"Bastardas, em glória"

Eu sou do tempo, em que o slogan das chinelas Havaianas, era:

“As legítimas, as únicas que não deformam, não têm cheiro e não soltam as tiras”. Recomendação, do próprio Chico Anysio.

A chinela de borracha foi criada em 1962 ( portanto, algo “mais clássico” que eu!), “inspirada numa típica sandália japonesa chamada Zori, feita com tiras em tecido e solado de palha de arroz, usadas com kimono. Por esta razão, o solado de borracha de Havaianas possui uma textura que reproduz grãos de arroz”, vocês sabiam?! Eu, também não. Descobri, lá no blog Comunicação Publicitária, onde poderão aumentar a cultura chinelística sobre este, que é o mais vendido no Brasil e agora, artigo fashion e disputadíssimo, também no exterior.

Já existe até boutique de chinela que “põe no chinelo”, muita loja de calçado chique por aí!

Há tantos modelos “ilegítimos” hoje em dia, mas que também: não soltam as tiras, não deformam e não dão cheiro! E, principalmente, também são lindos!

Não adianta. Mulher nasceu com alma de centopeia. Até o momento, ainda não conheci nenhuma que não gostasse de sapatos. Minha paixão é ainda mais democrática! Aceito na família, novos modelos de chinelos de borracha, que encontro sem donos, por aí.

Aqui, alguns dos meus:Em sentido horário, começando em cima:

-Floral com tiras de silicone, da Cantão;

-Listrado multicolorido, da New Order;

-Padrão clássico, da Lacoste;

-Vermelho com poá, da Dupé;

– Zebra fashion, “não-sei-a-marca”.

A Uncle K está lançando a sua versão, numa embalagem bem original, já pensando nos presentes de fim de ano: A família cresceu…

Alguém aí, quer uma?…Não, não. Estas, já têm dona.

Agora, se desejarem uma exclusiva, a Carmem Rubim ” é gente que faz”:

Inclusive, promoção!

É só clicar na imagem para saber como é possível ganhar uma, no blog dela: Participem da campanha: “Adotem uma sandália sem família!”

Boa sorte, pra nós!

( O título do post foi um trocadilho com o filme “Bastardos Inglórios”)

You may also like

10 Comentários

  1. mas aqmiga você é querida você é chique até nos pés,rsrs
    adoro havaianas, engraçado quando era pequena chorava porque era nosso unico calçado e agora pra eu conseguir comprar uma é um sacrifício por causa do preço, ai ai eu era chiques e nem sabia.kkkkkkkkkk
    beijos

  2. Oi Lá
    Muito obrigada por estares participando da minha promoção!
    Este é um momento muito importante para mim.
    Me sinto honrada( eu e minhas bastardinhas rss) de estar aqui na tua sala hoje.
    Fico muito feliz de poder contar contigo.
    Apesar de nossa amizade ser virtual, te tenho grande apreço e admiração.Notá-se a mulher sensível e inteligente que és.(entre outras cositas más)
    Sou tua fã incondicional.
    Adoro tuas dicas, teus posts…
    Enfim…agradeço mais uma vez, e me coloco à tua disposição para o que precises, sempre.
    E não esquece de dizer o número que tu calças.rsss
    Boa Sorte!!!
    Big beijo amiga

  3. Carmem, apesar de virtual, percebo este carinho que me tem.
    Um beijo! Você merece sucesso!

    Eliene, no meu tempo, havainas eram calçados dos mais pobres.

    Oi,Susi! Sei que você gosta, também.

  4. Oi Laély
    Não sabia nada a respeito da criação das sandálias, achei legal o histórico.
    Fiquei olhando para os detalhezinhos "grãozinhos de arroz" da minha e recordando a história.

    Quanto ao convite para o filme, me avise quando for, farei o possível p/ ir, ok?

    Bjs.

  5. Querida,
    acho que sou sua contemporânea porque me lembro desse slogan ou chamada do Chico Anysio!
    Tem que ver como as havaianas são caras no Japão!! Aqui são chics!
    Só compro quando volto ao Brasil.

    Fiz um post sobre biscoitinhos com carinhas. Acho que seu filho menos vai gostar. a receita é da Martha Stewart que nós adoramos, né?
    bj

  6. Laély, por incrível que pareça, as havaianas, é um dos produtos nacionais que pra nós tem um preço digamos justo, e na Europa, USA, Canadá, o preço é altíssimo e badaladíssimo. O pessoal desses países vai pras baladas de Havaianas! Qdo meu filho ficou seis meses no Canadá eu tratei de comprar alguns pares pra ele presentear a "mãe" e os amigos que fizesse por lá! Mandei algumas com a nossa bandeirinha. Foi um presentão pra eles, e, pra mim, o custo não foi nad alto.
    bjs e Parabéns pelo post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *