Sarau em Santa Teresa

Quando eu tinha uns 8-9 anos minha mãe levou-me até o Conservatório de Música de Manaus. Inglês, natação ou balé eram luxos que só mais abastados tinham acesso; não era o nosso caso. Entretanto, mesmo com “sérias restrições orçamentárias” ela procurou dar-nos a melhor educação possível. Era por isso que estávamos ali: as aulas eram gratuitas, desde que o pretendente à vaga passasse num teste simples.
Então, “fui lançada à cova dos leões”( Tá bom. Nem tanto!…) entrei sozinha na sala, enquanto uma banca examinadora aguardava-me.
Queria aprender piano, mas o destino e os professores, não: comunicaram-me que fora selecionada para as aulas de um outro instrumento, explicando apenas que eu tinha “ouvido pra violino”(?!)…
Saí de lá frustrada, afinal, não era bem o que eu queria…Mas foi assim, minha iniciação na música. 
Na verdade não me formei pianista, nem violinista. Tô mais, pra ouvinte profissional; acho que por isso, o “bom ouvido”. E de ouvido continuo tocando: um pouquinho de violino, um pouquinho de violão…
"Mãe"
À saída da igrejinha, onde congregamos e tocamos. 
Filho do meio herdou o gosto musical: toca teclado, gaita e violão( bem melhor que eu! No violino, ainda sou melhor que ele)…
Mãe e filho

Vestido: Scala
Sandália nude( alooonga!): Ferrucci
Capa de violão: Farm

Como a gente gosta de ouvir boa música, uma ótima surpresa foi descobrir que Santa Teresa faz parte do projeto da SeCult do ES, Circulação Cultural: apresentações musicais acontecem sempre aos sábados à noite(20:00h), no auditório do Museu Mello Leitão.


O mais novo não tem o mesmo “ouvido musical”: custou ser convencido a esperar o sarau acabar, para comer…
"Cara de fome"

“Que horas vão servir os salgadinhos?…”

Depois que a pianista Patrícia Souza tocar:
"Sarau em Santa Teresa"
O maestro Leonardo David, apresentando os músicos e respectivos instrumentos do quinteto de cordas:
"Sarau em Santa Teresa"
1° violino: Leonardo David
2° violino: Dayse Serafim
Viola: Dennys Serafim
Violoncelo: Gabriella Batista
Contrabaixo: Leandro Nery
"Sarau em Santa Teresa"
Tocaram algumas músicas de Bach, como esta “Ària da 4a corda”:

Cinco é bom, mas 6 é melhor ainda!

"Sarau em Santa Teresa"
Depois do sarau erudito, programa popular com dois dos filhos e alguns amigos, de looonga data:
"Caras de pastel"
Esperando pastel…
"Caras de pastel"
O menino mais novo trocou a pose…
"Caras de pastel"
E o meu chapéu, trocou de cabeça…
"Café com leite"

You may also like

11 Comentários

  1. ah!! minha "quase conterranea", entao… ê mundinho, nao??
    Sou assídua no seu blog e adoro tudo o que vc esreve e compartilha.
    Um beijo grande, querida. =*

  2. Alo,Laely!
    Minha amiga, estou chegando agora devagarzinho, ainda aterrizando nas "terras brasilis"… Nao sei se voce se lembra que eu comentei que eu estaria viajando por esses dias…Pois e, ja fui e ja voltei…E a tal viagem "Vapt-vupt"! E como foi tudo resolvido meio na pressa…Foi tambem meio cansativo, mas por outro lado, tambem foi super bom!
    E estava lendo os teus posts passados destes ultimos dias… Fiquei emocionada com aquele teu post sobre as lembrancas antigas! Sabe que isso acontece muito comigo? Fico as vezes revendo fotos antigas e pedacinhos da minha estoria e sempre me emociono muito…Mas isso tambem faz parte de tudo que somos e de alguma forma, esses pedacinhos de memoria nos levam cada vez mais adiante!
    E indo adiante no assunto… Adorei a estoria desse sarau! Lembrei de um tempo bem gostoso em que frequentava tantos eventos musicais…Que delicia!E pra complementar…Tambem gosto muito do Ze Renato, e se isso serve de consolo, tambem ainda nao tive a oportunidade de ve-lo ao vivo…Quem sabe um dia,ne?

    Meu abraco carioca apertado pra ti e beijinhos pros teus meninos!
    Teresa

  3. Toda vez que leio os seus posts,faço uma viagem.
    E a de hoje,lembrou-me que fui uma estudante de piano,até o tive em casa.Minha filha já ensaia uma vontade de aprender algo musical e vou providenciar.
    Menino ficou lindo de cabelos curtos e o chapéu com inspiraçao de Tom Jobim ilustra bem o sarau de música,boa conversa e amigos.
    Eu confesso o meu amor pelos instrumentos de sopro e cordas,
    bjs

  4. Você estava linda Moça!!

    Nota Mental: PRECISO DE NUDE NA MINHA VIDA! Com URGÊNCIA! XD

    Sebastian Bach *_* Tenho uma verdadeira Admiração por esse Homem, Ele que embalou tanto minhas aulas de Ballet Classico e ensaios de coreografias. *_*

    Meninas , preciso Mudar pra aí! *_* Tanta coisa linda pra se ver e fazer! Precisamos ser vizinhas!

    E eu acho que eu ouvi Falar desse conservatório de Musica em Manaus, Sinto que ele era próximo de casa! =D

    Provavel que Já tenhamos até nos vistos quando morávamos em Manaus e não lembramos (aquilo lá é um ovo de codorna mesmo XD)

    Um beijo carinhoso!

    Ah! Seu Mimo em breve vai chegar tá? ^_~v

    Bye bye ^^/~

    Suzan.

    PS: Sinto que essa musica estara na cerimónia do meu casamento XD Sinto isso… XD

  5. Ah que bom esses eventos hein? Tenho sudades de me envolver com a mpúsica, com as crianças eu e Lu abandonamos, logo queremos infiltrá-los tb, coisa boa né?
    Muito lindo o quinteto, Aria 4a corda foi uma das escolhidas pro meu casamento. beijo querida, saudades

  6. Oi Lá, menina, nao tem como nao comentar: vc tá magrinha, hein ?! Muito elegante !!!
    Eu procuro apresentar varias culturas / esportes pros meus filhos e espero que conforme a personalidade mesmo, eles possam escolher o que mais agrada, nao é mesmo ? Mas um é completamente diferente do outro aqui em casa …
    Beijo
    Patricia Tedeschi

  7. Ih, Patrícia…tô morrendo na praia, pois fiquei no meio do caminho: há um mês não vou a academia, por falta de tempo e ânimo. Mas obrigada pelo elogio.

    Cynthia, é clássico e clássico, nunca sai de moda, né?

    Suzan, enquanto não compunha, Bach "fazia" filhos: teve mais de 10. Quer arriscar?…rs

    Milena, antigamente( não, o seu tempo, tá?…rs) menina prendada, nas famílias de melhor condição, estudava piano. Hoje em dia, estuda Inglês, pra fazer intercâmbio.

    Ei, Teresa! Bem-vinda!
    Deve ter voltado, com mais histórias pra contar.

    Ana, obrigada e um abraço!

    Pois, é, Karime. Sou do Norte, com muito orgulho!

  8. Oi Laély!
    Eu ouviria tranquilamente o sarau inteirinho, mas seria um problema segurar as crianças, ainda mais se o cardápio fosse pastel!
    Gostei da capa do seu violão, um charme só!
    um beijinho e boa semana!

  9. Josi, confesso que criança impaciente, impacienta-me! Mas, assim que o sarau começou ele sossegou e, melhor ainda, apreciou. Depois admitiu: o programa musical foi tão legal quanto o pastel.

  10. Oi, Laély! Adoro seus textos… mas não posso deixar de comentar sobre esta linda capa de violão, fiquei com vontade de aprender a tocar só por causa da linda roupinha do violão!!! Parabéns pelo blog,
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *