Quartos coloridos

O plantão do JN informa: nada de sol, por enquanto! O tempo continua com muita chuvinha de vento e neblina.
Mais um bom motivo para mostrar estes quartos coloridos, irresitivelmente alegrinhos:
ohdeedoh
Bagunça arrumadinha:

share some candy
Um arco íris dentro de casa: Remodelista
( Clique na imagem para ampliá-la)
O plantão se despede por aqui…
Leia Mais

Notícias de futilidade pública

(Musiquinha do Jornal Nacional ao fundo, para as novidades mais sabidas nas últimas semanas!)
“tchanraram ram ram ram”…
Design Sponge
( Laély Bonner, ou LaBernardes)

20:00h
Boa noite!
O site Barra Doce vende acessórios para confeitaria, incluindo fôrminhas para o bolo mais fofo do momento:
Estou com alguns planos para o aniversário do pequeno, mas como será esta semana, farei o que o tempo me permitir.
Se tivesse descoberto a loja virtual antes, teria encomendado estas fôrminhas:

20:05h
Acaba de chegar às gôndolas dos hipermercados da vida, a primeira fornada do pão mais fofinho, mais úmido, mais cheiroso e mais esperado do ano!: “Assim não pode! Assim não dá!” Como é que eu vou emagrecer desse jeito?!
20:06h
A revista Veja da semana passada( 21 de outubro), na seção Gente, mostrou dona Marta Suplicy, de biquininho tomara que caia,”relaxando e gozando”*durante o feriadão:(*Perdão pelo trocadilho infame, mas não pude resistir em repetir aqui, o que se noticiou por aí!)
Isso não é novidade, mas o comentário mais interessante que li a respeito, foi de um leitor de BH, Cláudio de Oliveira da Rocha, na seção de cartas da Veja.
Sobre o biquini “tomara que caia” descrito pela revista, ele escreveu:
“Veja errou. O biquini da companheira era do modelo “tomara que não caia”.
(Pausa para os risos…)
(Se a dona Marta tivesse lido
esse post, talvez não teria passado por esse mico jornalístico. Mas, pensando bem: mico, é com ela mesmo!)
Para não perder a viagem, dá uma lidinha na entrevista do ex-ministro Paulo Renato, agora secretário de Educação de SP, nas páginas amarelas da Veja. Ele fala de corporativismo e meritocracia na educação.
20:10h
E agora, para meditarmos nesse fim de semana prolongado, uma “pergunta que não quer calar”:Você( minha amiga de fé, minha irmã, camarada!) pediria a alguma “amiga” com nome de planta, para acompanhar um marido com nome “caliente”, enquanto estivesse trabalhando, ou lendo este noticiário inútil?!… Não me responda, eu sei! Também acho que seja tudo armação!…
(Aproveita, levanta dessa cadeira e vai ver o que ele anda fazendo!)
(Ahm? Não entendeu nada?! Então, leia isso aqui!)
20:15h
Boa noite!
( Sobem os créditos, enquanto a musiquinha toca: “tchanram ram ram…”)
Leia Mais

"O sertão vai virar mar"…



FFFFFOUND!

Há dois dias não para de chover por estas paragens.

Depois de ficar por 6 meses ( ao todo!) sem o carro, por conta de 2 “inundações” no motor, ocorridas no início e final do último verão, tomei trauma de dirigir na chuva! Amarelo, toda vez que vejo uma pocinha d’água na estrada! Tudo bem, a gente supera isso. Difícil era superar o calor abafado que estava antes!

Se o sertão vai virar mar?!…Espero que não!

Então,”deixa chover, deixa a chuva molhar!”…, lembrando o jeito esgoelado do Guilherme Arantes cantar!
Para que não fiquem deprimidos, porque eu mesma adoro chuva( fora do carro!), cantarolo aquela musiquinha dos Beatles:
Tá bom, tá bom! Não precisam chorar com a minha interpretação inesquecível! Lembrem-se que isto aqui pode inundar de tanta lágrima de emoção! E se vier mais água, tô fora! Prometo parar, antes que naufraguemos!
Com todo esse dilúvio, eu só queria emprestado um tal submarino, só pra me garantir…“We all live in a yellow submarine

Yellow submarine, yellow submarine”…
Ok, Ok! Admito que sou péssima, cantando em inglês! Até debaixo d’água( ops! debaixo d’água, não!)! Só por isso, eu desisto! (Não precisa agradecer também, né?!)
Mas, se do lado de fora é tudo cinza, here come the Sun! E olha, que são cores que combinam muito bem!

Duvidaram da minha astúcia?!
Eu provo:

Amarelo acende qualquer ambiente, mesmo a conta-gotas!

Eu provo:



The Selby

Levanta qualquer móvel antigo!

Eu provo: sfgirlbybay

De novo, de novo!

E, novamente, cinza e flúor:
Living Etc

Aprovaram?!
Quanto à chuva, não precisam se preocupar*:
(*Há previsão de chuva até a próxima terça)

Mas assim que sair um solzinho:

“Somewhere Over The Rainbow
(Podem aguardar o lançamento desse mais novo trabalho, pela Tabajara Records. Mas sentados, pra não cansar!)

( Como já me escreveu um comentarista anônimo, eu adoro um chavão e clichê, mesmo!)

Leia Mais

"Maria Vai com as Coisas"

Momento nostalgia, provocado pelo blog Manuelices, da Manu Demonti. Tem promoção por lá, com o sorteio de um caderninho muito cute, muito lindo, muito sabor de infância, no caso, a minha: tempo da coleção Mundo Infantil!
Eu não conhecia, mas fui apresentada à Maria Vai com as Coisas( amei o nome!), que tem lojinha virtual oferecendo estas fofurices:
Ai, mas que pena que eu já passei da idade de usar uma sainha dessas! Também não tenho menininha pra enfeitar com isso! Fica a dica, para as mães de princesinhas.
O caderninho a ser sorteado será parecido com este, com jeitinho de história infantil antiga:

Como eu não sou boba, tratei de me garantir e, além de participar do sorteio, encomendei o meu, pra não depender de só da sorte.
Para participar, é só clicar no link do Manuelices, acima.
Boa sorte!
Leia Mais

Coisa de louco!…


( Laély J. Lewis, numa de suas experiências malucas!)
Ando envolvida na montagem de um quebra-cabeças:

Resolvi mudar a disposição dos quadros da sala, acrescentando mais imagens e molduras. Julguei que seria fácil afinal, achava que entendia do assunto após ter visto tanta coisa bonita por aí:
A Lucila, do Casa de Valentina, mostrou alguma disposições de quadros e molduras na parede, aqui.
A Vivianne, de( coeur)ação, encheu-nos de ideias com as suas paredes cheias.
Como uma estagiária em fim de curso, corri a colocar em prática o que aprendi, toda confiante!
Bem que a Susi avisou que a tarefa era mais complicada!…
A minha sala está de pernas pro ar, ou melhor: na chon! A empregada chega, olha de banda pra mim…”Desculpe o transtorno, estamos em obra!”, penso em justificar, mas não adianta! No outro dia, já troquei tudo de lugar novamente! Sinto-me uma cientista maluca no seu laboratório, fazendo as suas experimentações! ( Só pra não admitir minha incompetência!…)
“Calma, calma, não criemos pânico!”, como diria o Chapolin Colorado.
Os entendidos( mais entendidos que eu!) recomendam colocar os quadros lado a lado, antes de furar a parede, e ir trocando as posições até encontrar a composição mais harmoniosa e, não! não fazer como eu fiz: dando uma de carimbador maluco , saindo por aí furando a torto e à direito( mais torto, que direito!)!
“Plunct Plact Zum
Não vai a lugar nenhum!!” Bem que Raul me avisou!…
Peço ajuda aos universitários e admito precisar de mais pesquisa de campo.
Adquiri há pouco, uma edição maravilhosa da Casa Cláudia que lhes recomendo:
“70 Ideias Inspiradoras de Decoração”
Garanto-lhes que o título procede. Darei alguns exemplos:
Quem disse que não se pode exibir fotos pessoais pela casa, está desatualizado.
Neste hall de entrada, fotos da família formam um delicado mosaico de recordações:
Molduras antigas e modernas, tamanhos e formas variadas porém, dispostas uniformemente, delimitando a área do aparador.
A parede, ao lado da cabeceira da cama da artista plástica Fernanda Abdala, ganhou uma cor terrosa e uma composição diferente, feita com molduras trabalhadas: Aqui, um corredor transformado em galeria da fama pelos arquitetos Antônio Ferreira Jr. e Mauro Celso Bernardes: O Antônio Ferreira Jr. já foi motivo de um post especial, aqui.
Voltando à vida real, algumas das minhas experimentações: Já cheguei à conclusão que preciso deslocar essa luminária de parede para outro lugar.
Mudei a posição dos quadrinhos na entrada: Mandei fazer esse, de fundo azul.
Podem acreditar: isso é uma daquelas placas de vidro, usadas na cozinha para cortar temperos ou frios; encontrei no Carrefour. Achei tão delicada! Lembra ladrilho antigo.
Escrevi o início da oração de São Francisco, pois considero uma frase relevante na minha vida:

A escada em frente, que dá para os quartos, comecei a preencher com quadrinhos, também: Como sou apaixonada por árvores que florescem, comprei um jogo de postais de algumas mais belas, durante nossa última visita ao Jardim Botânico, no Rio: A escada, vista de cima: Ganhei esta ilustração antiga de anjo de uma freira, no hospital onde trabalho.

Emoldurei postais de alguns pontos turísticos de Vitória, feitos em bico de pena, porque também aprecio desenhos: A foto do por do Sol foi tirada no mirante do Caravaggio, aqui em Santa Teresa.
A Lululinha também resolveu fazer experiências e montou esta meia-parede na sala dela: Achei tão simpática que acrescentei aqui: Enquanto a minha, ainda está em fase de testes…
Quando sair do laboratório, mostro pra vocês.
Ainda não sei o que vai dar…
Leia Mais