Passeio no restaurante…

O Sala da La, saiu ontem para mais uma reportagem de rua ( agora, que não precisa mais de diploma de jornalista, tô me achando!) e, conforme prometido no post anterior, mostrarei o resultado desta que foi uma tarde agradável, no restaurante da amiga Kamila.
Já mostrei a casa dela, muito fofa,
aqui e aqui. Quem ainda não viu, vale dar uma passadinha por lá, para conhecer um pouco mais do estilo da moça.
Com tantos talentos, ela nem precisava ser tão bonita, mas acontece que é ( tem gente, que nasceu com…virado para a Lua).
O pequeno restaurante, em Santa Teresa, que ela “toca”, junto com o marido, já foi matéria no jornal do estado e você poderá conferir, aqui: Terra dos colibris e da boa mesa, A Gazeta( 03/07/2009 ). Eles reformaram e adaptaram uma casa antiga, numa das ruas principais de Santa Teresa.
O Café Haus tem jeito de casa. Jeito da Kamila, que cuida pessoalmente de cada detalhe: da decoração do salão à apresentação dos pratos, com o mesmo capricho que cuida da própria casa.
Aqui, a fachada, de um vermelho vibrante:
Esta foto da chef e chefe, com um dos pratos da casa, foi manchete do caderno Prazer&Companhia do jornal A Gazeta, do estado( matéria, no link acima):
Aqui, o prato apresentado: costela de cordeiro, com risoto de banana nanica:
Logo à entrada, uma varandinha, para quem quiser colocar a conversa e dia, enquanto aguarda o prato:
Se preferir ler, a cadeirinha antiga serve de prateleira, para revistas de decoração e o jornal do dia:
A lareira, e os detalhes em cima da lareira, em um dos salões:
Há sempre um enorme vaso, com generosas flores, recebendo os clientes:
Os cardápios foram customizados com chita, pela própria Kamila:
Parede de tijolinhos à vista, com prateleira de delicadezas, e quadrinho de aquarela:
Mais tijolos e pratos à mostra:
A lousa para sugestão de cardápio, ganhou moldura de chita:
Bolsa de palha com flores desidratadas, foram parar na parede:
A porta do banheiro feminino ganhou ilustração de mulherzinha:
Detalhe do interior do banheirinho( tenho um pôster de criança igual, no meu lavabo):
A capa de um LP antigo, virou quadrinho bem humorado no banheiro:
Outro ambiente, com mesas cobertas por toalhas de crochê coloridíssimas; treliça para plantas ao fundo:
Detalhe no teto: varas de bambus, reforçam o ar de rusticidade.
Na entrada para o outro salão, um sofazinho convidativo:
Detalhes na porta( reparem a chave e o pingente!):
Paneleiro antigo, parecido com o da vovó:
Mais uma lareira:
O salão auxiliar:
Aos fundos do salão, mostrado acima, construíram uma adega climatizada:
Detalhe da porta da adega: a maçaneta de ferro, encomendada pela própria Kamila, constrasta com o moderno termômetro digital.
Interior da adega( close, nos ladrilhos do piso):
Um cantinho romântico, em frente:
Mais ladrilhos:
Detalhe do quadros:LPs antigos.
Vasos de barro:
Fotos antigas, de parentes do marido:
Cantinho, embaixo da escada que leva para o mezanino:
Escada que leva ao mezanino, sobre a adega:
Cantinho mais reservado:
O mezanino tem até varandinha. Que romântico…E olhem o casalzinho, aí:
Aqui, é pra babar, pois ela pendurou dois lustres maravilhosos como este, no pequeno mezanino:
Nenhum espaço é desperdiçado, inclusive, perto do telhado:
Latinhas antigas servem de decoração:
E agora, acabou-se o que era doce.
Aliás, dessa vez não fui ao restaurante para comer. Apenas, para registrar e dividir todo esse bom gosto com vocês.
Espero que tenham gostado!
Ciao!

You may also like

31 Comentários

  1. que luxo esse restaurante. Melhor, serve pra comer e tambem pra passear admirando todos os detalhes.
    Sabe que olhando as fotos vi a prateleira de delicadezas e pensei nos teus porta copos (os vintage) transformados em porta retratos numa prateleira nesse estilo?
    Nao ficaria legal?
    vou voltar pras fotos pra apreciar de novo. amei.

  2. Sensasional! Que bela reportagem. Digna de uma Vogue francesa!
    O restuarante é lindo, a faxada é maravilhosa, as toalhas de crochê (copiei na hora) estou no meu momento totalmente vintage. Ela soube armonizar o rustico com o retrô, os ambientes são repletos de detalhes de extremo bom gosto.

    Agora o visual dos pratos e o cardápio não tenho palavras.

    Assim que terminar minha obra devo estar indo para o Rio e com toda certeza vou conhecer esse deslumbre.

    Parabéns, parabéns e parabéns!
    Mandou super bem amiga!!!
    bjk e boa semana

  3. menina, que restaurande mais lindo é esse???
    aqui em recife tem restaurantes assim, lindos e cheios de charme, mas esse está demais…..deve ser muito gostoso almoçar ai….
    quanto ao seu posto sobre seu aniversário de casamento li sim… eu leio sempre o seu blog minha querida, e queria ser assim como você, escrever tão bem, não ando comentando muito,pois estou trabalhando fora, chego tarde em casa, ainda tenho que colocar a vida da casa em ordem, e tentar fazer minhas … então venho por aqui… e não consigo comentar como gostaria….
    ooohh laély, minha irmã é linda mesmo… e tão amiga… tão carinhosa… sinto saudades dela d+++… não mora perto de mim….
    um grande beijo pra você.
    com carinho
    telma

  4. Se eu gostei????
    Eu ameeeeeeeei!
    Que espaço mais encantador, e pelo pouco que ví, o cardápio dispensa comentários… maravilha total!
    Adorei cada detalhe, cada cantinho…
    Espero, quem sabe, um dia poder conhecer!
    Amei o post, arrasou!
    Bjs

  5. Que delícia de lugar,que maravilha de estilo,estilo de vida…
    Amo esse estilo…Sempre tive vontade de largar tudo aqui em São Paulo e ir para um lugar bucólico,pequeno e charmoso e olhando essas fotos,me deu mais vontade…

    Você está de parabéns,já é a Jornalista,trazendo esse lindo restaurate com imagens tão maravilhosas…
    Beijos
    Nani

  6. rsrs! Obrigada, Nani! Como eu descrevi no post, já tô "me achando"… A verdade é que, quem conhece Sta. Teresa, se apaixona! Embora conheça SP, nem pensaria trocar isso aqui por uma cidade grande! Nossa! Vitória, já me estressa!

    Lú: fico feliz que tenha gostado! Opinião de especialista. A Kamila é muito detalhista e nessas coisas, lembra você.

    Telma, é sempre um prazer quando comenta, pois me sinto acarinhada com suas palavras positivas.

    Concordo com você, Cynthia: o principal do restaurante é o aconchego, além da simpatia e charme do Carlos, o marido da Kamila( que ela não me ouça, mas ela sabe disso. rsrsr!). Esqueci do princicipal, que é a boa comida!

    Yvone: eu admiro a capacidade da Kamila de misturar um monte de coisas e conseguir harmonizar tudo. Acho, que é o toque de chef.

    Margaret: prazer em recebê-la por aqui. Sabe que tenho uma prateleira igual a dela, mas está mal aproveitada? Tô pensando no que fazer…

  7. Oi Laély.
    Estive no Rio de Janeiro, mas estou em Natal.Adoraria ter encontrado vcs, mas agora já estou por retornar a Blumenau.
    Amei cada cantinho, decoração de gente atrevida (mistura tudo e dá certo) A-DO-RO!!!
    Bom gosto, aconchegante, acolhedor.
    Decoração de quem é muito bem resolvida e feliz.
    Lindo!
    Amei!!!

  8. Laély,
    que restaurante maravilhoso!!!
    Dá uma vontade de ir passear, sem ter hora para voltar…
    Adorei o post!!!
    Os passarinhos do meu móbile foram feitos com tecido, o americano cru e dei destaque com linhas de crochê colorida.
    Que bom que você gostou da dica dos quadrinhos.
    Beijo carinhoso:)

  9. Maravilhoso tudo, um lugar muito aconchegante para um almoço ou jantar a dois…só o q não gostei no meio de tanta coisa linda foi a lousa escrita a giz,talvez uma sugestão p sua amiga. Fora isso todos os detalhes foram perfeitos.
    bjs

  10. Rosi: a lousa, não fica na cozinha, nem junto às mesas. Não veria problema.

    Carmem: do Rio até aqui é um "pulinho", mas Natal, já fica um pouco longe. Tá passeando, hein?

    Ah, Patrícia…. a Kamila tem uma coleção de galinhas.

    Obrigada, Luci!

  11. Senti como se estivesse em casa.
    Todos os detalhes me encantaram.
    Achei maravilhosos os toalhas de crochet, os bambus no teto, enfim gostei de todos os detalhes.
    Imagino o cardápio delicioso!
    Descobri seu blog hoje. Muito bacana!
    Um abraço mineiro

  12. Laely, veja só, eu acho lindo as fotos, o lugar é bem cuidado. Parabens. Sabe na minha cidade tem uns restaurantes assim, pra quem é alternativo, gosta desse tipo de visual, passam a impressão que são bonitos e acessíveis, mas qual o que, tem aquela decoraçao reciclada, reaproveitada, praticamente um patchwork visual e quando a gente vai pagar a conta. Jesus, nem na França cobram taão caro. Fico meio indignada. Isso me incomoda um pouco nesse tipo de restaurante. Porque se é pra cobrar o olhos da cara a gente vai comer em um lugar "chiquenourtimo". Será que estpi errada?? Você já teve essa impressão? Um abraço a vc. Cris Massa

  13. Muito bonito. Amei especialmente os discos em moldura. Beto Guedes…adoro. Mas deve dá um trabalho manter tudo isso limpo e organizado!? Beijocas!

  14. Oi Laely, sou leitora do teu blog ainda que não tenho um. Achei lindo as fotos, sua amiga é de um bom gosto tremendo. Parabéns pra ela.
    Detalhe, algumas meninas estão pensando que se trata de Santa Teresa, Rio de Janeiro. Não é não galera, eu moro em Santa Teresa, aqui no Rio e sei disso. Sugiro que leiam a matéria da Gazeta que verão que se trata de Santa Teresa no Espírito Santo.
    by

  15. Oi, Anamineira! Seja muito bem vinda!

    Carol: 'brigadinha pela lembrança!

    Cris, acho o seguinte: eu cozinho até bem e a minha família prefere e acha mais cômodo comer em casa. Acontece que há dias em que você não está a fim de ir pra cozinha, ou, tem compromisso de trabalho e o tempo não permite, e eu, só sairia da minha casa para comer fora, se fosse num lugar bacana e comida melhor que a minha, ou, pelo menos, no mesmo nível. Se é uma coisa rápida, só pra forrar o estômago, até vou a self service( e há muitos bons), mas vou reclamando( interiormente). Qualidade a gente paga, embora concorde, que tem gente achando que estamos rasgando dinheiro. Mas, afinal, esse é um acontecimento que não dá pra repetir toda semana. Ainda mais, família grande como a minha. O propósito do post não foi discutir valor, mas mostrar algo que eu achei iteressante, como você mesma descreveu tão bem: um "patchwork visual" e eu sou uma dessas que reparo tudo!

    Taia: deve dar um trabalho, mesmo!

    Miriam: bem lembrado! Esqueci que tem lugar homônimo no Rio. Obrigada!

    Helena: é bom que seja desse jeito, mesmo. Já pensou, se fosse outra coisa?!…rsrs

  16. nossa, amei este lugar e vou visitar! (moro em Vitória)
    Até passei um dia do meu último feriado em Santa Teresa, mas sem tempo de ver muita coisa.
    E adicionarei seu blog aqui pq adorei tb!
    beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *