Post romântico

No dia 14 de fevereiro é comemorado em muitos países, o dia de São Valentim.
A história, que pode ser conferida no link, parece controversa e fantasiosa:
O imperador Cláudio II proibiu casamentos durante o seu governo.
Apesar da ordem do manda-chuva, o bispo Valentim continuou a celebrar as uniões, em segredo. Ao ser descoberto, foi preso e condenado à morte.
Na prisão, Valentim conheceu e se apaixonou pela filha do carcereiro: uma jovem cega que, por um milagre de amor, voltou a enxergar.
O imperador sem coração, mais interessado em manter seu exército abastecido de homens livres e desimpedidos, não amoleceu com apelações românticas: mandou decapitar Valentim, em 14 de fevereiro de 270.
Será que foi a partir daí, que surgiu aquela expressão: “perder a cabeça”, quando se está apaixonado?!…
Cartão postal, 1910
Se o ditado popular: “quem conta um conto, aumenta um ponto” procede, desde a morte do Valentim houve tempo suficente para aumentar um pontinho aqui, um outro ali nessa história toda.
Como não dá pra competir com a festa do carnaval, comerciantes brasileiros elegeram o 12 de junho como data oficial dos apaixonados brasileiros, por causa de um outro santo casamenteiro: o Antônio…Sabem como é: “os fins justificam os meios” e uma aquecidinha no comércio num mês de poucas vendas, é sempre bem vinda!
Para os enamorados, essas histórias e motivações não são o mais importante porque, como diz a musiquinha do
Vila Sésamo: “todo dia é dia, toda hora é hora”.
Nesse clima de dramaticidade e romance, selecionei um trabalho de colagem feito pela
Sarah . Sem nenhum trocadilho: amei!
Ela tem uma lojinha com mais opções de quadrinhos, na
Etsy: Sugestão para um presente bem diferenciado, concordam?
Sugestão de consumo:
Para quem ama decoração! Flickr de Dora iz Londona
Há muitas outras formas de demonstrar carinho, inclusive, preparando uma refeição especial, numa mesa especial.
Uma ideia que pode ser usada em outras ocasiões festivas:
Um trançado de fitas de papel crepom colorido deu uma cara nova a esta mesa simples: The City Sage
E, já que estariam dispostos a colocar a mão na massa, digo: no papel, que tal inventar uma guirlanda, também?
Tutorial, aqui: no Bloesem Kids.
E aí? Será que rola um clima?

You may also like

21 Comentários

  1. (ainda sobre o arroz…) rsrsrsrs Amei a idéia!!!!Talvez eu odeie arroz integral porque não sei fazer, então….me ensina Lá????
    Quem sabe não mudo de idéia!!!
    Bjão!

  2. Claro que rola um clima, eu encontrei tanta coisa comestível e romantica que o namorado nem vai ter vez, só se aprender a namorar docinhos, vou aproveitar o carnaval e namorar na cozinha!!!

    bjão

  3. jesus do céu! esse mundo é pequeno demais sô! minha mãe tem um sítio em Santa Teresa, lá no Vale do Encantado. ela é vizinha do "estancia di la fontella". ano passado eu, como assessora de imprensa, inaugurei o cama e café da Cleusa Fardin, que foi secretária de educação de santa teresa. sabe quem é? eu até fiz o post: http://umapalavradepoisdaoutra.blogspot.com/2009/09/uma-casa-no-campo.html

    amei o seu blog e vim pra ficar!

    beijo!

  4. Lá! Eu gosto muito mais do San Valentin do dia 14 para celebrar o amor, acho dia 12/06 nada a ver, colocassem a data no dia de santo antônio então né? Linda essa mesa hein?
    beijo
    Cynthia

  5. Não falei que Laély é cultura! Mas, sobre a expressão perder a cabeça por amor, temos também a plebeia Inês de Castro, em Portugal, no século XIV, que perdeu a sua cabeça na famosa Fonte dos Amores, na Quinta da Lágrimas, por ter amado, se envolvido e dado 4 bastardos ao princípe Pedro. E ninguém ia querer um caso destes na corte, então cortem a cabeça….
    Ah! também quero comentar o post sobre Pena Branca e Xavantinho… fiquei chorosa. Graças a Deus que meus filhotes, apesar de pequenos, conheceram e gostam desta dupla tão delicada…
    Aqui no MS também perdemos, no mesmo dia, o cantor jeca de raiz Délio, da dupla Délio e Delinha, aqueles que cantavam:
    "Nosso amor é comparado com o sol e com a lua,quando eu chego você sai, a distância continua
    _Eu sou o sol, a chama ardente do calor (ele cantava)
    _Eu sou a lua, meiga e mansa, inteirinha feita de Amor (ela respondia)
    Eu sou o sol
    Eu sou a lua
    Esse é o porquê que a distância continua
    Eu acho lindo.
    Beijão grande

  6. Cris, e eu nem me considero assim, romântica…

    Ô, Ana…Que delícia de música e, tão pertinente ao post romântico, né?
    Dessa eu também não sabia. Ana B., também é cultura, uai!

    Taia, essa eu já contei: amo filmes de mulherzinha!

  7. Achei magnifica a idéia da toalha de papel crepom,acho que vo da uma copiadinha e fazer um jantarzinho in love no dia 23 niver do meu queridinho…rs Bjs sua dicas são ótimas sempre!!! e seus textos ótimos!!!

  8. Linda a história,triste também.
    Infelizmente meu marido não esta aqui…esta la pelas terras de San Valetin.
    Estou feliz de visitar seu cantinho…
    Beijos
    Deusa
    vasinhoscoloridos.

  9. Ai, que delícia, Driks! Você tá me acostumando mal, com esses elogios…Obrigada, mesmo assim. (Continue, pois eu gosto de "maus costumes"! rsrs)

    Deusa, a alegria é recíproca em recebê-la aqui. Seja muito, e sempre: bem vinda!
    Abraço!

  10. Oi Lá! Nossa, não sabia dessa história! Muito legal! Meu Deus o que é isso que a Sarah faz? é td perfeito! simplesmente amei! Ahh ando meio decepcionada com o amor sabe, mas não tem sentimento mais bonito! 😀 Beijoss

  11. Alo,Laely!
    Voce pode nao acreditar,mas o meu aniversario e no dia 14 de fevereiro!
    Eu tambem nao conhecia essa estoria ate algum tempo atras…Quando estive no Estados Unidos e que descobri que o meu birthday era no dia dos namorados de la…Ate a funcionaria da alfandega achou "so cute" quando olhou a data do meu nascimento no meu passaporte! Engracado…Nunca tinha me ligado nisso nao…Deve ser por isso que eu sempre me acho pra la de romantica e adoro filmes com finais felizes!
    Mas este ano o Valentine's Day ( 14 de fevereiro ) cai justamente no domingo de carnaval…Ai nao ha romantismo que aguente no meio dessa confusao carnavalesca com um monte de gente suada e pulando mais que pipoca…Vai se entender a humanidade…
    De qualquer maneira,concordo que todo dia e dia de amar e fazer alguem feliz!
    Um otimo feriado de carnaval e Valentine's Day for you all!
    Um abraco para os coracoes romanticos de ontem,hoje e sempre!
    Teresa

  12. Débora, eu posso lhe dizer, com a experiência de alguém que tem a idade para ser a sua mãe, que amar é um longo processo de aprendizagem, que dura a vida inteira. Prepare-se com ânimo, para uma longa caminhada. Beijinho!

    Teresa, acho que os americanos sabem valorizar bem mais essa data.
    POr aqui, acho tudo meio forçado pelo comércio.

    Oi, Marie( será assim, o jeito certo de lhe chamar?)!
    Obrigada pelo prestígio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *