"Pintando o sete"

Resolvi pintar minha cozinha no domingo. A intenção era deixar as paredes brancas, já que há muitos detalhes coloridos. 
Cumpri a missão, mas só pela metade. Ainda não ficou do jeito que eu queria, pois tive de interromper o trabalho antes de concluí-lo. Tenho lá minhas dúvidas, se algum dia ficará bom…
Mas, como disse o maestro Roberto Minczuk, regente da OSB( Orquestra Sinfônica Brasileira), em entrevista nas páginas amarelas da Veja desta semana:
“Para ser realmente bom, não se deve almejar menos que a perfeição”.

Estou apenas exercitando-me.
Treinar o olhar já é um começo. 

Um dos sites gringos preferidos é o Design Sponge: mostra assuntos diversos como transformações em móveis, com antes&depois, receitas, PAP, arranjos de flores e um tour por casas bacanas, de artistas ou não, na sessão Sneak Peek
Num desses tours “conheci” a designer gráfica e ilustradora Jutta Rikola, que mora na longínqua Finlândia:
Muru and me
Ela tem um site de nome engraçado, o Kootut Murut e um portfolio virtual, onde mostra seus trabalhos.
Na visita à casa da Jutta o que mais chamou minha atenção, além dos suaves tons pastéis foram as intervenções, muito particulares, que a artista imprimiu na decoração. Como esta pintura no armário da cozinha:
Gostei da simplicidade do desenho e, principalmente, da combinação de cores.
Falando em cores, adorei a ideia que ela deu para reutilizar vidros:
Reaproveitando restos de tintas, que na casa dela sobram, transformou vidros que seriam descartados em  porta-lápis. A tampinha foi pintada com tinta spray:
DIY painted glass jars
Passo-a-passo com fotos, aqui.
Jutta Flickr.

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *