Dr. Bactéria, no meu banheiro?!…

Nan nani na não!
Mas imaginem se o tal doutor, fizesse uma blitz na casa de vocês…Quais seriam os lugares críticos? Geralmente, cozinha e banheiro são os de maior risco.
Muito cuidado: podem estar dormindo, comendo e tomando banho com inimigos invisíveis!
(Música de terror, ao fundo…)Aqui em casa, é cada “macaco no seu galho”: cada menino, no próprio quarto( um privilégio, nos tempos de hoje). Acontece que, o quarto do mais novo não tem banheiro (em compensação, tem varanda com vista para a mata) . Então, o banheiro dos adultos é compartilhado com ele.
Comecei a ter problemas com as escovas de dente: menino acabava misturando a dele com a nossa e depois, chegava a uma tal “promiscuidade” que nem eu sabia mais, quem era de quem! Cada semana comprava uma escova nova pra mim, só como garantia. Devem imaginar que isso não estava dando certo, né?…
Deixar as escovas expostas em cima da pia seria um hotel 5 estrelas para bactérias, lançadas ao ar, cada vez que damos a descarga no vaso. Dr. Bactéria já deve ter alertado sobre isso.
Se como eu, costumam compartilhar o banheiro, é bom não acomodar as escovas no mesmo lugar, sem proteção individual para as cerdas: podem servir de táxi para bactérias, de uma boca a outra.
E agora, então? “Quem poderá nos salvar?”…
A Dra. Joyce Mundim é cirurgiã-dentista, “freguesa” aqui da sala e, bem mais bonita que o Dr. Bactéria. Por isso, sugiro a vocês darem uma olhadinha nos cuidados básicos, que ela ensina ter com as escovas de dente.
Eu resolvi a questão de uma maneira bem simples:
Esses estojinhos individuais com ventosas, protegem as cerdas das escovas e impedem que se misturem, além de dar um toque divertido ao banheiro.Ufa!…Desse flagra eu tô livre…
(Deixa eu correr pra geladeira!…)

You may also like

18 Comentários

  1. Lá, aqui tb é cada um no seu canto, meu filho tem o quarto e banheiro dele, que ele teima em não usar, meu marido tem o banheiro dele e eu uso o da suíte só para mim, homens não são permitidos rsss, Dr. Escova, meu marido, é dentista e há polêmica sobre esse assunto, ele acha que por as escovas molhadas num ambiente fechado não é legal tb, ah, fica dificil assim né?? Eu nem vejo essas coisas de Dr. Bactéria, senão fico com muito medo….muito rsss, beijocas

  2. Achei super legal esse porta escova, mas acho que ele não vai ficar pendurado aí por muito tempo…Pelo menos aqui em casa essas cosas vivem caindo das paredes e espelhos, não sei se é muito úmido…beijos

  3. Preciso destes estojinhos urgente!!!! Sabe o que é isso?? Sabe, né!
    Tenho comprado escova para o filhote a cada duas semanas, pois além de detonar as cerdas, ele consegue sumir com as capinhas sem graça!
    Mas essas capinhas bonitinhas e com ventosa(ual!) são perfeitas! Ele ficará motivado e não poderá perdê-las.
    O problema é que nunca vi dessas por aqui.

    Laély, obrigada pela visitinha. Adorei! E…a voz do marido é doce sim! Graças a Deus!

    Bjocas,
    Ale

  4. Lá, aqui vc sabe que é 2 macacos em cada galho, quero ver qdo eles crescerem se não vão implicar.
    Adorei os porta escova com ventosas, muito fofos!
    OBS: Eu odeio aquele Dr. Bactéria…
    beijos

  5. O Dr. Bactéria não pode entrar aqui em casa não, senão vai mandar para o espaço o meu lindo porta-escovas de cerâmica com tampa de madeira, onde vivem confortavelmente várias bactérias e seres invisíveis. Mas acho que ele ficaria feliz com seu porta-escovas. Pelo menos se divertiria, porque são cuti-cuti.

  6. Laély, durante um bom tempo tinhamos (eu e o marido,Paco nao ta incluso.) porta escova assim de bichinhos,um belo dia o marido cismou de que nao queria mais, disse ele: onde ja se viu um homem de 1,90cm usando porta escova de ursinho, sapinho etc..

  7. KKKKK! Essa é boa, Susi! Mas pensando bem, a "ficha dele demorou a cair", né?…rsrs

    Luísa, acho que ele ia jogar no lixo, tanta "tranqueira que a gente costuma guardar e que alojam as terríveis: BAC-TÉÉERIAAS!

    Cynthia, se você o odeia tanto assim, é porque deve ter ter culpa no cartório…rsrs

    Alessandra, o risco é ele gostar e resolver arrancar da parede para brincar. ( Que bom que a voz do marido é agradável…rsrs)

    Flávia, acho que é porque a gente inventa, tenta, faz alguma coisa diferente.

    Fabi, estes porta-escovas estão no lugar, desde que os coloquei: precisa apenas aderi-los numa superfície lisa.

    Roberta, se gente não cuida pode ter pesadelos com isso, né?

    Os estojinho com ventosas podem ser procurados nessas lojas de coisinhas para a casa.

  8. Gente… achei que a escova devia ficar sem proteção para não embolorar! Que coisa! Vou tratar de arrumar uma tampinha para as la de casa…rs… Ah, também achei uma graça os seus porta escovas…rs
    Bjs

  9. Laély, adorei as dicas, vou rever coisas aqui em casa….Laély, mudei a cara do meu blog passe la e veja como ficou e comente, ah..qto a cortina de quadradinhos post com detelhes e se vc quiser pode postar ai no seu blog sim…mil beijos…Namaste…

  10. Laély… hoje depois de ler seu post criei coragem e me preparei psicologicamente pra encarar uma tarefa que andava empurrando com abarriga e com toda minha vontade… Agora o Dr. Bactéria pode chegar que os banheiros estão ok, limpinhos, reorganizados, cada coisinha em seu lugar, e eu… tô quebrada amiga… geladeira vai ter que esperar, os 3 banheiros quase me mataram…
    um beijinho
    Josi

  11. Lu, a ideia da sua cortininha não foi descartada, não. Qualquer hora, eu solto por aqui.

    Ai, Josi… só os cremes, guardados no armário do banheiro e que eu nunca usei, já dariam um bom mingau, pra bactéria nenhuma botar defeito!

  12. Oi querida!!
    Morri de rir sobre eu ser mais bonita que o Dr. bactéria, coisa que não é tão difícil, hehehehe.
    Obrigada pela força, adorei.
    Se quizer ver o sorriso dos famosos, passa lá.
    Bjus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *