"Casal 20"

Postado por Laély, no dia 16-09-2011 - Categoria: looks,sobre o blog
Ontem precisei ir à Vitória e, bate perna pra cá, pra lá, dei de cara com ele!
-Ele, quem?
-Ele! O rapaz, dos sonhos de qualquer garot…inha!
O problema é que “ele” tem uma namorada-chiclete, daquele tipo que não sai do pé.
Dizem que se conheceram durante um comercial que ela fazia para TV, em 1961, e, desde então, não se desgrudaram mais! 
Depois de 43 anos de enrolação, o “casal mais perfeito do mundo” chegou a anunciar uma separação mas, ao que tudo indica, tudo não passou de estratégia de marketing.

Barbie&Ken anos 70

Não é a cara do Dr. Rey?

Ops! Acho que o mais certo, seria: Dr. Rey é a cara do Ken!
Uma prova, de que atravessaram décadas e continuam “perfeitos”?:
DSC02941
Olhar 43: não consigo imitar!( snif!)

DSC02952

Estas, são da época em que se conheceram:
Barbie&Ken
Em Woodstock, mantiveram-se unidos:

Barbie&Ken

O romance resistiu até aos exageros dos anos 80, na cor das roupas e no tamanho dos penteados:
DSC02939
DSC02931
Eu quero um macacão como esse, para malhar!
O casal dos sonhos de toda criança(sem policiamento xiita, por favor! É só fantasia.):

DSC02965

Tiveram uma versão no cinema, muito famosa…
Ou, teria sido o contrário?

DSC02954

A riqueza de detalhes é tanta, que até o vestido de Scarlet O’hara for reproduzido tal qual:

A versão Marilyn, James Dean e Elvis também é perfeita!

DSC02967

E se vocês acharam interessante, como eu( apesar de nunca ter tido uma Barbie, na minha infância!), podem conferir a essa exposição no Shopping Vitória ou, no meu Flickr: lá tem um álbum de fotos, só deles.
Apesar de não ter chance de comparar-me a ela, em perfeição, resolvi tirar uma casquinha dele…
"A Usurpadora"
Calça e mochila: Cantão
Camisa polo: Bobstore
Rasteira: Uncle K
"A Usurpadora"
Voltando hoje pra casa resolvi dar uma paradinha no calçadão de Camburi, pois achei que o vestidinho que estava usando tinha tudo a ver com praia:

Praia de Camburi-Vitória
Chapéu: AREZZO
Vestido: Farm
Oxford: Richard’s
Praia de Camburi-Vitória

Agora, deixa eu pedir licença para um DR(discutir relação), afinal, já são mais de 2 anos de relacionamento virtual, né?
Acho desagradável, no mínimo, constrangedor, quando blogueiros dão ataque de CB( Carência Bloguística) e ficam se lamuriando, reclamando: “Ninguém me ama, ninguém me quer, ninguém me chama de meu amor”…
Particularmente, interpreto diminuição nos comentários e no tráfego pelo blog como uma possível falha minha: ou não tenho tido tempo pra visitar, responder a todos ou, o post não foi relevante o suficiente para provocar uma reação. 
Mas, deixa eu puxar a brasa pra minha sardinha, um pouquinho:
Outro dia uma menina deixou um comentário elogiando o post mas, concluiu, dizendo que não “costumava comentar em blog que exigia verificação de palavras”.
Respirei fundo, pra responder educadamente o que ela já deveria saber: esse pequeno “trabalho” extra para quem comenta, poupa uma grande dor de cabeça para quem escreve: é a maneira mais simples de evitar spams, que entopem a nossa caixa de mensagens, diariamente. E, mais:
A blogueira aqui pode não ser perfeita, mas é  esforçada: posta até 2 vezes por dia, tira foto, edita, salva no Flickr( pra não perder qualidade), procura imagens, escreve, revisa, tenta responder comentários…Ufa! É um prazer, mas dá trabalho!
Aí, a menina dá entender que está quebrando o meu galho?!…Ok. Aceito, de coração!
O que frustra é ver um post como o anterior( agora posso falar, pois não estaria “legislando em causa própria”! rs), onde a Kamila deu uma receita exclusiva para os leitores do blog, e a repercussão nos comentários foi pequena( obrigada, aí, a quem prestigiou!).
Então, gente, perdão pelo desabafo, mas se vocês gostam, não gostam, querem trocar uma ideia no blog favorito, sejam generosos: façam-no mais vezes!
Em breve estaremos mudando o layout do blog, o sistema de comentários e, boa notícia: não vai haver “verificação de palavras”, mas sim, necessidade de deixar nome e e-mail. Chato? Não. Necessário, para que a comunicação seja mais fácil entre a gente, ok?
Mas não estranhem o mau-humor de hoje(talvez, durante o próximo mês todo!): depois de 6 meses me empenhando em perder peso, apenas aumentando a atividade aeróbica, rendi-me à necessidade de procurar ajuda de uma nutricionista. Comecei a fazer dieta. 
Mas, como diz aquela música:
“Tá ruim, mas tá bom!”
Aturem-me, se não for pedir muito!
    0 comentário

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


    

    Comente!

    Por favor, preencha os seus dados e comente abaixo.
    Nome (obrigatório)
    Email (obrigatório)
    Site
    Seu comentário