"O armário que mia"

Já estava me vangloriando, passar incólume todo o inverno sem dar um espirro, quando minhas defesas baixaram a guarda, ontem: foi uma noite inteira virando-me na cama, tentando respirar e descansar para assumir plantão no outro dia cedo.
Quem inventou o ditado: “tamanho não é documento”, provavelmente deveria ser algum sábio microbiologista, conhecedor do poder de fogo de vírus, bactérias e outros parasitas que costumam nos abater.

Atender doentes, doente, não é nada confortável: um bonde parece ter passado em cima da gente e o desânimo, toma conta.
Entretanto, sorrio no cantinho da boca quando lembro do ocorrido hoje cedo:
De madrugada levantei, trocando as pernas. Saindo do banho, escutei um miado, loonge…Mas, nem tanto: era o guarda-roupa do meu quarto que miava.
“Mas, como assim? Guarda-roupas não miam!”
Este, sim. Principalmente, se uma gatinha curiosa entrou nele pra se esconder e alguém, sem saber, a trancou lá dentro.
Abri a porta e de lá saiu a Nina, disfarçando, como se nada houvesse acontecido.


Se tivesse metade da fobia a lugares fechados e abafados, como eu, faria o maior “concerto” até ser resgatada por alguma alma caridosa.

Contrariamente, gatos nutrem um certo fascínio por lugares pequenos e fechados. É arranjar-lhes algo parecido com um túnel, sacola, caixa ou gaveta para fazerem a maior festa. Querem ter uma ideia?
Encontrei esta animação engraçadinha, provavelmente, feita por um profundo conhecedor de gatos: 


E, já que estamos falando em cestos, caixas e afins, encontrei alguns exemplos de como  usá-los, na decoração e organização da casa.

Em Lemon Tree Creations  encontrarão o passo-a-passo para fazer este cachepô rústico:

IMG_6663.jpg
Sacolas podem ajudar a organizar os brinquedos da crianças; se nestas, então, com muito mais charme:
Storage_bins_cox&cox
Ou, servirem de lindos pacotes para o lanche na escola:
2008-09-05-spoollunch.jpg
Uma ideia nada original mas que ainda funciona é usar caixotes, revestidos de tecido ou pintados, como nichos:
A gaveta foi revestida de papel e ganhou ganchos, para guardar as bijouterias com muito estilo:
blueprintfeb08_Page_1_Image_0001.jpg
Transformei uma gaveta em um nicho para expor minhas matrioshkas na sala, lembram? Aqui.
Caixas entrincheiradas sob os degraus da cama modular viraram práticas gavetas para os brinquedos:
2010-07-29-trofast.JPG
Vi no blog da Eliene, “mulher severino”, esta ideia tão simpática, que ainda pretendo fazer no quarto do menino:
Livros infantis sempre foram uma paixão, passada de mãe para filhos. Aqui eles viraram tema principal do quarto, acessíveis no cesto ao lado da cama, ou, direto na parede:
Para os que dominam as artes da costura, cestinhos de tecidos:
DSC_9791
Tutorial aqui, no Pink Penguin.
No evento Morar Mais por Menos deste ano, cestos foram pendurados na parede, organizando brinquedos, assim como neste quartinho:
Eu bem que gostaria de ser mais organizada, tanto quanto este, que desenhou números nas caixas, usando cartelas de adesivos de bolinhas:
Mas gatos não dão bolas à organização e hierarquia de uma casa: antes, revertem-na completamente, tomando conta de todos os espaços possíveis…
Não foi isso, o que acabei de explicar?…
Lembrei ainda, do adorável livro do Dr. Seuss, O Gatola na Cartola:
Mas isto já é outra história…

You may also like

15 Comentários

  1. Amei a animacao…os pacotes para o lanche sao tao Anasinhana…rsrsrs. Quando a Fumiga era bebe entrou dentro do armario em que ficava a racao e alguem a trancou sem perceber. Depois de muito procurar por ela a resgatamos do armario…da para imaginar o tamanho da barriga de um filhote morto de fome preso no armario com um pacote de racao ne?! Rsrsrs…beijocas!

  2. Oi Laély!
    eu e o Edno nos divertimos com a animação… logo depois no café da manhã nos divertimos com a Cristal provocando o Dingo… café da manhã com risadas! Coisa boa pra entrar no clima de sexta!
    Melhoras pra você, e aproveite o fim de semana pra se cuidar e mandar essa gripe pro beleléu…. hehehe

  3. Helena, gatos, assim como gente, costumam ficar mais ranzinzas à medida que envelhecem.

    Obrigada, Cristina.
    Apesar do plantão, esta noite já consegui dormir melhor.

    Taia, ainda bem que a Fumiga não é peixe, pois, dizem que eles "morrem pela boca". rs

    Josi, a Nina não deixa o Pingo quieto. Lembrou-me o Hulk, quando chegou em casa, filhote, com o nosso outro cachorro pastor, já bem velhinho.

  4. Bom dia Laély, espero que melhore, é como você disse médico doente nã dá né?! rsrsr, acaba que vira paciente!!
    Já falei e repito adoro quando os post são sobre gatos, pq tenho verdadeira paixão por essas criaturinhas fofas. Esse caso da nina tb ja aconteceu comigo, mas o mais incomum foi quando o miado saiu da geladeira, não me pergunte como mas tive uma gata que entrou na geladeira e saiu tão geladinha…rsrsr, foi muito engraçado ainda bem que vimos a tempo!
    Gostei muito de ter começado o dia vendo esse video, porque como voce disse realmente o autor é um verdadeiro conhecedor de gatos, pq a minha faz exatamente isso! Quando chegar em casa vou mostrar ao pessoal eles vão morrer de rir quando verem.
    Falei demais…
    bjus

  5. Gosto da ideia de organização,mas ainda não cheguei lá.Casa com muita gente,haja lugar para colocar as coisas!Vai ser cesto pra tudo que é lado,rsrs
    Muitas coisas,mesmo se desfazendo delas!!
    Já tinha lido sobre a história da Nina e o armário no comentário do post anterior,ainda bem que ela mia.
    Assim como você,odeio estar presa e apertada,se fosse eu teria urrado!!
    Melhoras,porque ficar sem forças por conta de uma gripe é triste…
    Também tenho alguns livros de infância guardados.Poesia da Cecília Meirelles,um até autografado pela autora.E tem um que eu amava ler,não tem lá grandes ilustrações,mas era aquele que eu sempre sorria e me sentia mais leve quando acabava.
    Aliás,sou assim,sorrio quando leio algo que gosto.No ônibus,na época de faculdade,deviam achar que era louca.

    Bjs

  6. Nina fazendo proezas XD

    Você Melhorou querida? Espero que sim!

    Eu também Amo caixas :3 Tenho Muitas aqui pra organizar, esmaltes, maquiagem, presilhas, bjus e afins.

    Eu amei aquele quarto de criança que parece uma Escadinha, Nossa! Muito legal!

    Um Beijo e Melhoras pra você

    Su.

  7. Laély, adoro o seu estilo de decoração, que ás vezes bate direitinho com o meu :)
    Sobre os gatinhos, é impressionante como eles gostam de uma caixa, e se for menor que eles, ainda mais.
    Meu gato ficou na minha mãe depois que me casei, pois morria de medo dele não se adaptar a minha nova casa e ir embora.
    Mas ele sempre se "enfiava" em uma caixa e quando sumia um pouquinho, era só procurar nas caixas que lá estava ele, todo espremido, mas dormindo feito um anjinho, rsrsrs
    bjs. e melhoras pra vc.

  8. Dia desses Bibi sumiu por tanto tempo, que bateu o pavor por aqui. Sem termos mais onde procurar, filho resolveu ir atrás no quarteirão. Adivinha quem encontrou embaixo do banco do carro, com a cara toda amassada de tanto dormir? Apesar da claustrofobia, vai dizer que às vezes não dá vontade de ficar bem entocada também? Melhoras! Beijo!

  9. Laely
    Amei a animação, e olhe que eu nem sou assim tão fã dos gatinhos. Gosto, mas prefiro os cães. Mas eles são muito fofos mesmo.
    Agora as idéias sobre as caixas! Aquela estante só de caixas com numeração está maravilhosoa. Idéia excelente.
    bjs

  10. Melhoras minha companheira de virose
    vc com seus espirros e eu com a minha catapora

    Smigol tem claustrofobia, ele nao suporta ficar num quarto fechado, o contrario da maioria dos gatos!

    dai lembro da mae dele se enfiando nas minhas bolsas, ate hj se duvidar!

    Bjs e melhoras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *