Ganchos difrentes

Há certas soluções tão simples e, bem debaixo dos nossos olhos, que é difícil não se perguntar:
“Mas como é que nunca fui pensar nisso antes?!”
014.jpg Bachman

You may also like

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *