Farofa pra viagem…

Tão bom passear, não é? Encontrar amigos, sair da rotina, conhecer novos lugares…

Melhor ainda poder voltar, cheia de saudade, ser bem recebida, saber que fez falta…será?! Mas essa “mudança de hábito” demanda certa logística. Mesmo que seja uma saída rápida, há uma série de providências a serem tomadas, desde o que vai se deixar, ao que se vai levar.
Sabem, aquelas visitas que recebemos: às vezes parentes, às vezes amigos que chegam, carregados de encomendas raras?Artigos, não encontrados nas gôndolas dos melhores supermercados, como: queijo da roça e goiabada cascão legítima, rapadura, frutas de época...
Pensei nos meus preparativos para a viagem, nas pessoas especiais que visitaria e que novidade poderia levar como agrado.
Eu gosto de comida. De comer e de cozinhar.

Rosana trouxe do RS pra mim uma geleia de uva especial, feita em casa, consumida logo na primeira semana. Assim é que, gosto de ganhar e gosto de dar esse tipo de presente. ( Lembrando da Rosana, ela fez uns posts bem bacanas sobre os dias que passou no ES. Podem conferir por lá)
Resolvi então levar uma “farofinha” para as minhas anfitriãs: granola.
Espero que ninguém fique chateado por não dar a receita muito certa, mas é que granola, a gente faz assim mesmo, no “olhômetro”. Que tal, tentar? É bem simples, embora trabalhosa. Não estou sendo coerente? Logo, entenderão…

Granola caseira
Ingredientes:
-1 lata de farinha láctea;
-1 lata de Neston;
-1 copo de farelo de trigo;
-1 copo de gérmen de trigo;
-1 xícara de *linhaça triturada;
-1 xícara de *quinua;
-1 xícara de *gergelim;
-1 xícara de castanhas do Pará picadas;
-1 pacote de coco ralado;
-Óleo de canola e mel, para umidecer a farofa;
-Pitada de sal.
*Opcional
Misturar numa bacia, todos os ingredientes secos.
Acrescentar o óleo e o mel, mexendo o tempo todo, para umidecer a farofa. Provar. Se necessário, acrescentar mais mel, ou sal, ou óleo. Não precisa encharcar. Basta que a umidade seja o suficiente para juntar os ingredientes, com as pontas dos dedos, mas sem que grudem:
Aquecer o forno em temperatura baixa( 180°C), espalhar a farofa úmida em dois tabuleiros e levar para assar, mexendo de 10/10′. O segredo de uma granola bonita e crocante, está nesse revirar paciente e contínuo da farofa, em temperatura baixa.
Quando estiver corado, desligar o forno e deixar os tabuleiros dentro, até esfriar de tudo.
Guardar a granola em recipiente bem fechado, depois de frio.
Essa quantidade toda de granola, demorou quase 2h no forno para ficar boa. Portanto, paciência, é um dos ingredientes indispensáveis a esse preparo.
Parece muito, mas isso tudo sumiu, em saquinhos preparados para a viagem, porque sou uma “visita farofeira”. Acompanhou a granola: geleia de cupuaçu caseira e biscoitos de Santa Teresa.
Por enquanto, estou levando vocês em fogo brando, tal qual a granola que acabei de fazer. Não é tortura. É falta de tempo para contar e mostrar todas as novidades. Não estranhem.
Logo mais, espero acabar com esse suspense…

You may also like

20 Comentários

  1. Laély,embora pareça que estou de plantão, foi pura coincidência, acabo de sentar e vejo um novo post,ok receita de granola anotada,volto amanha.

    Rosana, obrigada pela companhia.
    bjks

  2. Oi Laély, dizem que o melhor da festa é esperar por ela… então está sendo bom esperar para saber das novidades… esse suspense todo e a receitinha são uma delícia também!
    beijinho
    Josi

  3. Laély, pois eu estou mesmo de plantão (rsrs), sentadinha no banco da frente (na boa companhia da Susi e do notebook, meu brinquedo novo), à espera das manchetes dessa redatora-chefe, mestre em títulos bem-humorados de duplo sentido, suspense e em iguarias provadas e aprovadas. Mas banho-maria é uma técnica que sempre rende resultados deliciosos, e então, como aprendemos lá no mosteiro zen, sem pressa, vou curtindo cada capítulo dessa nova história. Beijo, querida

  4. Nossa parece delicioso…vou fazer aqui em casa….
    E ótimo sair um pouco….uma delicia…..
    Mas e este gatinho lindo?…adoro gato,só não tenho um porque ele poderia atacar a Xexeu(minha papagaia)rsrsrs.
    Beijinhos
    Deusa
    vasinhos coloridos

  5. Pô, vc nos cozinhando no velho e bom banho-maria, eu louca pra saber onde estava tu, e a Nana vem jogar água fria na expectativa kakakkakakaka.
    Mas as histórias são boas e a receita de granola melhor ainda porque se tem coisa que amo é granola. Sempre digo que viveria de granola e iogurte natural, com alguma fruta. Só digo… porque como logo é de um tudo… super abraços

  6. Apesar de não comentar há muito tempo (tava dando um tempo até no blog, mas já voltei!) não deixei de passar por aqui. Todos os dias vinha ver as novidades e me preocupei quando vi que você passou 2 dias sem postar. Senti sua falta. Ainda bem que você voltou! Bjinhos

  7. Ê-laiá! Mas que mulher cheia de história, rss. Deve ficar delícia sua granola não. Também tenho minha própria receita, só n faço com frquência pque gosto tanto que como demais.
    bjoca

  8. Tânia, é verdade. Esse negócio é bem gostoso. E bem calórico. Faço para os filhos e divido com os amigos.

    Carlinha, obrigada pelo prestígio e seja muito bem vinda!
    Linhaça não tem um gosto muito bom, mas aqui nessa granola, fica bem disfarçado!

    Ana, que bom que sentiu minha falta. Se ninguém tivesse ligado, eu ficaria deprimida…rsrs

    Ana B., acho que a Nana, com razão ficou chateada comigo, né?…rsrs
    Goso de granola com abacate amassado. Calórico!!

    Deusa, vou lhe contar um segredo: fiquei com saudade do Pingo, mais do que todos em casa…rsrs

    Nana, mandaei um e-mail de pedido de desculpas e explicação. Mas já vou lá.

    Dani, que bom que não sumiu, como eu…

    Rosana, vou mostrar os seus posts à minha mãe, para provar à ela que eu fui bem educada…rsrs

    Josi, querida! Tô devendo visita a voce, também.

    Susi, preciso me atualizar nas suas fofuras. Você, sempre me incentivando…

  9. Nossa! que delícia, isso deve ser ótimo para quem tem intestino lento como é o meu caso. E aqueles porta lápis, que lindos fiz algo parecido nas férias para minha filha levar para escola este ano, foi um sucesso!
    Passo sempre por aqui embora não comente sempre, adoro esse lugar!
    Bjs!
    Silvia

  10. La, não tem problema, vamos curtindo em doses homeopáticas essas suas postagens deliciosas, relatando os encontros com amigas blogueiras, agora reais.
    Bjs e obrigada pela participação na promoção de meu blog, amiga!!

  11. Jézusssssssssss!!!
    Até a farofa dessa mulhe ré chique!
    Amiga por onde andastes heim?
    Estou curiosíssima.
    E pára tudo que vi a sandália, babdo forte né?kkkkkkk
    saudades de você
    Eu ando um pouco ausente, pois meu computer está em estado terminal, tadinho.
    Por isso meu tempo na net anda reduzido, o que é um horror, imagina ficar longe da blogosfera?
    Ainda mais eu que não assisto televisão, acompanho todas as notícias pela net.
    O que será de mim?
    Tô ficando deprimida.
    Eu sonho todas as noites com um notebook, sonho meu sonheo meu…
    Saudadosnas mesmo mulher que é o poder do poderio.
    Te amo.
    Beijos

  12. Lá, vou adorar que tua mãe me conheça um pouquinho…Tenho certeza que ela sabe muito bem a filha hospitaleira e amorosa que tem, o que enche de orgulho o coração de toda mãe, não é? Beijo pra ela, outro pra ti

  13. Sílvia, obrigada pelo carinho.
    Com certeza, granola tem muita fibra. E muita caloria.( Nem tudo é perfeito…rsrs)

    Nárriman, esta viagem foi muito produtiva. Fui muito bem recebida!
    A sua promoção é muito simpática.
    Precisava propagandear por aqui, né?

    Eliene, imagino o seu perrengue. Eu, que não assisto tv, acho que entraria em crise de abstinência, caso ficasse sem pc e internet…rsrs
    Notebook é o grito de independência das blogueiras! rsrs

    Ôpa, Rosana! Os seus posts são uma verdadeira viagem!

    Decorideas, é só fazer! É fácil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *