Colorterapia…

É o que promete este hotel, em Bruxelas:
Pantone Hotel, um dos últimos investimentos da empresa Pantone Inc, tem 7 andares projetados, cada qual, com uma cor diferente de sua vasta paleta:

Hotels.nl

Aqui, o hall de entrada do hotel:
E, alguns de seus quartos: de inspiração vermelha...
Amarela:
Superfuture

E azul:
search design ideas

Mas, se você for um artista em trânsito por Philadelphia e estiver trabalhando nalgum projeto, poderia tentar hospedar-se neste outro hotel, mais simples porém, tão charmoso quanto o Pantone, mostrado no Apartment Therapy:

Por trás da fachada clássica do PAH( Philadelphia Art Hotel), esconde-se um inovador conceito em hospedagem.

O casal que planejou o PHA, Krista e Zak, ocupa o primeiro andar do prédio de 3 e o fizeram, com o intuito de estimular a vinda de artistas para a cidade.
Sem dúvida, eles não têm medo de cores, o que pode ser conferido em cada um dos diferentes ambientes, a seguir:
Mais fotos do hotel, no Flickr

E nós brasileiros, desde tempos áureos considerados um povo hospitaleiro, caloroso e criativo, bem que poderíamos aprender a conviver melhor com as cores, como os nossos amigos gringos, assim como Zé Carioca tentou ensinar ao ranzinza Donald a malemolência do samba.
Numa época em que o cinema desconhecia o “politicamente correto”, é curioso ver a dupla fumando e bebendo cachaça que, inexplicavemente nesta animação, ganhou uma cor laranja:

Eu amo cores! E também: desenhos antigos da Disney( politicamente corretos, ou não!).

You may also like

10 Comentários

  1. Oi Laely,
    estive um pouco sumida. Amei este post!!! Que lembrança boa você trouxe de volta – Pato Donald, Zé Carioca. Amo muito tudo isso!!!!
    abraços carinhosos,
    Helena

  2. La,

    Mas tanta cor junta e em perfeita harmonia, hein?!! De certeza que, para quem fica hospedado neste 2 hotéis, até os sonhos deverão ser cor-de-rosa!! rsrsrs

    Os Portugueses também são considerados um povo hospitaleiro mas muito pouco arrojado, no que às cores diz respeito!!

    Beijo e um óptimo Domingo

  3. Oi,também amo cores e esse hotel com cara de casa,bem interessante.
    Os desenhos antigos,politicamente incorretos eram santos perto do que há hoje na nossa política incorreta.

    Bj

  4. Laély, adorei o segundo hotel.Quanto às explicações sobre as toalhinhas de crochê engomadas, só conhecia a técnica da maizena, vou tentar as outras nessa próxima semana, depois te conto.
    Muito obrigada pela atenção!
    Bjs e bom domingo!

  5. Helena, apesar dos desenhos da Disney até hoje representarem qualidade e rigor técnico, com uma ajudinha da tecnologia, ainda prefiro aqueles, da década de 40: são adoráveis!

    É, Claúdia…não havia pensado nos sonhos, que um impacto de cores como esse, produziria…rs

    Milena, você tocou fundo da ferida, hein?! Agora doeu mas, em quem deveria doer, não! rs

    Sílvia, se fizer alguma experiência, avise!

    Abraços!

  6. Lá, embora eu trabalhe muito com a tabela de cores Pantone, sou muito mais o hotelzinho da Philadelphia, aconchegante que só! E concordo, quanto às cores, é preciso vencer o medo de abusar e garantir a alegria que elas trazem…bjinho!!

  7. Oi La
    vim matar as saudades.
    Adoro tudo com muita cor.
    Elas me atraem muito.
    Lindos os hotéis e o desenho( adoro!).
    Linda semana para ti.
    Beijos

  8. Quartos muito interessantes qdo. se esta passeando, mas se eu tivesse que conviver com muita cor forte todos os dias dentro da minha casa, acho que me deixaria agitada. Gosto de toques de cores p/ dar um acento na decoracao.
    Post legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *