Recebendo o natal…

Acompanhei a versão condensada do show do Paul Mcartney, ontem à noite. Este sim, um legítimo “rock-star”! Ensaiou umas frases em português, interagiu com o público, foi simpático, cantou e encantou! Para mim, os pontos altos:
-“Leave and Let Die”, com direito a show pirotécnico;
-Quando se sentou ao piano e, num português carregado explicou que cantaria “My Love”, canção composta para a sua “gatinha”, Linda:

Muito fofo!

-A dancinha do baterista( cara do João Gordo, quando gordo), em “Dance Tonight”.

Fechando o parêntese: os brasileiros receberam calorosamente o astro da música, que retribuiu com um show inesquecível.
E pra receber o natal, o que não pode faltar na sua casa? 
Difícil fugir do lugar-comum, quando o assunto é decoração temática. 
A Vivianne deu umas dicas na semana passada que pretendo copiar.
Pra mim, guirlandas não podem faltar numa casa, o ano inteiro!
Algumas ideias simples e originais, como esta, a minha preferida:
Um círculo sem fim de boas lembranças.
A guirlanda de feltro ganha destaque na moldura vazada:
Esta ideia da Martha Stewart lembra a primeira, mas com bastidor:
A mais fofa, de biscoitos de homem de gengibre:

You may also like

8 Comentários

  1. Também adoro a guirlanda com as fotos.No Natal do ano passado quis fazer,mas como não ficava em casa,desisti.
    Esse ano,será aqui então vou lá nas fotos dos meus pais,que tem um arquivo generoso p&b!!!
    E já disse,não sou lá tão chegada aos Beatles,comentei com a Ana Matusita que sofro de algum anacronismo,porque amo o Elvis,mas show bom até pela tv emociona e o dele,não foi diferente,além do mais,ver um profissional atuando é algo digno de se "tirar o chapéu".
    Bjs

  2. Olá Laély!
    É sempre um prazer vir até aqui e ler posts tão atuais e inspiradores…
    Aqui em casa o Paul ficou sem nossa companhia, pq quando as cças dormem estamos tão exaustos que o vemos só nos sonhos, rsrsrs!
    Amei a ideia das guirlandas e as amo o ano inteiro, gostei mais da idéia das fotos com o bastidor e quem sabe a farei aqui em casa, se eu fizer depois te conto!
    Beijos da Dani…

  3. Se a arrepedimento matasse… (rs) Amarelei pro show do Paul aqui em POA, achando não ter pernas para tal. Bobagem grande. Quem foi garantiu que até cadeirantes curtiram na boa. Fica a lição, né? Porque amamos guirlandas, só aumento meu estoque de ideias. Tô louca pra que vejas uma que tá nascendo aqui, logo mostro. Beijo, querida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *