Da oliveira, o azeite…

(“A árvore de Ruy Belo”-José Alberto Oliveira)

A reflexão.

Uma sentença.

You may also like

8 Comentários

  1. Alo,Laely!
    Interessante…Estava hoje com as arvores…Observando suas formas,texturas e cores…Os ramos fazendo desenhos nos ceus,quando os observamos de baixo para cima…Fiquei um tempo tocando em seus troncos…Tentando sentir o pulsar de suas seivas!
    Pensei em suas raizes…A trama por debaixo da terra…O sugar das aguas e minerais…A luta pela existencia!
    Dei um leve abraco em uma delas e fiquei agradecida por aquele momento de comunhao…Estranha seria a nossa vida sem estes seres,que nos transmitem seguranca e protecao…Estranha e a vida humana,a nossa busca por raizes e,ao mesmo tempo,por novos horizontes!
    Estava eu entre as arvores nesta tarde…Pra descobrir,que elas ja estavam sempre la…Dentro de mim!
    Quizera nos mesmos sermos arvores frondosas,altas e robustas, que desafiam o tempo e sabem esperar a flor,o fruto e a semente…Resistir a chuva e ao vento…Aos raios e a estacao seca…E mesmo,quando as folhas secarem…Fazer brotar novamente…Em versos,prosa e sonhos!
    Um domingo de paz e aconchego pra voce!
    Meu abraco carioca de sempre,
    Teresa

  2. Teresa, essa é uma história triste sobre "árvores".
    Já visitou o blog da Silmara? Eu a conheci, pessoalmente, quando fui à Campinas. Elegância e simpatia, em pessoa. Elegância e delicadeza no escrever.
    Sou assídua leitora e torço para que ela lance um merecido livro de crônicas.
    Um abraço capixaba pra você, de outra amante de árvores

  3. Incrivel. Parabens pelo post. Fiquei encantada com a Silmara Franco. Seu texto mostra bem que todos nós somos humanos e, nem de perto, somos como a arvore que derruba seus frutos pelo simples fato de estar na hora deles cairem, sem julgar se isso é certo ou não, apenas são… E pq nao pensar na proxima primavera, nao é? Lindo Lindo!
    Bjo grande! Ah, e eu nao vou te abandonar viu…rs… sempre que der darei meus palpites…rs
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *