"Carrinhos de bolso"

Technotrekos

Meu irmão tinha uma coleção de carrinhos de ferro quando pequeno, e os guardava numa maletinha-estojo. A coleção acabou se perdendo no espaço-tempo e ele não teve nenhum filho homem que pudesse herdá-la, além das suas duas meninas.
A ironia é que eu tive 3 meninos, mas nenhum deles se interessou muito por carrinhos.
A paixão por Legos, iniciada pelo mais velho, foi transmitida ao menino do meio e então ao caçula, respectivamente, sobrando a este último a incumbência de ser o “guardião das peças de Lego” da família. Já foi advertido a desempenhar bem esse papel, sendo cuidadoso com a “herança” dos seus netos.

Por isso achei nostálgico e simpático este projeto, confirmando nossa tradição de sexta craft aqui no blog, colhido lá no oh dee doh:

A bolsinha me fez lembrar uma outra que minha mãe fez, para meninas.
Pra não haver discriminação, imaginem poder levar esse estojo de menino a qualquer lugar que ele necessite de distração e vocês, de sossego!

Usando esse mesmo método, pra que possam se distrair no fim de semana enquanto viajam nas minhas viagens, convido-os a seguir a tutorial da bolsinha, no blog de craft homemade by jill. O PAP está em inglês, mas é só ligar a tecla SAP do PC, ou se deixar levar pelas imagens, que valem mais que mil palavras…
A tutorial para as viagens é por aqui mesmo, no fim de semana.
Aguardo vocês, de mãos ocupadas…

You may also like

29 Comentários

  1. Muito bacana mesmo,meu filho adora carrinhos,e acho lego muito gostoso de brincar.Ainda mais hj em dia que os legos são cheios de novidades…Muito bacana o estojo,e aquele painelzinho pra guardar os carrinhos é tudo de bom! Amei seu post!!!Bjs e ótimo findi.

  2. Acho tão legal essa coisa de herança. Poxa, pena que não guardei nada da minha infância, mas essa história com seu sfilhos é muito bacana. bjs

  3. Coisas tão fofas, Laély!!!! Eu tenho duas irmãs, mas meu pai era tão fanático por ter um trenzinho, o que não era possível na infância dele, que uma vez nos deu um Ferrorama como presente de Natal. Não ficamos muito animadas, mas ele adorou! Queria brincar com a gente toda hora, rsrsrsrsrs! Bjs!

  4. Acho que é uma ideia bacana pra fazer e vender, quem não tem menino, ou passou da fase.

    Kátia, eu ri muito com essa história do seu pai. É coisa de infância mal resolvida, mesmo.

    Rapha, o Hulk tá meio jururu, ainda. Mas ele vai se recuperar, porque é um forte, brasileiro, que não desiste nunca!…

  5. Laély, adorei, meu pequeno ama carrinhos e nossa, ele ia amar isso para levar para tudo que é canto, ele leva na mão e volte e meia acaba perdendo rs, quem fizer me avisa, eu compro!!! beijocas

  6. Meu irmão tinha uma coleção de carrinhos, que ele guarda até hoje e ele tem 48 anos…legal né?
    Meus filhos, também, colecionam carrinhos de ferro…cada um, mais lindo que o outro.
    Beijo:)

  7. adorei esse porta carrinhos. Pena que nem em sonho todos os carrinhos do meu filho caibam nele.
    Mas vale pra escolher uns mais bonitinhos pra decorar o quartinho dele.
    Amei, to salvando a foto pra futuros plágios.
    Bjs

  8. Laely, como me lembro dos match box e meu sobrinho de 33 anos tb colecionava e uma vez minha irmã o pegou jogando os carrinhos pela janela do quarto andar, onde moravam. E olhe que eles eram de ferro mesmo poderiam ferir qualquer pessoa que passasse lá embaixo. Hj o sobrinho dele de tres anos coleciona hotwhells, que não são tão pesados! Mas esse primeiro porta carrinhos eu achei genial e não parece tão difícil de fazer!!!bjs

  9. Muito lindo, mas o meu, como os seus, não é muito chegado em carrinhos. Tem vários, mas gosta mais do Lego e dos "hominhos". Ah, se lhe derem uma corda, um barbante, um pedaço de fita, ele logo mostra sua vocação para escoteiro. Bjos!

  10. Alo,Laely!
    Engraçadas são estas estórias de brinquedos…O meu irmao do meio sempre foi maluquinho por carrinhos de ferro,e como o seu irmao,tambem colecionava um monte deles…E adivinhe só…A coleção dele tambem se perdeu no tempo, e mesmo que ela existisse, ele tambem só teve 2 meninas! Por outro lado,apesar de eu ter 2 meninos aqui em casa,eles tambem não ligam muito pra carrinhos e ambos adoram legos ou ¨bonecos de ação¨,na linguagem do meu filho mais velho ( hoje ele ja está com 13 anos e abandonou os tais bonecos de super herois )…
    Lembrei-me tambem de um coleguinha dos meninos que chegou a ter quase 300 carrinhos em sua coleção!
    O mais interessante é que o meu irmão adora carros até hoje…Só que os de verdade!Mesmo sem a sua coleção antiga de carrinhos,acredito que ele guarda até os dias atuais a sua paixão infantil! Quando tem uma feira de automóveis antigos ou coisa parecida, ele sempre dá um jeito de ir…Continua colecionando os seus carrinhos, só que de um outro jeito…Com os olhos e o coração!
    Por isso concordo quando dizem que brincadeira de criança é coisa séria…
    Um abraço do meu coração de criança para o seu !
    Teresa

  11. Nanci, estava tentando lembrar o nome dos carrinhos e eram esses mesmos, Machtbox.
    Pelo peso, eram verdadeiras armas na hora de um destempero, mas devo ter sido uma irmã boazinha, pois nunca levei um desses pelas ventas.rsrs

    Parece que menina tem mais opções de brinquedo, né Teresa?
    Mas o meu menino passa uma tarde brincando com os seus bonequinhos de Lego e fazendo cenários. Vai dizer que isto não é sério?!…

  12. Lá, eu nem tinha visto seu post ainda, mas a Roberta já me passou o link e o desafio de fazer pro filho dela, vou tentar, depois mostro ( se der certo lógico rs… beijos

  13. Meu filho mais velho era apaixonado por esses carrinhos, guadou td. até que nasceu o segundo e destrui um por um.
    A gente fala disso até hoje!
    Adorei a idéia da bolsinha ficou um mimo só!
    bjk

  14. Quando eu penso em lego,ja me vejo de bumbum pra cima tentando ajudar uma certa garotinha de 4 anos arteira a guardar as suas 1000.0000.000 peçinhas coloridas espalhadas pela casa….e um passeio de recolhimento….de legos claro..rsrsrsrs
    Beijim
    Deusa
    vasinhos coloridos

  15. oi amiga
    que saudades
    sabes que te amo também né?
    menina adorei as fotos da sua "Santorini", um luxo.
    também não sou muito de astrologia não, nem leio no jornal, mas as vezes nem me acho canceriana não,rsrs
    e você é uma fofa.
    eu estou por aqui aproveitando que meu computer quis funcionar,rsrs
    te amo
    beijos
    e cheiro nos seus meninos viu?
    lembranças para maridon
    beijos

  16. Oi querida
    Desculpe-me so' agora vi a tua duvida.

    Para fazer a receita com a ervilha dura, primeiro voce tem que cozinha-la, quando estiverem tenras, retire do fogo, escorra e acrescente ao caldo de legumes. Tempere com sal e pimenta-do-reino e adicione as folhas de hortelã e prossiga com o final da receita.
    Bjos e boa sorte
    Léia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *