Meus segredos-II


A Andrea Damas é uma webmaster, geek, starwars e legomaníaca que conheci há pouco, no Facebook. Dona de um humor afiado, ela posta frases como estas, no perfil dela:
“Alimentação balanceada é aquela que você faz no restaurante em que a comida é por quilo!”
“A parte mais difícil do regime não é ficar de olho no que eu como, e sim ficar de olho no que as outras pessoas estão comendo.”
“Sou uma pessoa muito bem equilibrada com todos… menos com a balança.”
“É desnecessário dizer ‘guarde espaço para a sobremesa’. Sempre há espaço para a sobremesa… Sempre!”
“O que engorda não é o que se come entre o Natal e o Ano Novo… e sim o que se come entre o Ano Novo e o Natal!”

A verdade é que todo mundo encara dieta como um tipo de punição: “Algo de errado fez, pra se submeter a tamanha privação!”
Mas se deseja mudanças, comece, mudando a própria cabeça! Dieta não é castigo. É estratégia, pra se chegar a um determinado objetivo(lembram, do post anterior?)!
A formação de novos hábitos exige propósito e persistência! E isso não é balela de autoajuda. É fato!

Conversava com uma amiga, que havia se submetido à cirurgia bariátrica. Descobri, que há uma série de restrições à quantidade e qualidade de cada refeição. Mas é possível reduzir o estômago, sem cirurgia!

Tentarei resumir alguns hábitos que devem ser incorporadas à rotina de quem deseja emagrecer com saúde, sem truques ou remédios:

Acelere o metabolismo alimentando-se de 3/3h, sempre com pequenas porções. São 6-7 refeições diárias, incluindo café, lanche do meio da manhã, almoço, lanche/meio da tarde, fim de tarde, janta e ceia( se costuma dormir mais tarde).

O segundo ponto é a qualidade de cada porção ingerida: pouco carboidrato( isso inclui: pães, massas, tubérculos, biscoitos, cereais) e muita proteína magra( filé de boi, frango, peixe, atum light, iogurte light, queijo cottage, minas frescal, omelete).
A ideia é levar as células de gordura à míngua( e são elas que queremos exterminar, com exercícios e dieta!) e superalimentar seus músculos( para aumentar a massa magra, mais malhação!). É uma substituição, que faz muita diferença na silhueta.

Beba muito água, fora das refeições. Durante, nada( lembra, que deseja diminuir o tamanho do estômago para aumentar a saciedade?)!
Corte bebidas gasosas( isso inclui, água gaseificada) da sua rotina.
Se, durante às refeições, sente uma necessidade incontrolável de beber, das duas, uma: ou não tem bebido água o suficiente, ou, a comida está muito salgada! O que no leva à próxima dica:

Diminua o sal e o açúcar, drasticamente!
Isso é uma questão de educar o paladar. Sua saúde agradecerá.
Quando sinto sede às refeições, costumo terminar com uma porção de fruta suculenta: uma fatia de melão, ou pera, ou laranja.
Frutas, aliás, devem estar presentes em todas as refeições e lanches do dia( mas não vale comer 1 melancia, ou jaca inteiras! Há quantidades a serem respeitadas, dependendo da fruta.)

Dê preferência a cereais integrais. Além das vitaminas extras, e de ajudarem no funcionamento intestinal, aumentam a saciedade.

Começo o dia com iogurte light, uma fruta( geralmente, banana), 2 cs de granola. No meio da manhã, uma fatia de mamão, 1 fatia(fina) de pão integral, 1 fatia generosíssima de queijo branco. Para o lanche da tarde, mais iogurte e uma porção de fruta seca( não cristalizada, que leva muito açúcar!). Na ceia da noite, antes de dormir, também iogurte, com 2 castanhas.

Controle as porções colocadas no prato: no almoço, por exemplo, 2 cs de arroz integral, 1 concha de algum grão( feijão, lentilha, grão de bico), 2 cs de legumes cozidos, 1 porção de proteína( 100g de frango, ou peixe), começando com uma farta porção de salada crua( sem restrições!).
Depois que comecei a dieta, virei lagarta: não vivo sem alface!
Na janta, não como carboidrato: apenas, filé grelhado( ou omelete, ou atum), salada crua e uma fruta de sobremesa.

Controle as emoções.
Percebo que, quando estou triste, chateada ou, muito ansiosa, acabo não reparando o que coloco no prato. “Se a vida está amarga, vou me acabar no doce!” É uma ideia, que pode comprometer seus resultados.

Planeje cada refeição e lanche com antecedência e, prepare apenas a quantidade proposta!
Se trabalha fora, leve sua marmita de casa, para evitar cair em tentações na rua.
Tenha uma barrinha de cereais, ou fruta na bolsa, em último caso mas, não pule refeições!

Caiu em tentação e chutou o pau da barraca? Não desanime! Volte à sua dieta, logo na refeição seguinte, mas lembre-se: quanto mais escapadelas fizer, principalmente na fase de “mudança de hábitos”, mais distante ficará de atingir seus objetivos.

Exercícios físicos aeróbicos( andar, correr, nadar, andar de bicicleta) e anaeróbicos(musculação) encabeçam essa lista de dicas para emagrecer.

Nesses últimos meses descobri que omelete é uma boa aliada para quem está de dieta: além de fácil, uma refeição digna, saudável e gostosa( sem falar, barata!).

Todo mundo sabe, mas a Rita Lobo dá dicas para incrementar e criar uma omelete perfeita, no programa dela, no GNT, Cozinha Prática.
Lembrando que, a omelete light leva 1 ovo inteiro+2 claras.

Esses são apenas alguns princípios já conhecidos, nada secretos, que experimentei e aprovei os resultados. Mas não são uma regra. Cabe a um nutricionista, avaliar as necessidades e limitações de cada um.

Amanhã o Rio me espera, de braços abertos!

“Pelo esforço é que se abre o caminho.” (Virgílio)

You may also like

28 Comentários

  1. Olá…leio sempre seu blog, mas nunca comentei. Hoje achei que deveria. Adoro os post com os looks. Quero parabenizá-la pelo esforço e pelo incentivo. Boa sorte na corrida…ganhar nem sempre…desistir jamais!!! Bjo!!!

  2. Super tudo!!
    Laély, você nem imagina o quão importante foi ler esse post hoje!!
    Só pra você ter uma ideia, antes de ler o teu blog eu estava com o telefone na mão pra ligar pra um cirurgião… Notas o tamanho do meu desespero?? Há 12 anos luto contra a balança!!
    Obrigada!! Bjim
    Soraya.

    Ps: Encontrei o teu blog no face da Valérie :)

  3. Ótimas as dicas da alimentação balanceada! Juro que não sabia sobre as duas claras extras na omelete.
    Não precisaria repetir, mas digo mais uma vez que desejo sinceramente que o Rio de Janeiro a receba de “braços abertos” e que possas alcançar o objetivo!
    Boa maratona.
    Bjs

  4. Oi Laély, não digo que venho travando briga com a balança, na verdade brigo com a dieta, sempre tento começar, e sempre caio em tentações! de modo que não consigo emagrecer. Dietas à parte, eu gostaria de começar à correr, sinto a necessidade de me exercitar, mas odeio academia, e me canço mt rápido correndo, você teria alguma dica para evoluir da caminhada para a corrida? Beijos e adoro o blog, blog de gente como a gente!

    1. Olá Laely, comentei antes não sei o pq, mas , não apareceu aqui …
      Eu luto há 12 anos para emagrecer saudavelmente.. Algumas poucas vezes fui feliz nessa árdua batalha outras nãso, aí é que vem o efeito sanfona e hoje tenho que emagrecer algumas dezenas de quilos :(
      Adorei o post, só pra você ter uma ideia hoje eu ia ligar pra um cirurgião bariátrico, quão grande é o meu desespero!! Sim, estou aqui com o meu copinho de água do lado, mais tarde uma frutinha e cá estou eu mais uma vez na luta!!
      Obrigada pelas dicas!!
      Beijo no coração.

      1. Como deu pra perceber, Soraya, dieta não é passar fome, mas saber com o que saciá-la.
        Eu não tinha tantos quilos assim a enxugar. Cada caso é um caso, mas mudando os hábitos dá pra fugir do efeito sanfona.
        Boa sorte!
        Abraço!

    2. O negócio é a assiduidade, Bárbara. Não dá pra sair correndo num dia e nos outros, ficar estirada no sofá.
      Comece com caminhadas de 30-40′, em ritmo forte. Depois, a intercalar caminhada e corrida(5′ de uma, 1′ da outra). E aí, tente aumentar seu tempo correndo.
      Não tenho uma fórmula, mas acho que o principal é trabalhar o condicionamento, fazendo isso, no mínimo 3x/semana.

  5. Olá Laely! Parabéns pela determinação! Aproveite o gostinho da vitória ao final da meia maratona! Só você sabe o quanto se esforçou para isso!
    Quanto à perda de peso, eliminei 15 quilos na mesma onda que você: reeducação alimentar e atividade física. As pessoas vem me perguntar o que fiz para emagrecer e quando digo que passei a me alimentar direito e me exercitar logo vejo as caras de decepção. As pessoas esperam que eu diga alguma fórmula mágica e rápida, o que não existe. Se essas dietas de moda funcionassem não aparecia uma atrás da outra, certo? rs
    Hoje estou bem mais feliz com meu corpo mais em forma e já me adaptei aos pequenos sacrifícios que terei que levar ao longo da vida (afinal, a genética obesa está dos dois lados da família). Se antes sedentária, hoje participo de pequenas provas de corridas, faço musculação e jiu jitsu! Nada como atividade física para aliviar o estresse!
    Um grande abraço cheio de admiração por vc!
    Boa meia maratona!

  6. Parabéns por sua determinação, com certeza terá sucesso no objetivo. Obrigada por compartilhar seus segredos, que por sinal valiosos, abraços carinhosos de Maria Teresa

  7. Oi!!!
    Venho acompanhando o blog à tempos e nunca comentei!!Quero dizer que adorei a dica, preciso tomar vergonha e mudar minha vida.
    No post de ontem qdo. vc disse que andavam falando do look antigo, que era brega etc..além de não achar nada brega, pude perceber o quanto seu corpo mudou nesse ano, pernas mais torneadas, corpo definido, só tenho à dizer duas coisinhas: Vc está linda!! e A inveja mata!!. Preciso explicar alguma coisa???
    Adoro seu blog!!
    Beijo!!!

  8. Como sempre, você arrasa Laély!
    Está MEGA PODEROSA e sinto que ainda vai melhorar mais e mais.
    Você me motiva em minha caminhada rumo as 55 kg em definitivo (estou com 64)…
    Assumi um compromisso comigo e tem sido bem bacana resgatar valores perdidos
    Também descobri outros que eu nem sabia que tinha.
    Consciência e foco são fundamentais, mas contar com você, é especial demais nesse processo todo.
    Bjs e bjs!
    Roberta Coelho

  9. Vem e arrasa! A vitória é sua! Você já venceu o quesito determinação e outros. E ainda tem a torcida de todos os seus leitores! Que pena que não estarei no Rio para aplaudí-la!
    Abraços
    Lúcia – RJ.

  10. Adorei as dicas! Vou tentar me reeducar pra tentar perder meus 15 quilinhos extras…Rs Academia já começei, agora tenho que fazer o mais árduo: melhorar minha alimentação e controlar a fome… Mas vou conseguir… ah vou… Bjs e valeu pelas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *