O ex-futuro músico

The Animal Blog

Há exatamente 1 ano, Pingo começou a ter aulas de música: pretendia lapidar talentos latentes, para se apresentar no “Concertos para Gatitude” que costuma frequentar.
A tentativa foi mostrada aqui.
Digo “tentativa”, pois o interesse do bichinho era fogo de palha.

O marido conta que, quando criança, seu futuro como pianista fora prejudicado pelo esporte: ao lado da sala onde estudava havia um campo de futebol. As aulas não duraram 3 meses e o mundo perdeu um possível grande concertista clássico. Em “compensação”, não ganhou nenhum Pelé…
Já o gatinho, também não fazia cerimônia: abandonava as aulas pela metade, para tirar uma soneca.

Professor paciente, o filho do meio desistiu de tentar ensinar-lhe violão: tentou o teclado…
“Essas bolinhas nas pautas parecem carocinhos de ração…” “‘Fessor! Olha, como eu presto atenção!” “Ops! Tâo olhando o quê? Não veem que estou no meio de uma aula?!…” “Mas ainda não inventaram música mais gostosa de ouvir, que canção de ninar…” Investimento jogado fora, é o que parece…

You may also like

18 Comentários

  1. Que post lindo engraçado amiga,pode não ter sido grande musico,nem grande pelé mas deve ronrorrar muito bem ,junto de suas pernas,jinhosss

  2. Que tanta saudade desses dois: mestre da paciência e discípulo parceiro! (Esconda-os na mala, quem sabe com a companhia do Bibi o querido professor consegue algum resultado..rsrs) Beijos pra todos!

  3. Alo,Laely!
    Hoje aqui no Rio esta fazendo uma linda tarde de domingo…Fresca e preguicosa…Daquelas pra gato carioca nenhum botar defeito!
    Quando li o seu post,e vi o Pingo e suas "aspiracoes musicais",lembrei de uma tia avo minha…Meu pai passou um tempo,quando garoto,morando com ela,devido a um problema de saude da minha avo.E ele sempre lembrava dela como uma "ex-futura musicista"!
    Desde menina,ela tinha o sonho de aprender a tocar algum instrumento…E durante anos e anos,ela tentou de tudo um pouco na sua longa estoria com a musica:violao,flauta,piano,violino,acordeon,e outros mais instrumentos musicais…Embora ela nao conseguisse ter muito exito com nenhum deles…Ela nao desistia,e continuava tentando,tentando…Meu pai dizia que ela tinha um cachorro vira-lata que chorava e uivava muito toda vez que ela tocava certos instrumentos! ( Rs…Rs…) A tia ficava tao brava com o tal do cachorro,que ate xingava e queria bater no pobre coitado!Todo mundo ria muito da zanga dela e era tudo muito engracado!
    Bom, o fato e que hoje ela tem mais de 90 anos…E imagine…Ela continua tentando! Pelas ultimas noticias,ainda esta de namoro com o piano…Quem sabe um dia,sai uma sinfonia,ne? (Rs…)
    Mas com o seu gatinho…As mas linguas,com certeza dirao, que desse mato nao sai cachorro…Ou serao gatos? (Rs…Rs…)
    Um abraco grande pra voce e pra esse gato blogueiro mais fofo do Espirito Santo!
    Teresa

  4. Laély,
    Que post mais fofo!
    Seu gato é muito lindo.
    Aqui em casa também temos uma gata(siamesa) muito fofa que adora ficar no computador,alias ela parece gostar de tudo que a gente gosta,menos das coisas compradas pra ela, como os arranhadores de unhas para gatos,mas em compensação as poltronas…
    Abraço.
    Ivanete

  5. hahahaha muito engraçado seu post…aiiii seu gato é muito gostoso…se eu vejo ele dormindo assim morro de amassar…amo esses felinos fofos!!!! beijão florinha!!!

  6. Lu, eu divido nossa vida familiar em a.p. e d.p.( antes e depois do Pingo).
    Verdade, o que falou: todo mundo aqui em casa é apaixonado pelo bichinho. Nada como uns amassos nele, pra espantar o mau-humor!

    Ah, Tati, nem tudo está perdido: ainda nos sobra a gaita e o violino.

    Aliás, Eliene, o Pingo adora brincar com as cerdas do arco do meu violino. Preciso tomar cuidado, ao abrir o estojo, para que ele não ataque o brinquedinho favorito.

    Paty, arranja outro felino pra amassar que esse já tem fila, querendo fazer o mesmo, lá em casa…rsrs

    Ivanete, explica por que todo gato deveria usar um mísero arranhador?! Na visão felina, sofás são enormes e especiais arranhadroes, à disposição deles!

    Teresa, como uma história puxa outra, lembrei desta, composta por Tom Jobim e que virou símbolo da Bossa Nova, na voz de João Gilberto:

    "Só não poderá falar assim do meu amor
    Este é o maior que você pode encontrar
    Você com a sua música esqueceu o principal
    Que no peito dos desafinados
    No fundo do peito bate calado
    Que no peito dos desafinados também bate um coração"

    O que importa é que dentro do peito da sua tia-avó, bate um coração musical. rsrs

    Simone, moça ocupada, esta moça aqui fica agradecida, pelo prestígio da sua visita.
    ( Ainda me deve um capuccino…)

    Rosana Garcia, Pingo agradece o elogio.

    Rosana Sperotto, e o que Vinícius, com aquele jeitinho, não consegue?:
    Impor alguma disciplina ao gato. (Mas isto, ninguém aqui consegue!)

    Belinha, certamente Pingo tem um ronrom afinado, que toca nosso coração!

    Abraço a todas!

  7. liga nao
    qd crescerem vao dizer p td mundo que sabem tocar, mesmo nao sabendo, dai o seu dinheiro nao vai ter sido tao em vao
    aqui em casa eu tenho 2 pianistas: neto e smigol, sim smigol, ele adora dormir no piano e no meio da noite vem aquele som so meio do silencio, parece ate filme de terror.
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *