Chuvisco de alegria

“Mas é claro que o Sol vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei…”
A música do Renato Russo seria a trilha sonora desses últimos dias: 
“Espera que o Sol já vem” é a esperança nossa, de cada dia.
Mas, no meu caso, “chuvisco” pode até virar raiozinho de Sol. 
Contraditório?…Entenderão, já, já!

DSC07129

Quem me acompanha pelo Facebook soube da novidade, ainda ontem:
Essa coisinha peluda e fofa é o mais novo habitante aqui de casa.

Animal de estimação não é uma coisa, ou objeto: um copo que se quebra e logo, põe-se outro no lugar. Ao contrário: parte deixando saudade, marcas indeléveis na nossa história, como tatuagem na pele.
Mas há coisas na vida que não planejamos. 
Não planejei criar tantos gatos: 
Primeiro chegou o Pingo. Gostou e, foi ficando. Depois, Nina foi recolhida na rua. Antes que a castrássemos criou 4 filhotinhos. Dois foram doados e os restantes, adotados. Um deles partiu precocemente, de “causa humana”. Ponto final, na história do Pretinho.
Ponto de partida, na história de um outro gatinho…
Começava meu relato triste à moça da loja veterinária quando, praticamente, uma bolinha de pelos saiu debaixo da mesa e jogou-se aos meus pés. Havia sido abandonado por lá.
A coincidência maior é que era clone do que se foi: um legítimo tigrado viralatinha!
O resto da história, nem preciso contar…
DSC07128
É tão pequenino e carente: completamente irresistível!
Os homens da casa, a princípio, não gostaram da ideia, principalmente o menino mais novo, ainda envolvido com o luto do Pretinho. Mas, já se renderam aos encantos do Chuvisco, recém-batizado.
Os felinos da casa também não gostaram. Ainda não se renderam mas, é apenas uma questão de tempo…
DSC07122
Charme e carisma ele tem de sobra!
DSC07119
No primeiro dia exigia atenção, o tempo todo…
DSC07114
Depois foi ficando mais confiante…
DSC07158
Mais tranquilo…
DSC07159
Hoje está, praticamente, um ministro Lupi: achando-se o dono do pedaço!
DSC07173
Falando em gatinho e ministro folgado…


Blog do Amarildo

(“O gato subiu no telhado“: para entender melhor essa outra história…)

You may also like

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *