Entrando no clima…

O tempo passa, o fim do ano chega  e eu ainda não arrumei a casa para o natal. Talvez a pressão da obrigação seja um tanto intimidatória. Talvez, porque natal deva ser época de festa no coração. E o meu, no momento, já sente a falta antecipada de um dos filhos, que viajará para a Alemanha em 2012.

Mas isso não significa que até lá não me motive; ainda mais, sendo nosso último natal juntos. Cada coisa a seu tempo. Tô esperando o meu…

Para quem entrou no clima antes de mim mais algumas ideias lindas, como esta guirlanda de feltro:

Down to the Woods

Mais embalagens caprichadas, do Creature Comforts:



PAP no Martha Stewart.

A Paula, do The Cookie Shop , sempre surpreendendo com algum quitute comestível de encher os olhos, como estes biscoitos de gengibre vitrificados:


Folheando a última edição da Cláudia, deparei-me com uma sobremesa gelada que é a cara do natal: charlotte.
Esta não é a receita da revista, mas a encontrada no site:

receitas-natal-charlotte-de-creme-com-frutas

Como sugestão, devem ser preparadas poções individuais: um luxo de carinho!
Receitas Cláudia

You may also like

7 Comentários

  1. Esse ano está tão esquisito que também não entrei no clima de arrumar a casa pro natal. Acho que estou saturada de ouvir todo lugar falar de natal e chego em casa querendo um refúgio disso tudo…rs. Expus só umas pecinhas de louça pra não passar batido. Bom, pode ser que daqui uns dias eu mude de ideia…rs

    Abraços

    Rê Ferreira

  2. La querida,consigo entender seus motivos.
    Sabe que também não entro muito no clima não!!!
    Aliás acho essas datas tão estressantes,cheias de compromissos e passa tão rápido,tão agitado!!
    Enfim,quando os meus eram pequenos e nós íamos para o final de ano na casa dos meus pais,piscina,Natal com Papai Noel deixando presentes em baixo da lareira era mais signifiativo.
    Mas isso mudou pois filhos crescem não é?

    Beijos

  3. Só ontem (12/12) enfeitei minha casa para o Natal. Este ano está bem difícil pois minha mãe faleceu em 15/10, teve um enfarte dormindo, foi um choque para nós. Ainda estou devagar, tomando antidepressivo, mas aos poucos vou melhorando. E sempre vou ter a lembrança dos Natais da infância, na casa de meus avós, com Papai Noel e todos os 11 netos reunidos naquela bagunça gostosa. Mas a vida muda e é preciso se adaptar. respirar fundo, seguir em frente e aproveitar o melhor. Ah, parabéns pelo novo visual do blog, ficou lindo.
    Beijos
    Kathia

    1. Obrigada, Kathia.
      Acho que essa festa de família é uma boa oportunidade para vocês se unirem, depois dessa perda recente. Pior será, não fazer nada.
      Eu, só estou precisando de mais tempo.
      Abraço!

  4. Lá, deve ser um misto de emocoes: alegria pelo filho viver essa oportunidade e a saudade que já começa a apontar…
    Lembro das suas arrumacoes de Natal do ano passado e sua casa ficou tao linda !
    Logo logo vc se anima e faz esse Natal muito especial !
    Beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *