"Zé Renato vem aí!…"

“Tcham-ram-ram-ram-ram-ram!…”
Aqui não é programa de do SS, mas indicarei programa muito melhor!…
“Quem pode, pode quem não pode se sacode”. E eu tô me sacudindo, dando siricuticos porque não poderei ir ao show do Zé Renato&Renato Braz, em Vitória.
É hoje. É à noite! É daqui a pouquinho, às 21:00h, no Teatro da UFES!!…
Snif, snif!
Zé Renato não é um “rapaz folgado”. O capixaba divulga seu último trabalho, em parceria com o xará de nome e profissão Renato Braz, Papo de Passarim
Comentei sobre o excelente cd aqui, lembram? 
E olha: não é pra me gabar, mas eu sou dou dica boa. Uma imperdível é assistir a esse show( pra quem pode mais que eu: hoje, em Vitória!).
Ingressos aqui, ou pelo telefone 4003-2330, ou na bilheteria do teatro.
Um folgado assumido é o Pingo. Até usei a música antiga do Noel Rosa num post anterior, mas hoje, quem a interpreta é Zé, para os íntimos. Hoje o astro é o nosso cantor. Pingo é só um coadjuvante, fazendo o que mais gosta: refestelar-se em cima do meu carro, aproveitando os últimos raios de Sol do dia. Não o culpo, por isso…

Ó, se alguém for ao show, por favor me conte!
Se conseguir falar com o Zé, diz pra ele que o admiro muito!
Bom show, pra quem pode! Eu, vou sacudir a poeira…
( Que Zé Renato me perdoe, a “amputação” da música antes do fim. É que ainda estou aprendendo a mexer com o Windows Movie Maker…)

You may also like

4 Comentários

  1. Pingo é um gato, lindo! Que pena não poder ir ao show, sonhei esta noite que estava num show com gente muito alternativa, e quando começou a tocar uma música, sai correndo pra assistir mais de perto, era o grupo ABBA, mas quando acordei pensei; o grupo ABBA acabou… ahhh deve ser o cover…rsrsrsrs viajei nesse sonho, gente alternativa ouvindo ABBA??? Cover ainda por cima??? hehehe Bjs

  2. Querida,
    quanta doçura!
    Seguiremos.
    Esperemos retribuir esse carinho no nosso blog também,
    quem sabe tê-la como seguidora, pois pessoas assim tem alma grande,
    fique em paz,
    Lulu e Sol

  3. Cecília, na verdade o que foi alternativo foi o seu sonho! Que viagem!! rsrs
    Mas vou confessar uma coisa: assisti ao musical Mamma Mia a primeira vez, acompanhada do marido. No início, fiquei até meio constrangida, pois ele gosta de rock alternativo, Pink Floyd, Genesis&cia…
    Ao final, descobri que também gostava de ABBA, o tema musical do filme.
    Mais tarde reassisti-o, acompanhada do filha do meio, que conheceu ABBA e também passou a gostar.
    A música do grupo não tem época, nem idade, sabe por quê? Porque encanta, alegra, inspira, embala paixões…
    Falando nisso, acabei de comprar a trilha sonora do filme: pra se ouvir, cantar, dançar e saltitar, de sandália meia e lurex, com muita purpurina no rosto! Amo!! rsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *