tapenade de azeitonas.
Focaccia Integral com tapenade de azeitonas
A receita da focaccia integral com tapenade de azeitonas pode ser acessada no site do GNT( com o vídeo do programa), aqui.
Lá a Rita explica tudinho mas, as minhas dicas são:
Cuidado na finalização, com o sal grosso: beem pouquinho!
Para a tapenade ficar menos salgada é aconselhável lavar as azeitonas e alcaparras, escorrendo-as antes de usá-las.
Se não tiver nozes, use castanhas. Também acrescentei 2 filezinhos de anchovas( em vez do molho shoyu).
A focaccia é deliciosa, quando recém-tirada do forno! Para recuperar a crocância e gosto de massa fresquinha é só esquentar alguns pedaços numa chapa, ou até mesmo, frigideira( sem untar!).

O almoço de sábado foi dica de outro queridinho dos programas de culinária: Claude Troisgros, no “Que Marravilha-Romance“: risoto de petit pois e pera, com redução de vinagre balsâmico.
Risoto de petit pois e pera, com redução de vinagre balsâmico
Essa temporada está imperdível: o chefe recebe um casal famoso em sua cozinha, enquanto prepara um prato especial para eles.
O risoto serviu à Cynthya Howlett e Du Moscovis, que não comem carne.
Não é o nosso caso: acompanhei com filé mignon.
Foi o melhor risoto que já fiz! ( Usei arbório, no lugar de “arroz envelhecido”.)
Receita, aqui!

Da meia maratona do ES, semana passada…

Pegamos a estrada novamente, dessa vez, para uma corrida de 10 Km, em Guarapari(com uma turma de gente boa, do “Clube do Corredor de Santa Teresa“):

Amanhecendo em Vitória, o Sol prometia…

Mas, chegando em Guarapari, chuva fina e um belo arco-íris nos receberam!

Nada que levasse nossa animação por água abaixo!

Quem não gosta nada de esforço é a Chanel!
Meu nome é Pregui...ops! Chanel!
Ela também prefere Sol à chuva.

Leia Mais

Meia Maratona de Vitória

Nesse domingo foi o dia da tão aguardada I Meia Maratona do Espírito Santo de Shopping a Shopping:

O trecho incluiu 3 municípios da Grande Vitória: Serra, Vitória e Vila Velha.
Segunda “meia” no meu currículo de corredora iniciante, novamente, como na corrida do Rio, o clima ajudou: céu encoberto.
Comentei com os amigos, que eu tô quase um Ayrton Senna: especialista em correr na chuva; só falta ganhar, como ele…
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Parte do grupo de atletas amadores de Santa Teresa, que participou da prova.
Após 45 minutos de atraso( devido a um acidente na pista), largada tranquila.
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Percorrendo a orla de Camburi, em Vitória:
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Manhã diferente, no trânsito: pessoas tomaram conta da pista andando, correndo e pedalando mais rápido que os carros.
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
A Terceira Ponte ( que liga Vitória à Vila Velha) é o bicho papão de muitos corredores. No nosso caso, que treinamos em trecho bem mais íngreme que esse, a subida da ponte foi tarefa suave de cumprir.
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Tranquilidade para registrar um dos ícones de Vila Velha, o Convento da Penha:
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Em Vila Velha, a orla da Praia da Costa:
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Finalmente, a chegada:
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Ritmos diferentes( completei, em 2:29h) porém, unidos pelo mesmo objetivo: chegar ao final da prova inteiros!
Correr faz-nos sentir com superpoderes. Ao menos, o poder da superação pela persistência e disciplina. Talvez explique o ânimo extra deste grupo de corredores da Marinha, que se jogaram no chão e fizeram mais 10 flexões, após 21Km de corrida:
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
Que a semana seja cumprida com ânimo e serenidade!
I Meia Maratona Shopping a Shopping( Serra-Vitória-Vila Velha)
(Domingo que vem tem mais: 10 Km, em Guarapari!)

Leia Mais