Mais comilança!

Agora, uma fofoquinha:
De tanto falar em comida nessa última semana, não acham que o blog está assim, mais pesado e com umas gordurinhas sobrando? Ou será que sou eu?
A segunda hipótese seria a mais certa, infelizmente. Há uns 3 meses que, por conta da correria deixei a academia de lado. 
É hora de correr atrás do prejuízo, literalmente. A meu favor, um ano todo pela frente.
Falando em novos tempos, a cigarra é um dos arautos do verão, fazendo coro em volta da casa. Esta aqui fez pose para a foto, como a estrela da ópera:

Cigarra

Falando em cantoria e comilança, não necessariamente nessa ordem, ainda não mostrei alguns detalhes da nossa noite de ano novo:

Jantar de ano novo

Estava especialmente feliz nesse dia: depois de 3 semanas sem ver o filho do meio, de férias na casa da avó de Belém, finalmente iríamos nos reencontrar.
Cheguei do plantão, comprei flores na feirinha e preparei uma refeição variada( acho que me empolguei!)
O filho viajante havia me adiantado que não queria nada com carne, já que exagerara comendo frango no tucupi e peixe durante a estada em Belém( há mais de 2 anos, decidiu ser vegetariano).
Um culto da família inaugurou nossa noite, seguida pela janta.
A entrada foi uma deliciosa “salada caprese com ovinhos de codorna“, receita do Panelinha comentada no post anterior.
O prato, “tudo junto misturado” ficou assim:

Jantar de ano novo

-A salada de lentilhas também foi do livro “Panelinha, receitas que funcionam“. Basicamente é lentilha cozida, amêndoas torradas, cebolas fritas e um molinho à base de vinagre, óleo, salsinha e hortelã picadas( tô com preguiça de passar receita agora, depois de 36h de plantão, tá bom?)
-Arroz com ervilhas frescas.
-Suflê de bacalhau e abóbora( não sei se combinam, mas vi mini-abóboras na feira e achei-as tão lindinhas, que resolvi usá-las como fôrmas para o suflê. Foram  pré-cozidas, antes de ir ao forno.)
-Mini-quiche de brócoli, receita da bela Léia, do Cucchiaio Pieno.
-Crepes de cogumelos. Essas panquecas têm uma massa fina e delicada; o recheio de cogumelos salteados deixou o prato bem leve. (Tirei de um outro livro. Fico devendo a receita para breve, ok?)
-De sobremesa: tiramissú, petit gateu( comprei  já congelado em fôrminhas, pronto para assar) com sorvete:

Sobremesas

Na foto coloquei as duas sobremesas juntas, mas não recomendo a mistura, um sacrilégio! A primeira é delicada e sutilmente doce; a segunda tem sabor intenso de chocolate e é beeem mais doce!
Foi assim que acolhemos o ano novo: Tranquilamente.

Ano novo

Depois de alimentar o espírito e o corpo, alimento para os ouvidos: já tarde da noite o filho foi tocar teclado, há vários dias calado, com saudade do menino.

Ano novo

Sentei no sofá e, finalmente relaxei. Pingo também, aproveitando para fazer um exercício de Pilates:

Pilates felino

Aliás, desde que os filhotes nasceram no sótão, Pingo tem evitado andar pela casa, apossando-se do sofá da sala. Mas ele ainda é um gentlecat, concordando dividir seu espaço com a Nina:

Dividindo o sofá

Dei a ideia de fazermos um sarau em casa, na primeira noite do ano. 
Chamamos alguns amigos e, cada um deveria participar lendo um trecho de um livro, cantando, tocando, declamando…

DSC02008

Depois da correria do fim de ano, ninguém quer  trabalho extra, logo no primeiro dia. Mas, para fazer uma reunião simples não é preciso muita coisa: o primeiro e principal ingrediente é reunir gente animada e querida. A comida é só mais um detalhe. Para uma eventualidade festeira como essa tenha sempre na despensa castanhas, biscoitos de sal, ou torradas, milho para pipoca, pão de queijo no freezer e, se der bobeira, ainda é possível preparar algumas delícias express:
Para o nosso sarau preparei umas torradas com pão ciabatta-cortei o pão, esfreguei um dente de alho em cada fatia, um fio de óleo, cobri com tomates picados, desidratados previamente( ver explicação no post anterior) e temperados com manjericão. Depois é só levar ao forno, espalhadas em um tabuleiro. Só assim já ficam deliciosas, mas pode-se acrescentar à cobertura algum queijo branco esfarelado.
Também adaptei uma receita de cuca da Josi Stanger e resolvi fazê-la salgada, com um molho bem suculento de atum. Pra terem uma noção da maciez desse bolo salgado que desmancha na boca:

Bolo de atum
Também uma ótima opção para o lanche da tarde das crianças:
Misturei 100g de margarina em temperatura ambiente com 1 xícara de leite, mais 2 ovos. Acrescentei 1/4 colher de chá de sal( ou, a gosto). Depois acrescentei, incorporando aos poucos, 3 xícaras de trigo mais 2 colheres chá de fermento em pó químico(fica uma massa pesada, com consistência mole de pão).
Espalhei num tabuleiro untado com óleo, cobri com um molho de atum e salpiquei salsinha picada e queijo parmesão ralado.
Levei ao forno médio, preaquecido, por aproximadamente 40′( na dúvida, teste para ver se a massa está assada espetando um palito no centro).

Bolo de atum

Depois da comida, o sarau:
O menino do meio leu Castro Alves. E também tocou, violão e teclado. Também participou de 2 esquetes de humor com o pai e o irmão mais velho, ao estilo do grupo inglês Monty Python. Ele também gosta de escrever
(E já devem ter percebido que eu sou bastante coruja.)

Sarau em casa

Não teve muita foto mas, todos participaram, inclusive as crianças.
Quando avisei sobre o sarau, os pequenos fizeram cara de tédio. Mas, quando disse que poderiam fazer uma encenação, passaram a tarde toda combinando, ensaiando, escrevendo roteiro.
Depois de se apresentarem, ainda no espírito de artistas de Hollywood:

Sarau em casa

Os amigos cantaram, tocaram, declamaram.
Cantei uma música do Arnaldo Antunes: “Envelhecer“. O filho acompanhou-me ao violão. Também tocamos juntos uma balada do Scorpions, bastante conhecida: Still Loving You-eu no violino, ele no teclado.

Acho que agora o blog precisa entrar numa dieta rígida e ficar um tempo longe de comida. Mas, ainda: andei falando tanto na Rita e no Panelinha que, olhem só a notinha simpática que encontrei no Facebook deles

You may also like

8 Comentários

  1. Oi querida
    Quantas delicias! Fiquei super feliz por ter feito a minha receitinha!
    Tua casa é muito linda e aconchegante.
    Muito obrigada pelo carinho
    Um grande abraço
    Léia

  2. La,de forma inconsciente a sua comida ficou verdinha,bom prenúncio para um ano Novo,a esperança.
    De um emagrecimento,de menos trabalho,de mais tempo com os filhos…
    E tempo em família,brincando,se divertindo é um luxo!!!
    E olha,não estou preocupada com os pesos a mais(agora inevitável),mas sim com o free style de Pilates do Pingo,coisa que já deveria ter começado há muito…
    Acho que vou imitar esse gato esperto,já que a imitação de Nina é anunciada,
    bjs

  3. Lá.. queria saber como é que vc consegue trabalhar fora, dar conta dos filhos, administrar a casa, fazer esse blog fofo e ainda cozinhar assim com tanto primor!! Ensine-me pleasee.. ah e ainda malhar né.. rsrs.. bjsss

  4. Miriam, não consigo, não! Prova disso é que estou há mais de 3 meses sem ir à academia. Mas já voltei às caminhadas com o cachorro, ao menos.
    Tenho tentado fazer uma coisa de cada vez e, quando não dou conta, não me cobrar tanto, mas não tem sido fácil!
    Um abraço!

  5. Laély,
    que delícia o seu início de ano!!!
    Fiquei me deliciando só de ler e imaginar queão gostoso foi o jantar da virada e o sarau do dia primeiro!
    Corpo e alma alimentados!!! =D
    Tenha uma ótimo final de semana!!

  6. Oi, La

    Sempre leio seus posts e me divirto, me emociono e fico com uma sensacao gostosa de casa de familia feliz, gente de bem, bacana, comidinha gostosa.

    Abracos e bom inicio de ano pra vc e sua familia.
    Tatiana/ RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *