Banquete da tarde

Como pode alguém, mesmo ausente, ser tão presente?
Acho que a isso os poetas chamam, de: saudade.

Quando o filho do meio despediu-se de mim, no aeroporto internacional do Rio, colocou a mão no meu ombro e, olhando nos meus olhos, fez-me uma recomendação solene: que eu tomasse conta da horta dele. Também deveria fotografar a alface e cenoura ali plantadas, para que ele pudesse acompanhar o crescimento, mesmo de longe.
Dividindo a responsabilidade com o filho mais novo, o resultado já pode ser conferido e levado à mesa:
Horta do filho
A concorrência com as lagartinhas é feroz, mas o primeiro desbaste rendeu uma deliciosa salada de alface baby. As cenouras ainda não cresceram o suficiente.
Horta do filho
Numa dessas idas ao quintal, o que podemos encontrar:
DSC09241
O marido se encarrega de colocar alpiste, canjiquinha e frutas para alimentar visitantes comuns por aqui:
Banquete de sanhaço
Os sanhaços andam em bando e se deliciam com o banquete oferecido.
Banquete de sanhaço
Banquete de sanhaço
Canarinhos, rolinhas e bem-te-vis também fazem a festa.

You may also like

26 Comentários

  1. flor que lindo…onde você mora é um lugar paradisíaco e sua família está inserida nele com muita consciência e respeito a esta natureza maravilhosa, ontem estive mostrando seu blog há minha família eles ficaram maravilhados..Deus continue abençoando você e sua família…segura coraçãozinho de mãe saudade doe né…mas passa assim que você ter de volta seu filhotinho precioso cheio de experiência, maturidade,e conhecimento.bj

    1. Obrigada, Rute.
      As crises de saudade vêm, “como uma onda no mar”: quebra forte na margem, na sexta à tarde. Depois, recua até que se forme outra.
      Abraço!

  2. Que bênção poder ter esses pássaros lindos e livres deliciando-se com frutas e sementinhas quase ao alcance das mãos.
    Bom ver pessoas do bem tendo horta, gatos e pássaros sem precisar espantar os gatos porque podem “transmitir doenças” se chegarem perto da horta.
    Grande abraço,
    Beth.

  3. Laely, adorei sua horta e esses pés de alface, tão tenros, tão delicados, tão lindos. Parabéns por tudo e principalmente por uma família tão bela em que existe um filho que cuida de uma horta, entre tantas outras coisas da sua idade. Grande abraço, Tereza.

  4. Laély, essas suas imagens enchem nossos olhos e corações de esperança , como a vida é bela e ainda há tanta beleza nesse mundo e geralmente guardadas nas coisas mais simples.Pena que o mundo não “está” nesse padrão de poder viver só a beleza, generosidade,amor, paz, respeito , simplicidade.Seu filhão deve estar com muita saudade de tudo isso, pois é tudo muito bonito e bem cuidado.É como um ditado que minha mãe diz: “O jardineiro cuida do jardim e o jardim do jardineiro”.Parabéns por cuidar bem de tudo e ser tão amável e generosa , com as plantas, pássaros , flores …e as pessoas.Abraços.

  5. Que horta linda,Laély!!
    Amo horta,me lembra infância.Acho um luxo verduras e ervas fresquinhas, sem agrotóxicos no quintal de casa.E passarinhos lindos assim no quintal? Suspiros…
    Ah,pensei que você viesse na quinta-feira.
    Um beijo.

    1. Fui porém, acompanhada por dois garotos.
      Queria ir à exposição com OsGemeos, mas não cheguei à tempo. Se criar coragem de voltar esta semana, na quinta, posso ligar pra você?
      Abraço!

  6. Querida Lá!
    Que delícia de banquete!!! Fiquei encantada em ver esta tua linda horta… Quer dizer, tua e dos meninos,né? (Rs…) E os passarinhos,então? Estes com certeza devem adorar o “banquete” deles! (Rs…) As fotos estão muito lindas e exprimem a grande beleza contida no simples cotidiano ao nosso redor! Aqui em casa também temos muitas visitinhas de alegres sanhaços… Mas eles andam tão ariscos! Com certeza, deve ser a proximidade da rotina de uma cidade agitada.
    Adorei o post,Lá… E imagino as deliciosas saladas que vão sair aí da horta… (Rs…)
    Beijos pra ti e esses maravilhosos meninos!!!!
    Teresa

  7. Oi,Lá!
    Voltei rapidinho pra te dizer que eu acho que na verdade, os teus lindos passarinhos comilões, devem ser da espécie Tangará,conhecidos como “saíra douradinha ou de cabeça amarela”… É que eu achei estes “sanhaços” tão diferentes que eu
    resolvi pesquisar… Coisas de bióloga! (Rs…) Mas realmente fiquei encantada com eles… São maravilhosos e você está de parabéns pelas imagens lindíssimas!!!
    Beijos aqui da carioca!!!
    Teresa

  8. Querida Laély, abri por acaso essa página do teu blog, e fiquei encantada com as imagens que encontrei. São lindas, eu adoro horta, quem dera morar numa casa pra poder ter uma horta. E os passarinhos, são lindos, adorei as fotos. Que bom que perto de onde eles moram, moram anjos como vcs que facilitam um mamãozinho fresquinho pra eles. parabéns. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *