Dia de sábado

Começando, pelo final:

Noite de luar
Noite de Lua cheia: vista da janela da casa

Sábado sempre foi um dia especial pra mim, desde criança: com algum esforço, minha mãe arranjava tempo extra na sexta-feira e preparava com antecedência uma refeição diferente, com direito à sobremesa.
Mantive a tradição depois, na minha própria casa, mas há muito, o excesso de obrigações que se avolumam, na quinta e sexta, têm me tirado o tempo e ânimo para cozinhar: às vezes, por falta de opção, acabamos comendo no restaurante.

Este sábado, fiz diferente: resolvi preparar uma refeição decente, para a família e um casal de amigos que viriam almoçar conosco.

Dei um pulo na hortinha de casa, um tanto judiada pelo estio prolongado; lá encontrei estes raminhos de flores de rabanete:

Flores de rabanete
Para a foto, cobri a mesa com guardanapos personalizados, presente da Ana Sinhana: plus, enviados com a toalha de tecido que encomendei a ela( Depois do café precisou ser lavada, por isso, não a usei).
Desde que o menino do meio optou pelo vegetarianismo, meu marido tem insistido na importância de diminuirmos o consumo de carne, em casa. Resolvi então, fazer uma salada caprichada, acompanhada de arroz integral e proteína de soja:
Almoço de sábado
A maioria das pessoas acha complicado seguir esse regime mas, engana-se: é necessário desmistificar o assunto. Como exemplo, nosso almoço, simples e saboroso:
Almoço de sábado
Neste post dei algumas dicas de como cozinhar arroz integral e grãos, deixando-os macios e soltinhos: usei o arroz 7 Grãos Ráris, da Uncle Ben’s.
Depois de hidratada, preparei a proteína de soja com molho de tomate.
Para a salada mix: grão de bico, salsão, cebolinha, tomate, brócoli, azeitonas verdes, pepino japonês, abacate, tudo, picadinho e temperado com sal e azeite.
Para acompanhar a salada fiz um molho à base de iogurte e temperei com sal, azeite, hortelã e alho picados: ficou uma delícia!
Como sobremesa, aproveitei umas bananas maduras e testei a receita de torta de banana da amiga Cynthia:
Almoço de sábado
Quando a visitei em março, provei a torta na casa dela, feita pelo próprio marido: fiquei apaixonada( pela torta, que fique bem claro!).
É muito simples, mas as minhas 2 tentativas anteriores de reprodução foram frustradas. Dessa vez, ficou tão boa, quanto!
A maior dificuldade foi o gradeado de cima da torta. Depois de tentar várias vezes enrolar cordões e eles, quebrarem, desisti: abri a massa com rolo, cortei tiras e montei a grade, finalmente.
Outro segredo é a temperatura do forno: de média a baixa, para que as bananas assem mais lentamente. O resultado compensou:
Almoço de sábado
Dispensei o sorvete, mas a torta, foi devorada quase toda, depois do nosso almoço.

You may also like

16 Comentários

  1. Ei menina, eu também fiz a "Tarte au pommes" (rsrsrs…tenho que treinar meu francês que não existe) com as devidas alterações que a escassez de ingredientes me obrigam. A postei aqui: http://zambiameularbrasilmeujardim.blogspot.com/2010/09/o-final-de-semana-guloso.html e ficou uma delícia. Amei a mesa do café da manhã com sua turma da aeróbica. A idéia da moldura ficou adorável. Que saudade das flores, continua super seco por aqui. Beijocas!

  2. Oi Milena, acho bem importante exercitarmos em casa a alimentação saudável. Fui criada comendo cenoura arranca na hora, pulando de pé em pé de pêssego e quero que a minha filha tenha essa msm experiência !!

    Ah, sobre a lua, ela estava extravagante no sábado né? tirei algumas fotos tbem

    bj

  3. Lá em casa o dia de almoço especial sempre foi no Domingo mesmo, e me dei conta de que não trouxe essa tradição aqui para minha casa. Mas, para falar a verdade, essa tradição de almoço especial no Domingo acabou se perdendo um pouco no tempo justamente quando minha mãe começou a trabalhar fora e as obrigações dela começaram a aumentar. Será coincidência?! 😮

    Essa comida parece muito saborosa, e me lembrou que preciso criar vergonha na cara e fazer do arroz integral uma constante no meu dia a dia, afinal, tenho tendência a colesterol alto. Não posso brincar com isso!
    Beijos!

  4. Oi, Lidi!
    Como vai?
    Sábado era dia de igreja, de visita e de sobremesa na minha casa. É assim, até hoje. O problema é que o cansaço do dia anterior tem me tirado o ânimo pra cozinhar. Mas o que eu queria mostrar é que, uma refeição especial e gostosa, necessariamente não precisa ser trabalhosa.
    Depois que aprendi a fazer arroz integral com minha sogra, descobri que é bem mais simples e, particularmente, acho bem mais saboroso que o arroz branco.
    Está certa: fibras ajudam a controlar o colesterol, além de outros benefícios.
    É um prazer e uma honra pra mim, sua participação!
    Um grande abraço e boa semana!

  5. Oi La!
    aqui o almoço especial com visita foi no domingo!
    E, apesar de não ter sido vegetariano, foi parecido com o seu nas florzinhas do quintal e na sobremesa!
    bj,
    Ana

  6. Querida Laély, amei teu almoço e sobremesa, viu!! Mas quero te contar que estive em tua cidade este findi.. amei. Fiquei na Pousada Paradiso, "um pedaço do paraíso" pra mim, coloquei as fotos no meu blog…A tua cidade é encantadora.
    Um beijao enorme.
    Lindamar

  7. Oi minha querida. passo por aqui todos os dias, mas nem sempre consigo tempo para comentar…vi que me visitou e amei a visitinha. Ah! Tem um sorteio lá no Atelier Zanutti, passa lá! Bjs

  8. Oiê Bom dia!
    gosto de tudo que leva banana mais não gosto de comer a banana crua,por isto estou de boca aberta para devorar esta torta(nham,nham…)me dá a receita vai…Bjs e Boas Vibrações…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *