“Com que roupa eu vou?”

Hoje senti-me como num episódio de “Esquadrão da Moda“, um de meus programas preferidos:

Havia levado pra casa algumas peças de roupa de frio; queria que o menino do meio as visse com toda calma e comodidade mas, ele protestou:
“Não quero que faça mais isso! Onde já se viu, um rapaz da minha idade* ter a roupa escolhida pela ‘mamãe’?!”
*Ele tem 17 anos e, em 1 semana viajará sozinho para a Alemanha.

Após algumas negociações concluímos que o reclamante compraria as peças do enxoval que ainda faltavam, desde que eu pudesse opinar( afinal, o cartão de crédito era meu); mas a palavra final era dele, isso deixou bem claro! (Embora não soubesse distinguir malha, moletom, suéter de lã, camisa social…)!

Depois de muito bate-perna em shopping, reecontramo-nos para avaliar o saldo das compras: até que se saiu bem! E, o mais importante: sentindo-se realizado por ter feito tudo sozinho( com alguns pitacos meus, reitero!)! “Sabe que, eu gostei disso?!”, revelou-me. ( Anticonsumista convicto, ao contrário da mãe, ele me pareceu entusiasmado com a experiência!)

A introdução foi apenas para contextualizar: nos preparativos finais para essa longa viagem,  pouco tempo tem me sobrado para navegar na internet. Peço perdão também, pelos comentários não respondidos. Tudo a seu tempo…

Falando em corujices, só para o blog não ficar às escuras enquanto me organizo…
2011-owllamp.jpg
Oh dee doh

You may also like

13 Comentários

  1. láaaa, feliz ano novo querida! Quer dizer que o menino vai viajar mesmo, que bacana, vai ser uma experiência pra vida toda. Um conselho, não sei se é tarde: compre o mínimo e deixe ele comprar lá, pois lá as peças sào térmicas especializadas e menos volumosas e acabam sendo mais baratas ou mesmo preço que aqui, tive que comprar coisas na frança porque as roupas de frio que trouxe daqui nao serviam muito. Gde beijo. e boa sorte para o vinicius.

    1. Ei, Cynthia! Hoje estava pensando em você e no quanto eu precisava entrar em contato.
      Já vi que ele vai precisar de comprar por lá, mesmo. Não temos peças adequadas para enfrentar frio abaixo de zero.
      O importante é que vai feliz!
      Feliz 2012 pra você, o Lucien e toda a família!
      Beijo!

  2. Entendo perfeitamente ele, também sou avessa a consumismos.

    Lá, que felicidade ! Imagino que esteja um pouco apreensiva, mas também muito feliz com a oportunidade do seu filho “enriquecer, crescer” com essa viagem !
    Beijo

  3. Deves estar com um frio na barriga, não é?
    O filho vai passar por uma experiência maravilhosa. Viajar, criar asas, aprender…
    Por aqui os meus é que compram suas roupas há muito tempo. Desde que começamos a empacar nos gostos e na questão da utilidade resolvi dar uma cota para que cada um saia e compre o que ache necessário. Deu certo, com alguns tropeços, mas deu.
    Beijos e um ótimo primeiro final de semana de 2012

  4. Laély, meu pqueno de um ano e meio já quer escolher as roupinhas que vai usa. Acredita nisso?
    Adoro esse seu jeito mãezona de ser. Boa viagem para o filhão e que tudo corra muito bem.
    Abraços,
    Ana.

  5. Querida Lá!
    Fico daqui imaginando a ansiedade dos dois, mãe e filho, pois me coloco em pensamento em teu lugar… Mas sem dúvida tudo vai valer super à pena, e vai ser uma experiência de vida (pessoal e cultural) que não tem preço… E a Cynthia tem razão, tem coisas que realmente é melhor para deixar para comprar por lá… Meu irmão esteve na Alemanha no final do ano retrasado, por motivo de trabalho, e pegou temperaturas bem baixas…Ele ficou quase um mês, levou roupas daqui e comprou uns acessórios por lá. Também fizemos o mesmo, em fevereiro do ano passado,quando estivemos nos EUA,na Pensylvânia, convivendo com temperaturas abaixo de zero. Mas seja como for, sei que tudo vai dar certo, e depois de um certo tempo, ele mesmo vai se acostumar à conviver com as temperaturas mais baixas… O importante é manter o bom humor e o espírito aquecido pelos pensamentos positivos.
    Desejo tudo de bom pra vocês !!!
    Beijo grande aqui dos cariocas!!!
    Teresa

  6. Laély, como mãe de dois que já foram, já voltaram e agora de uma que está em NY por um ano, te digo que faz bem a todos. A eles porque aprendem muito e para nós que vamos nos preparando para aquilo que deve ser o objetivo desde o momento em que colocamos um filho no mundo: que ele faça a própria vida. E te conto que ando minhocando umas ideias de luminárias e vejo essa corujinha como um sinal…
    Bom domingo!

  7. Oi Laély! também ando sumida por conta da correria das festas, mas hoje tirei um tempinho!! A gente sempre acha um tempinho…
    Que legal a viagem do seu menino!
    Um casal de amigos nossos foi para a Alemanha para passar as festas com o filho que está lá há 4 meses fazendo um estágio! Voltaram no início da semana super animados com a experiência que o filho está adquirindo, aprendendo outra língua e fazendo planos pro futuro, e principalmente pelo esforço do aprendizado. Boa sorte pro seu menino (ou se ele preferir, para o seu rapaz hehehe)! Que 2012 supere o 2011, não só no número, mas também nas conquistas e alegrias!
    um beijinho, e… com que roupa você foi ao shopping, achei que você ia mostrar, hehehe

    1. Roupa de bater perna, Josi, mas, sempre com um toque fashion pois tenho alma de perua, né? rs Vou mostrar, assim que conseguir me reorganizar. Ando atrasada.
      Estamos animados, especialmente ele, com essa viagem. Já fizemos contato com as duas famílias que o receberão por lá e me pareceram bem receptivos. Os alemães têm familiaridade com esse sistema de intercâmbio.
      Espero entrar nos eixos, depois que ele viajar. Ou, talvez, sair de vez dos trilhos…rs
      Abraço!

  8. Acho que seu filho vai adorar e vai driblar o frio dieante de tanta excitação com as novidades!Qual a cidade da Alemanha? Se ele quiser visitar a Holanda minha casa está de portas abertas e também tenho aqui uma adolescente.Beijos e boa viagem pra ele!

    1. Obrigada, Yone.
      Ele ficará no Sul da Alemanha: primeiro, 1 mês em Ulrich. Depois vai para outra cidade. Não sei com será, pois lá ele ficará em casa de família e deverá respeitar a rotina de lé. Mas espero que possa conhecer os lugares próximos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *