Simplicidade

José Ferraz de Almeida Júnior( 1850-1899), paulista de Itu, foi um dos primeiros artistas brasileiros a retratar o cotidiano de pessoas comuns, gente como a gente: 

Família reunida em casa do interior

Soube, como poucos, captar a alma caipira: 
Pescando-1894
O violeiro-1899

Fiquei admirando as pinturas, flagrantes de uma singeleza comovente, pensando que a gente complica a vida mais que o necessário. O caminho inverso, o da simplicidade, é que deveria ser trilhado.

Quando olho pelas janelas da minha casa e vejo o verde que nos abraça, tenho um desses raros momentos num dia.


Reação semelhante deve sentir a designer de interiores Neza Cesar quando se refugia na sua casa, no alto da Serra da Mantiqueira:
Destaque na revista Casa&Jardim e no próprio Blog da Neza, deixo algumas imagens do interior da casa, decorada com capricho e simplicidade( 2 coisas, não necessariamente incompatíveis) para inspirar o fim de semana:
casa da neza
Dá pra sentir o calorzinho do Sol entrando pelas janelas?…
casa da neza2
Adepta do “tudo junto e misturado”, ela sabe dominar as cores com maestria.
casa da neza4
casa da neza5

casa da neza6

Pertinente é esta música do John Ulhoa, cantada pela Fernanda Takai( que eu amo de paixão!) e Érika Machado:


” É na simplicidade que se encontra a felicidade. ”
 Neza Cesar


(Mais fotos, nos links acima)

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *