Rumpelstiltskin

Rumpelstiltskin é um conto dos irmãos Grimm. O personagem, um duende de nome impronunciável, foi adaptado para o cinema e aparece na última versão de Shrek 4, ainda inédito pra mim.

A Vivianne foi uma das responsáveis por me chamar a atenção para a beleza desse lugar frio, no clima, mas quente, nas formas e cores. Vez em quando ela nos mostra algo sobre o design desse país, tão-tão-distante, como aqui e aqui.
A língua para nós é mais estranha que a do povo Na’vi, de Avatar, mas as imagens captadas nos blogs de lá têm linguagem universal: a do coração. Pelo menos, a do meu.
Sou capaz de esquecer as horas viajando pelos blogs escandinavos e, tudo me encanta, principalmente, a maneira espontânea e democrática como lidam com as cores: sempre o branco fazendo a base, do piso ao teto, mas, a variedade de tons nos detalhes, nas formas, impressionam-me!

Lykke og Lykkelliten: um nome impronunciável encantou-me, nesses últimos dias.
Tove, a autora do blog, é uma norueguesa de 30 anos que mora com o marido e uma filha de 5 anos numa casa adorável. Ela também tem uma loja virtual, a Nett Pynt.no, onde é possível encontrar várias das peças que ajudam a decorar a casa.

A seguir, um breve tour:
Costura, crochê, tricô são estrelas na decoração.

O quartinho da menina é simples, mas único:
Um móbile artesanal:

Segundo o que vi, foi a própria menininha que montou o móbile.
A armação, pode ser encontrada no
site da mãe.

Um cantinho de leitura simpático:
Atenção, às gavetas da escrivaninha.

Ainda, o quarto da menina:

A sala mescla moderno e vintage, sem medo:
Não parece casinha de conto de fadas?
O tapete verde é fantástico!
Ou, melhor o vermelho?
Deu vontade de fazer um abajur fofo, como este:
Baú e almofada:
Colmeia de cores:
Almofada de fuxicos:
Mais detalhes, fotos maiores: na galeria de Tove Michelle, do Flickr.

You may also like

16 Comentários

  1. Nossa, que casa liiiinda! Ai, que vontade de ter uma casa arrumada! Será que ficam arrumadas assim só pras fotos kkkkkk ainda mais com criança em casa.
    La, vi o Shrek e, como sempre, me apaixonei… amo esse ogro!!!
    Bjs
    Helena

  2. Tudo muito lindo, "com cara de casa de gente de verdade", transbordando amor e calor em cada detalhe.
    *Não te deu vontade pintar as cadeiras da cozinha assim, com cores variadas?
    Bjs!

  3. Ih, nem me fala, Nárriman, porque eu tenho um armário e 2 cadeiras velhas na fila da pintura, há meses, e ainda não consegui fazê-lo! Mas a ideia é tentadora…

    Helena, ainda não pude assistir ao Shrek, mas todo mundo fala que o filme é fraco, em relação aos outros! Será?

    Fernanda, concordo com o seu professor!
    Darei uma olhada no link.

  4. La, não achei fraco não… pra mim, o mais fraco é o 3. Agora, pra mim, o 1 é imbatível… foi qdo me apaixonei! A Helô tinha 2 anos e simplesmente eu não conseguia tirar o filme do aparelho de DVD. Esse 4 tem um ar meio Batman Begins que eu ADORO… tipo the dark side, sabe?
    Beijão
    Helena

  5. Ah, Rumpelstilskin o meu conto favorito do livro que ganhei num natal do meu tio, assisti esses dias com thierry no conto de fadas na cultura, ele amou… Preciso assistit o shrek 4, dá-lhe pirataria ( do bem, se é que existe rs..)
    Esses noruegueses hein? Pra compensar um inverno sem luz, mandam ver num colorido quase mágico, adoro, lindas fotos! beijocas
    OBS: to aqui na casa da mãe, com saudades da minha geléia que ficou na geladeira de casa, ai ai…

  6. Ah, Cláudia! Como escreveu a Cynthia, eles procuram compensar o inverno longo, tentando captar toda a luz para dentro de casa e o resultado é isso: uma casa luminosa!

    Susi, "língua triste" deve ser a nossa para eles! rs

    Oi, Anna!
    Quando crescer, quero que minha casa seja assim: alegre e acolhedora.

    Helena, versão "noir" de Shrek, então, não é? rs

  7. Alo,Laely!
    Fui ver o Srrek 4 na semana passada e achei legal, mas realmente tem um clima mais "dark" que os demais… Bom, mas afinal de contas, esse negocio de Ogro e sempre meio dark, ne? De qualquer modo, vale a pena assistir… Mas devo confessar que os meus personagens preferidos sao o burro e o gato…Eles sao divertidissimos!
    E essa casa escandinava e de uma leveza e colorido tao bacana! Adorei o quartinho da menina… E o abajur de boneca matrioska ? Ate eu fiquei com vontade de ter um…Mas como a minha casa e cheia de meninos, nao sei se aprovariam nao ( Rs…Rs… )
    Beijos pra voce!
    Teresa

  8. Laély,que coisa incrível,quando passei pela imagem da sala,pensei:-nossa,parece casinha de boneca de adulto!!Li sua frase,conto de fadas!!!
    Sensações que podemos apreciar,de lugares diferentes e pessoas que nem conhecemos… ou será que sim????
    Sintonias afinadas em gostos e pensamentos,tão incrível através de um instrumento tão mal falado,como o computador…que dizem, separador.
    Viajar até nos comentários é possível,não temos o pó do pirlimpimpim,mas temos imagens e palavras.
    Bjs e não pude te visitar ontem,viu viciei,rsrsrs!!!

  9. Laély, amei essa casinha de contos de fadas, é realmente uma delícia e reflete a personalidade dos donos! Adoro ambientes assim: cehios de vida, de cores, de alegria, de energia!!!!! A cômoda com gavetas de diferentes padronagens me chamou a atenção! ue coisa mais fofa!!!! Deu vontade de sair customizando mais coisas aqui em casa!!!!! Grande beijo!

  10. Kátia, é a fase de sair "tecidando" tudo, que dá na gente! rs
    Mas o que me encanta, também, são as padronagens em estilo vintage, dos tecidos e papéis de lá: não se encontram por aqui, uma pena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *