E o tempo esquentou…

Em pleno inverno a temperatura subiu, a ponto de ferver! Ou seria: fritar?…
Falo, principalmente, da chapa onde mais de 20 altos funcionários do DNIT( Departamento de Negociatas, Improbidades e Trapaças) e do Ministério dos Transportes( de verbas) foram torrados!
A presidente Dilma deve estar de cabeça quente!
Como se não bastasse ter de apagar o fogo no Ministério dos Transportes, mais denúncias de corrupção estão pipocando no Ministério da Agricultura e Conab provocadas pela saída, nada pacífica, do diretor financeiro da ConabOscar Jucá Neto, o incendiário irmão do líder do governo, senador Romero Jucá. 
Cargos de chefia são rifados entre os partidos da base do governo. 
Políticos apadrinham e indicam nomes. 
Ficamos sabendo apenas de uma ínfima parte das intrigas que acontecem nos bastidores do poder, o suficiente para embrulhar estômagos mais sensíveis e, concluir: 
Ter um emprego no governo pode render muito, inclusive: um infarto, ou úlcera nervosa! 
O Ministério da Saúde adverte:
“Ser político pode fazer mal à saúde!”
Mas não vejo nenhum morrendo, pelo menos, não de vergonha!
Quente mesmo ficou o clima no Congresso ontem, durante as explicações, que nada explicaram, do ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento.
Triste. Triste ver carreira, nome e o da família serem arrastados num mar de lama.
Só não chorei com o depoimento do ex-ministro porque lembrei que, saindo dali, ele poderia pegar um jatinho e ir esfriar a cabeça num hotel de selva, lá na Amazônia. E eu, ia ter de ralar muito no dia seguinte, sem contudo fazer o mesmo que ele.
Se fosse a presidente, prestaria mais atenção naquele ditado popular:
“Em rio que tem piranha, jacaré nada de costas.”

Falando nisso, em calor e jacaré, mudo o rumo da conversa para assuntos mais amenos, só para esfriar os ânimos.

A verdade é que, seguindo o clima político, as temperaturas por aqui andam estranhamente elevadas nesses últimos dias. 
Descaradamente, como alguns políticos, inspirei-me nas produções com frescor de primavera postados pela publicitária Jojo, do “1 Ano sem Zara“:
Semana passada foi a semana do jacaré mais famoso do meio fashion no blog dela: Lacoste, com suas tradicionais camisas polo. 
E ela conseguiu sair da combinação mais esperada, de inspiração masculina, para criar looks super delicados e femininos.
Meus jacarés de saia:
Polo
Polo: Lacoste
Saia e carteira: acervo pessoal
Scarpin: Dumond


O decote em “v” favorece qualquer tipo:

Laoste

E o scarpin rosa chiclete só não é mais fofo que Tonico e Tinoco:

Scarpin e gatos

Outra produção mais menininha:

Polo
Polo: Lacoste
Saia jeans: Folic
Bolsa: Uncle K
Chapéu e sapato: Richard’s


Decote em gota:

Jacaré

E liberty nos pés: 

Richard's

Não querendo ser do tipo “faça o que eu falo, mas não o que faço”, não iria apropriar-me de produção alheia e deixar de dar os devidos créditos a quem de direito:
As charges que ilustraram este post são do Amarildo, que tive a honra de conhecer pessoalmente durante uma visita à redação da Gazeta, em Vitória.

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *