Tutu do dia

Ao contrário do Pingo, que exercita arduamento seu direito ao “ócio criativo”, tive um dia de “hiato criativo”.
Mau-humor é areia nas engrenagens de pensar.

Tudo bem, porque todo mundo tem seu(s) “dia”(s). “Só a bailarina que não tem”…(Bailarina, de Botero)

Pelo menos é o que afirma, a deliciosa letra da canção de Edu e Chico:

Ciranda da Bailarina
“Procurando bem
Todo mundo tem pereba
Marca de bexiga ou vacina
E tem piriri, tem lombriga, tem ameba
Só a bailarina que não tem”…

Não tem pra ninguém: vida perfeita, quem tem? Só a bailarina.( A de Chico, tem!)
Mas, “não contavam com minha astúcia!”
Eis que se fez luz! Luz, adornada por um tutu de bailarina:
Não é perfeito?
E aqui, o tutorial do Craftynest.

Também perfeita foi a interpretação que Mônica Salmaso deu à música de Chico.
Aqui, acompanhada pelo grupo instrumental Pau Brasil:

Perfeitos!

Rodando, rodando, lembrei de um post da Ana Sinhana, mostrando a sainha de tule que ela fez para a “menina de calofo fosa”, com direito a tutorial de quem manja do assunto.

E, num tour en l’air encontrei “um vestido, que é um amor”: Un vestido y un amor

“…Esta menina
tão pequenina
quer ser bailarina.

Mas depois esquece todas as danças,
e também quer dormir como as outras crianças.

“A bailarina” Cecília Meireles- Ou isto ou aquilo

Dia perfeito, ninguém tem. Ao menos, poderíamos desejar que fosse, como uma bailarina…
Um relevé e en avant!

You may also like

26 Comentários

  1. Acho que baixou a TPM na mulherada…algumas estão meio bravas desde segunda…hehehehehe. Vida perfeita só a bailarina. Estou de mudança amanhã, finalmente poderei usar um fogão como instrumento para cozinhar e não mais um microondas. Finalmente morarei num lugar onde posso sair no quintal sem medo. Finalmente poderei voltar a comer feijão. Finalmente minha habilitação ficou pronta e agora posso ir e vir, ainda que meu passaporte esteja na capital e eu não possa sair daqui. Vida perfeita, só mesmo a da bailarina. Beijocas minha querida.

  2. Não, não há dia perfeito. Exceto pros gatos, porque os cachorros me parecem mais ansiosos.
    Mas, olha, sempre tem alguma beleza no fim do dia se a gente olhar atentamente.
    bj

  3. Ah, Ana, mau-humor é coisa que passa, como chuva de verão…

    Amém, dona Taia! Que coisas boas! Porque, comer comida de microondas deixa qualquer um de mau-humor crônico.

  4. Viu.. Nem toda Bailarina não tem mau humor ou dias Tensos… Ontem (27/04) Perdi meu emprego… e não estou nada feliz ou relaxada com isso…
    O que tem haver com a bailarina? Eu sou uma o.o/

    Wathever.. AMEI! a luminaria de Tutu *_* preciso copiar algo assim pra mim :3

    Beijos e sucesso!

    Suzan

  5. Uma coisa que só eu sei, e a bailarina não sabe, é que a mini Laély, se existisse, seria uma criaturinha toda trabalhada no tule, carinha vintage com sapato boneca, da luiza barcellos for kids, óbvio. Sorria amiga!!!!
    beijos

  6. Ei, Suzan, "avant", menina! Essa mulher perfeita, só é possível na imaginaçao de um poeta como o Chico. A graça da música está, justamente nessa compração com a realidade.

    Cynthia,"fofa-mãe", um beijinho estalado pra você, minha amiga: "smack"!
    Gostei do sapatinho e da roupinha!
    Ontem eu me dei um tempo e hoje, já estou melhor. Coisa normal.

  7. Pois bem, como depois de tantos anos de ballet não me tornei bailarina, resta-me querer ser gato quando crescer! rs

    La, eu, que ando em fase meio assim-assim, tenho dito quando me perguntam como estou: "um dia chove no outro dia bate sol". Como vc vê, o Chico anda nos inspirando…rs

    beijo e cosquinhas pra melhorar o humor…rs

  8. Estou apaixonada pelo seu post.
    Gosto tanto dessa música, quando eu tiver uma filha quero ficar cantado pra ela até ela dormir.
    Mal humor acontece, mas logo passa.
    Bjs.

  9. Ai Lá só você mesmo para me fazer rir sózinha…Não do mau humor juro, mas a foto da bailarina é hilária. Vou te enviar uma outra para vc. colocar ai do lado…
    Agora o véu no pendente com a luz esta maravilhoso! Eu adoro essas sacadas.
    bjus

  10. Oi Laely, adoro estes desabafos que a gente faz estressada e no final acaba rindo da gente mesma… Isso, será que a bailarina tem? Se não tiver, de que vale a perfeição? Beijos e dias melhores!
    Tati.

  11. Ai! O Chico inspira tanto com as letras que ele faz!
    Pra cada humor, uma música, pra cada amor, outra, pra uma decepção, mais outra!
    Aí, é repetir aquela ladainha:"quem canta seus males espanta".

    Cacau, às vezes a gente sente só vontade de dizer "que a coisa aqui tá preta", pra logo em seguida emendar que "também, sem um carinho, ninguém segura esse rojão".
    Amo essa! Valeu!

    Lola, a MPB tem um repertório maravilhoso para ninar uma criança, do berço à fase adulta.

    Yvone, o Botero era um artista que fugia da ditadura da magreza.

    Pelo menos, a gente ainda tem o direito de reclamar, de vez em quando, não é, Tati? Só não pode ficar chata!

    Berê, Chico escreveu essa música por experiência própria.

  12. Realmente, toda mulher tem seus dias de mau humor!

    Da uma passadinha no meu blog depois..
    tenho certeza que você vai gostar do post de hoje!

    Beijo, flor! ;D

  13. Pode não haver dias perfeitos, mas há momentos que são até mais que isso e os encontramos no nosso dia a dia. Como achar seu blog e ver essa linda costura que vc fez no tema, com as imagens, a música e a poesia, pro exemplo. Adoreiiiiiiiiii!!!
    Bjsssssssssss

  14. Alo,Laely!

    Minha fada das bailarinas encantadas…Que post mais lindinho !
    Sabia que eu sempre quis ser bailarina ? Pelo menos nos meus sonhos de crianca…Para mim, a bailarina sempre foi aquela figura bela,suave, cor de sonho e alma de passarinho…Seres acima do bem e do mal,cujo destino era bailar para sempre,no meio de um ceu cheio de estrelas!
    Mas na vida real, o maximo que consegui foi ve-las,maravilhosamente doces,nos palcos dos teatros da vida…
    Mas e claro que so a genialidade e sensibilidade fantastica do Chico pra traduzir a impressao que as bailarinas nos trazem…E pura poesia e emocao!
    Mas sabe,minha amiga fada, o problema e que as vezes, muita gente nos olha como se fossemos meio bailarinas…As pessoas pensam ou acham que devemos mostrar um nivel de perfeicao que nem as mais treinadas bailarinas tem…Isso e dificil,ne? Ate porque tem horas que a bailarina que existe dentro de cada um, so quer mesmo ser uma menina ( como a da Cecilia ) que quer esquecer todas as dancas e apenas dormir e sonhar com anjinhos…Como qualquer ser humano!
    Meu abraco de aprendiz de bailarina carioca pra voce,minha fada bailarina !
    Teresa

  15. Laely
    Essa música-poema do Chico é realmente um encanto.
    Bem, nós temos sempre momentos de mal-humor, mas o importante é que ele passe logo. Eu mesma não me aguento mais do que 1 dia azeda.
    bjs

  16. oi amiga do poder
    já sou independente
    agora vou voltara frequentar a sua sala diariamente,tá?
    quando eu era menina, tem muito tempo isso não, meu sonho era ser bailarina, hoje em dia estou mais para Bila Bilú, a elefanta da Xuxa, conhece?
    digamos que ela se inspirou em mim,kkkkkkkkkkkkkkkk
    e o perfeito nunca ´edireito, é sem graça, somos belos e interessantes em nossas imperfeições.
    te amo
    com saudades sempre
    beijos

  17. É, o teu dia pode ter sido "osso" mas ao menos o fechou com chave de ouro com esse post. Adoro todas as referências e estava morrendo de saudades de me jogar nas obras do Botero que adoro!!
    Xerinhos
    Paty

  18. O dia fica perfeito quando estamos bem…Para ficar bem,dá uma olhada ao seu redor,olha que tens motivos de sobra para ficar em paz!!Beijos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *