"O pulso ainda pulsa"…

Não teve:
“Peste bubônica
Câncer, pneumonia
Raiva, rubéola
Tuberculose e anemia
Rancor, cisticircose
Caxumba, difteria
Encefalite, faringite
Gripe e leucemia…”

Mas é apenas questão de horas…
Por enquanto, o pulso ainda pulsa.
E, como na música do Arnaldo Antunes, 1 ano “ainda é pouco” para conter todos os planos e expectativas, renovadas a cada novo ciclo de tempo. 
Parte, sem dar chance à desculpas, perdão, justificativas ou segunda chamada.
Deixa saudade: do que eu gostaria de ter feito e não fiz, do que gostaria de ter sido e não fui.
Ando achando que o tempo tem passado pra mim, mais rápido que à maioria. Talvez esteja envelhecendo ou então, a teoria de Einstein fez-me refém e cobaia. Mas ele mesmo admitiu sofrer “mal” semelhante: 
“Nunca penso no futuro, ele chega rápido demais.”
Cada vez que um novo ano bate à nossa porta somos obrigados a revirar as pastas do nosso arquivo de memórias, editando algumas informações, excluindo outras e, refazendo metas e prioridades.

2010 passou, como uma escola de samba na Sapucaí: teve destaques, fiascos e agora faz sua apoteose… 

-Elegemos uma presidente( a mulher ainda nem assumiu e, aquele que vai lhe passar a faixa já anda falando em reelegê-la em 2014! Isto é que é planejar o futuro!…).

-2010 foi o ano do Restart! (Delete!)
A banda teen, de roupinhas e carinhas esquisitas abocanhou 5 prêmios, na 6ª edição do Video Music Brasil.
-Foi o ano de Lady Gaga. 
Falando em “roupinhas”, há pouco a estrela pop foi escolhida como “a mais bem vestida do ano” pelos leitores da Vogue! Segundo nota oficial da revista:
“O senso de estilo de Lady Gaga opõe-se ao previsível, é futurista e selvagem, espirituoso, e traz de volta à moda o senso de humor e a imaginação descontrolada”.
(An-han! Tenho lá minhas dúvidas, sobre quem tenha sofrido um surto de “imaginação descontrolada”…)
Depois de aparecer vestida de nacos de carne, aqui ela parece mais fofinha, vestida de rã( ao menos, carne de rã é mais saudável…):
Agora vou sentar, e esperar retratação oficial pela detratação de Cher, todos esses anos!…
Dizem que “a voz do povo é a voz de Deus”, embora analisando a Bíblia, não se encontre embasamento para tal afirmação: Ele escolhia minorias e, aos mais fracos destinava “missões impossíveis”…
Mas não poderia ser tão pessimista e esquecer tantos bons momentos de 2010, afinal, a gente pena um tanto, mas também se diverte! 
Em clima de retrospectiva pessoal:
-As viagens e os encontros com amigas blogueiras no RS, São Paulo e Campinas.
-As boas parcerias e promoções do sala da la.
-A troca de ideias, nos bastidores dos comentários.(Já devo ter mencionado mas, não custa repetir: orgulho-me do público que o blog consegue atrair e mobilizar. É gente que pensa e faz! Obrigada por isso!) 
-A mudança de layout do blog.
-A entrada na faixa dos 1000 seguidores ( apesar de estar difícil sair desta…).
-A chegada da Nina.
-A chegada dos filhos da Nina.

Como diria Roberto: “são tantas emoções…”
E novamente estamos aqui: aguardando, para zerar o relógio e trocar o calendário.

Há poucos dias, uma notícia do mundo das celebridades chamou minha atenção:
Hebe Camargo despediu-se do seu programa semanal no SBT, e não renovou contrato com a emissora onde trabalhou por 25 anos. Hebe está de mudança para a Rede TV. ( Cá pra nós: mudança, não apenas para a veterana mas, para a emissora! Pois sou muito mais Hebe, que Luciana Gimenez!)
Alguém poderia me perguntar: “o que há de estranho e maravilhoso nessa história?!”…

Não acompanho os programas da Hebe, não saio por aí distribuindo “selinhos”( a idade, ainda não me permite tal liberdade…), não ganho a ínfima parte do salário dela mas, tenho de lhe tirar o chapéu( citando outro apresentador jurássico da TV)!
Quando comecei a ler a notícia de que deixaria o SBT pensei, cá com meus botões: “agora ela vai sossegar, vai pendurar as chuteiras, vai aposentar, vai tirar o time de campo!…”
Seria mais que aceitável e merecido: Hebe tem 81 anos e enfrentou um câncer, na virada de 2009 para 2010.
Se o problema fosse dinheiro, ou falta dele, bastava vender uma daquelas joias imensas que costuma usar: daria para ter uma aposentadoria tranquila e confortável. Mas, ela não se acomodou.

“O motivo oficial para Hebe Camargo ter rejeitado a renovação de seu contrato com o SBT foi financeiro. O SBT tentou cortar o salário da apresentadora em 50%, e pelo segundo ano consecutivo.Até 2008 Hebe recebia por volta de R$ 1 milhão mensais. No ano passado, na hora da renovação, compreendendo que o SBT estava passando uma fase difícil devido à concorrência da Record, Hebe aceitou reduzir o salário para R$ 500 mil mensais. Mas, na semana passada, quando a emissora fez uma proposta de renovação que lhe baixava o salário novamente, agora para R$ 250 mil mensais, ela decidiu sair.”(UOL Notícias)
A decisão de deixar o SBT seria também “pessoal”, afirma Pessutti(sobrinho e representante da apresentadora), e passaria por um “desejo de renovação” da apresentadora. (Veja)

Depois do episódio, Hebe
afirma ter passado a reavaliar a vida”.

E eu aqui, precisando enfrentar desafios muito menores e tomar decisões que poderiam mudar só um pouco a minha rotina, sinto-me uma covarde diante da vontade e coragem dessa mulher, anciã na idade mas, garotinha na força.
Quando voltar a ser criança quero ser como Hebe…
Temer o desconhecido é instinto de sobrevivência, mas, para não ficarmos entorpecidos e comatosos-só o pulso, pulsando- é necessário enfrentá-lo e, apesar dele, ter coragem de dar alguns passos no escuro.

Brindando à criancinha que logo nascerá e, “sei lá o que nos espera” deixo esta música, cuja letra resume o que significa maturidade e crescimento:

Atenção:
Aos fãs de Restart e Lady Gaga que se sentirem ofendidos, esclareço que me abstive de comentar sobre a qualidade musical de ambos. 
2010 não foi bastante para que eu pudesse ouvi-los. Quem sabe em 2011, se eles ainda estiverem por aí?…
Mas, usando de franqueza infantil: espero muito mais do novo ano…
Leia Mais

Natal em casa III

Erguer paredes é coisa simples. Mas construir um lar é muito mais que isso…

Seria ideal, se conseguíssemos equilibrar trabalho e divertimento, obrigações e prazer.
Mas não estou aqui pra contar historinha. Quer dizer: não a dos outros, mas a minha…

"Os 3 porquinhos"

Quando vi esse joguinho de saleiro-pimenteiro na loja de R$1,99 não sabia ao certo o que faria com eles, mas achei que tinham um certo apelo lúdico-vintage.
Não custa brincar com as referências. 
Parece, mas não é nada pejorativo: escrevi as iniciais do 3 filhos no umbigo de cada porquinho. 
Olhemos pelo lado bom: no fundo, tudo o que desejamos de uma casa é abrigo e segurança, como os personagens da fábula. E, se nos intervalos em que nos defendemos dos “lobos maus” que nos espreitam der pra nos divertir, melhor ainda!

Bem-vindos à minha cozinha!

Na porta da cozinha, equipe afinada e preparada para o trabalho mais importante da casa: Cozinhar!

Bem-vindos à minha cozinha!

Logo abaixo:

Bem-vindos à minha cozinha!

A Tilda com roupa de gatinho é trabalho da Ana Paula Cavalari.
Para compensar, 3 anjinhos:

"3 anjinhos"

Ainda à entrada:

Botas à entrada
Entrada

Sob a janela da sala:

Sob a janela da sala

Trapezistas:

Trapezistas

Um detalhe, na cadeira da cozinha:

Cadeira com laço de tecido

Rasguei uma tira de tecido natalino e fiz um laço em cada uma.
Uma parte da cozinha que ainda não havia mostrado:

Parede na cozinha

Um relógio de gatinho:

"Relógio da Nina"

Até o pendente de luz na cozinha foi enfeitado:

Pendente de luz natalino

E, no apagar das luzes de 2010…

Pendente natalino
Luminária: Imaginarium

Prometo que não é nenhuma historinha: 
Este é o último post de natal da minha casa!
Leia Mais

"Então é Natal!"…

Deixem o cd da Simone de lado. Já cansou!
Espero que o passeio pela casa, não!
Como garantia, troquei de roupa e coloquei uma rasteira no pé para ficar mais à vontade:
Vestindo o céu
Vestido e bolsa: Cantão
Rasteira: Osklen

Amo cores!

Este ano restringi os enfeites de natal: além de me faltar tempo, resolvi não usar tudo o que tinha guardado, pra que a casa não parecesse com um parque temático. 
Mesmo assim, não me contive: vendo de fora, percebo que o apelo das cores e de um natal mais lúdico sempre me seduzem.

sala

Será que algum dia cresço?…

Estante na sala
Canto da sala
Coleção de kokeshis
Natal em casa
Natal em casa

A moldura vazada e adornada com galhos de cipreste do quintal iria ser pendurada na parede…

Natal em casa

Resolvi deixá-la em frente à lareira, emoldurando o presépio:

Natal em casa

Este ano misturei objetos de louça com outros, de tecido. 
As estrelinhas fluorescentes foram destacadas por uma lâmpada de luz negra, estrategicamente escondida atrás do painel de tecido:

Presépio

Um anjo estilizado acompanha tudo de perto…

Natal em casa

Até a lagartixa( referência ao Pingo e à Nina, que amam perseguir esses bichinhos!) veio fazer uma visita:

Natal em casa

Sobre a lareira, mais bonecos:

Natal em casa
Natal em casa
Natal em casa

Um gatinho folgado( nada parecido com os daqui de casa!…):

Natal em casa

E um duende no cavalinho: “upa, upa!”

Natal em casa

Nossa árvore de natal em miniatura:

Mini árvore

Quando vi os bottons da Lu Gastal, achei que dariam perfeitas bolas de natal, proporcionais à árvore:

Árvore de natal

Sobre o espelho, uma guirlanda:

Guirlanda no espelho

E uma outra que fiz, mais rústica, com galhos de cipreste e um laço de tecido de algodão:

Natal em casa

As kokeshis-matrioshkas foram um presente da Ana Sinhana:

Natal em casa
Vestindo o céu

E o resumo do que é o natal, pra mim:

Natal em casa

To be continued…


(Falando na Ana Sinhana, resolvi estender a promoção da Clutch Alice, até próxima segunda! Já participaram?)
Leia Mais

Natal em casa

James Stewart, em “Janela Indiscreta”

Ninguém resiste a “dar uma espiadinha”…

Parede na sala

Aqui não é reality show, nem estou declarando o fim da privacidade, mas convido-os a entrar no clima de natal desta casa, a minha: 

Porta da sala

Pela porta da frente…

Guirlanda na porta da sala

A guirlanda temática e o calendário de tecido prenunciam um novo ano…

Calendário de tecido

Ano em que pretendo cultivar as amizades encontradas aqui no blog(Calendário de tecido, presente da Rosana Sperotto).
Sejam bem-vindos: as visitas e o novo ano!

Entrada

Como sou detalhista, podemos parar pelo caminho a fim de que nada passe despercebido…

Panô de natal

Voltando no tempo, mais precisamente à noite de natal, optamos por jantar à luz de velas:

Ceia de natal

Ceia de natal
Noite de natal
Ceia de natal
A preparação para a ceia foi bastante atropelada: depois de 24h de plantão tive apenas a tarde de sexta para arrumar tudo.
No cardápio: o convencional chester, farofa e arroz branco. 
Como entrada, a cestinha de carne com aveia e figos assados( encontrei figos maduros no mercado. Resolvi assá-los com queijo brie: fazem uma combinação perfeita!).

Alfajores e muffins de chocolate

Uma amiga fez um brigadeirão, muito disputado pelas crianças.
A sala, arrumada às pressas e aos 47′ do segundo tempo:

sala

Detalhes natalinos…
Parede na sala
Parede na sala
Subiram pela parede da sala…

Parede na sala
Parede na sala
Parede na sala

Falando em enfeites, fim de ano dá vontade de enfeitar, não apenas a casa…

"Boho chic"
Vestido: Bobstore
Sandálias: Schutz
Carteira nude
"Boho chic"Sandália Schutz

Melhor descer do salto, porque essa visita vai se prolongar…
Leia Mais

Recadinho natalino


Hoje é dia de corrida, mas não é domingo, dia de F1. 
Para mim, a data mais significativa do ano, mais até que meu próprio aniversário, ou de alguém da família.
Tão acostumada a escrever, hoje faltam-me palavras. 
Não quero muito, apenas agradecer. E para fazê-lo, uma palavrinha basta: “obrigada”!
Obrigada às amizades que fiz este ano. 
Obrigada às amizades que fiz ano passado, e que neste ano foram reforçadas.
Obrigada à Kelly, Camila, Joana, Valéria e Isabela( beijinho do Pingo, Hulk, Nina e filhotes, e meu, Isabela!), Nina Florence, Micheline, Janaína,  Danielle, Nice e Bibi pelos recadinhos carinhosos deixados na caixa do sorteio Ana Sinhana, e por serem porta-vozes de tantos outros, que acompanham o blog mas não costumam comentar. 
Obrigada, quando se sentiram compelidos a falar de suas experiências aqui por algo que lhes tocou e escreveram, compartilhando. Aprendo e cresço junto. O dia que não sentir interesse em ler ou, não for capaz de abrir um sorriso a cada depoimento precisarei mudar o foco.
Obrigada à minha família, pela paciência e por concordarem dividir um pouco de mim e do meu tempo livre com o blog.

Aproveitemos a ocasião, para rever atitudes nossas que possivelmente possam ter magoado alguém próximo e usemos outra pequena palavra, de grande significado: “perdão”!
Às vezes exponho minhas opiniões pessoais por aqui. Alguém poderá sentir-se ofendido.
Busquemos viver de forma digna, respeitando as nossas diferenças.
Deixo este, que considero um dos mais belos duetos de natal: 
David Bowie&Bing Crosby, num especial para a TV americana gravado em 1977, pouco antes da morte do cantor e astro dos musicais de Hollywood. 
Bowie canta “Peace on Earth” e faz um contraponto à tradicional “The Little Drummer Boy”, cantada por Crosby:

Um abraço!
Leia Mais