Salvando o dia…

O dia começou tenso, hoje.
Uma conspiração, universo-virtual foi engendrada contra mim. O plano, levado a termo…

“Santa paciência, La!”

“Santa neurose persecutória!”

“Santo dramalhão mexicano!”

CAA-LA-DO, Robin!!
Como não sou menina-prodígio e até paciência de super-herói tem limite, quase parti com sopapos pra cima do PC, com direito a muitos:

POW!

SPLASH!

CRASH!

SOCK!

“CALEM-SE, CALEM-SE, CALEM-SE!!”
Tantas onomatopeias, já seria o suficiente para deixar qualquer um de mau-humor!

“Acho que preciso de um sal de fructas…”Internet lerdíssima e falhas no salvamento do Blogger provocaram a perda de todo o post, feito no dia 21:
“500 Dias…” foi parar “na chon”! Sumiu, em algum buraco negro virtual!

Cada post demanda sempre algum esforço, mas esse, foi quase um trabalho de parto virtual, pra mim! E depois, perder uma cria virtual dessa forma besta, sem despedidas?!
É triste…
Vintage Kids Books

Depois de muito chorar e espernear, e perceber que, chorar e espernear não trariam meu post de volta, recompus-me para produzir, o que o tempo e a velocidade da internet permitiu-me, hoje.

Levou uma tarde inteira para conseguir baixar algumas fotos no Flickr e recuperar as imagens e fontes, perdidas.

Ah!…Se pudesse recomeçar meu dia, hoje! Bem que poderia ser, assim:
Acordo sem pressa de sair da cama, mas faminta para saborear um delicioso café da manhã, na Aldeia dos Sonhos
Café da manhã
Relevo as 2 tentativas frustradas de repetir em casa o bolo de mamão, saboreado em Canela.
Lembro, que a companheira gaúcha insistiu mais um pouquinho e obteve sucesso, por mim.
Tá servido?
Começando bem o dia
O pequeno, mas aconchegante refeitório, mostra em detalhes todo o capricho e prazer em receber:
Café da manhã
Parece renda, que a vó fez.
Parece móvel, que o vovô deixou…
Café da manhã
Parece louça, herdada dos antepassados…
Utensílios à vista
Lembranças, que decoram paredes…
Coleção de colheres na parede
E deixam marcas profundas…
Estantes entalhadas
Fazendo-nos sentir, em época mais glamourosa…
Pendente vintage
Uma volta ao passado: quando, despreocupadamente brincávamos
como criança…
Menininha vintage
E nem sonhávamos, a possiblidade de algum dia, vir a brigar com máquinas…Contemporizando:
Entre tapas e beijos, não dá pra ignorar a tecnologia.
Prova disso, estou aqui: fazendo, refazendo e usufruindo vantagens e facilidades que ela nos proporciona.
A internet já é um poderoso veículo de comunicação.
Contando com isso, e a fidelidade dos que acompanham este blog, aviso:

Amanhã, sexta-feira, terão a oportunidade de ver a autora do sala da la, como nunca viram antes!…

Mas, não corram( de medo!)!
Não sairei em poses comprometedoras, no site Paparazzo!

A Raquel Martins, do jornal A Gazeta, aqui do estado, entrevistou-me para o blog da Revista AG, que é a extensão virtual, do suplemento do jornal de domingo.
Convido-os a fazerem uma participação especial, por lá: vale festa, torcida organizada, dizer que sou linda, inteligente e sempre, muito humilde( ao menos, para lhes pedir esse apoio, na maior cara de pau!)…

Tchau! Que agora tenho um outro post para salvar…

The Ephemerist

You may also like

16 Comentários

  1. La, o suplemento vai ser o de domingo? Estou indo amanhã pra Vila Velha, mas é visita de médico (se me permite a brincadeira rsrsrs), pois só vou deixar a minha pequenininha com os sogros e já volto no sábado. Vou pedir para a minha sogra guardar o jornal de domingo, então!
    Beijão
    Helena

  2. Helena, fui entrevistada para o jornal de domingo e para o blog do mesmo jornal, por duas jornalistas diferentes.
    Para o blog, a Raquel avisou-me que sairia, amanhã.
    Para o jornal, fiquei na dúvida se iria sair neste domingo, por isso, quero ter certeza, antes de avisar.
    Tá chique, hein? Dando um pulinho, por aqui…rs
    Abraço!

  3. Mas que loucura dessa net né? Até eu fiquei com raiva agora… Ainda bem que já tinha lido o post sumido, senão ia ficar na curiosidade!
    Vou conferir a entrevista virtual, já que estarei incomunicável esse fim de semana (sítio lá no fim da estrada da roça, rs!) sem possibilidade de compra do jornal. Darei meus pitacos no blog quando chegar à civilização domingo à noite.
    Bjs

  4. Oi, Laély querida!!

    Rssrsrsrsrsrsrsrs…adoro ler seus posts, sabia? Vc é incrível…vai escrever bem assim, hein mulher??? rsrtsrsrs…com certeza a tecnologia tanto nos facilita a vida como nos escraviza na dependência dela, não é? Coisas da modernidade!!! rsrsrs( credo pareço uma velha falando assim, né? )
    Um ótimo fim de semana pra vc, chiquetosa!!!!Beijo grande
    Helena Garcia
    http://diaadiacorridinho.blogspot.com

  5. Lá,adoro esses cantinhos aconchegantes e cheios de histórias pra contar que vc descobre!!!! Que buffet lindo!!!! Fiquei apaixonada pela peça e por todos os detalhes do ambiente! E que pena que vc perdeu todo o post! Você usa o editor do próprio blogspot? Não sei se é seu caso, mas eu uso o LIVE WRITER e sempre salvo uma cópia do post no meu computador. Assim, tenho backup dos posts e o programa tem muito mais recursos do que o editor do blog. Se quiser mais informações, é só me pedir!!! Um grande beijo e uma ótima sexta!!!!

  6. Que fotos! Deu fome…
    Também ando tendo problemas com o blogger. No meu caso, posts somem! Antigos posts sumiram do nada…
    E tb perdi um post praticamente pronto. Dá raiva mesmo.

    Mas vamos em frente, a gente é maior que tudo isso! bjs e bom dia!

  7. Eu já comecei a refazê-lo. Espero que não demore uns 500 dias, para "500 Dias…" retornar ao blog. Questão de honra.

    Kátia, preciso me informar sobre isso. Entrarei em contato com você.

    Raquel, é bom fugir dessas modernidades, vez em quando.
    Bom fim de semana!

    Helena Garcia, obrigada! Você não parece velha, não.rs

  8. Bom dia Laély…
    Realmente somos "escravos" da tecnologia! Uma relação de amor e ódio dos novos tempos. rsrsrs
    Ah! Queria dizer que eu tive uma fase Abba muito intensa na minha vida. Nos anos 80, meu irmão tinha um disco de vinil com o rosto dos 4na capa. Aquela imagem ficou na minha cabeça. Quando "cresci", voltei á ouvir e fiquei apaixonada. Toda inocencia das letras, a voz enigmática da Agnetha, aquela melodia gostosa…não larguei mais!
    Assisti sim "Mamma Mia" e adorei a sensação prazerosa que o filme nos deixa ao terminar. Adorei mesmo.
    Bjs e um ótimo final de semana pra vc.

  9. Elza, uma surpresa foi assistir Mamma Mia, acompanhada pelo marido e depois, pelo filho do meio. Descobri que os dois gostam de ABBA. A gente fica quietinha, achando que o conjunto era meio breguinha, mas as músicas grudavam no ouvido e fizeram parte de um período, na minha adolescência.

    Vanessa, obrigada e volte sempre!

  10. Ai gente que bom saber que alguém mais curte Mamma Mia. Adorei. Apesar do Pierce Brosnan estar canastrão demais! E realmente as músicas grudam de um jeito!! Passo um mês cantarolando. Mas é legal, por que as músicas do Abba sempre me deixam uma sensação de "Déjá vu" (escrevi certo???). É muito bom.
    E seu posto está maravilhoso comp sempre. engraçado essas frase da "Alice…", eu estava me sentindo assim, tbém!! Sintonia virtual. rs

    Bjs e tudo ótimo.

  11. Márcia, eu fui conferir pelo Google e é "déjà vu": foi na trave! rsrs
    Sinceramente, Pierce Brosnan surpreendeu-me, principalmente: vê-lo dançando e cantando. O timbre de voz dele lembra o de David Bowie.
    Quanto ao ABBA, meu filho gravou várias músicas no MP3 dele. Foi uma supresa pra mim, pois o conjunto não foi do tempo dele.
    Obrigada e abraço!

  12. Mas que coisa, não sabia que o blogger tem também essa propriedade de engolir posts, Laély! Por aqui, não consigo seguir nenhum blog, há dias. Estranhezas… Só não estranhe a repercussão da fama na mídia impressa e virtual. Vamos então esperar mais uma semana pra ver tudo isso… Beijos, querida!

  13. Pois é nesse ponto ele tbém me surpreendeu. Adoro ele de qualquer jeito. rs
    Qto. ao ABBA, é sinal que seu filho já nasceu com bom gosto.

    bjm

  14. Aprendeu com os pais, Márcia: eu, gosto de MPB, o marido, de rock. rsrs
    O gosto dos filhos acabou ficando bem eclético. Mas eles já descobriram outras coisas, que eu não conhecia e aprendi com eles, também. rs

    Pois é, Rosana. Eu tô ansiosa.
    Ansiosa também, não minto, pra chegar aos 1000 seguidores: aí, a gente faz festinha por aqui, com direito a bolinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *