Passeio no restaurante…

O Sala da La, saiu ontem para mais uma reportagem de rua ( agora, que não precisa mais de diploma de jornalista, tô me achando!) e, conforme prometido no post anterior, mostrarei o resultado desta que foi uma tarde agradável, no restaurante da amiga Kamila.
Já mostrei a casa dela, muito fofa,
aqui e aqui. Quem ainda não viu, vale dar uma passadinha por lá, para conhecer um pouco mais do estilo da moça.
Com tantos talentos, ela nem precisava ser tão bonita, mas acontece que é ( tem gente, que nasceu com…virado para a Lua).
O pequeno restaurante, em Santa Teresa, que ela “toca”, junto com o marido, já foi matéria no jornal do estado e você poderá conferir, aqui: Terra dos colibris e da boa mesa, A Gazeta( 03/07/2009 ). Eles reformaram e adaptaram uma casa antiga, numa das ruas principais de Santa Teresa.
O Café Haus tem jeito de casa. Jeito da Kamila, que cuida pessoalmente de cada detalhe: da decoração do salão à apresentação dos pratos, com o mesmo capricho que cuida da própria casa.
Aqui, a fachada, de um vermelho vibrante:
Esta foto da chef e chefe, com um dos pratos da casa, foi manchete do caderno Prazer&Companhia do jornal A Gazeta, do estado( matéria, no link acima):
Aqui, o prato apresentado: costela de cordeiro, com risoto de banana nanica:
Logo à entrada, uma varandinha, para quem quiser colocar a conversa e dia, enquanto aguarda o prato:
Se preferir ler, a cadeirinha antiga serve de prateleira, para revistas de decoração e o jornal do dia:
A lareira, e os detalhes em cima da lareira, em um dos salões:
Há sempre um enorme vaso, com generosas flores, recebendo os clientes:
Os cardápios foram customizados com chita, pela própria Kamila:
Parede de tijolinhos à vista, com prateleira de delicadezas, e quadrinho de aquarela:
Mais tijolos e pratos à mostra:
A lousa para sugestão de cardápio, ganhou moldura de chita:
Bolsa de palha com flores desidratadas, foram parar na parede:
A porta do banheiro feminino ganhou ilustração de mulherzinha:
Detalhe do interior do banheirinho( tenho um pôster de criança igual, no meu lavabo):
A capa de um LP antigo, virou quadrinho bem humorado no banheiro:
Outro ambiente, com mesas cobertas por toalhas de crochê coloridíssimas; treliça para plantas ao fundo:
Detalhe no teto: varas de bambus, reforçam o ar de rusticidade.
Na entrada para o outro salão, um sofazinho convidativo:
Detalhes na porta( reparem a chave e o pingente!):
Paneleiro antigo, parecido com o da vovó:
Mais uma lareira:
O salão auxiliar:
Aos fundos do salão, mostrado acima, construíram uma adega climatizada:
Detalhe da porta da adega: a maçaneta de ferro, encomendada pela própria Kamila, constrasta com o moderno termômetro digital.
Interior da adega( close, nos ladrilhos do piso):
Um cantinho romântico, em frente:
Mais ladrilhos:
Detalhe do quadros:LPs antigos.
Vasos de barro:
Fotos antigas, de parentes do marido:
Cantinho, embaixo da escada que leva para o mezanino:
Escada que leva ao mezanino, sobre a adega:
Cantinho mais reservado:
O mezanino tem até varandinha. Que romântico…E olhem o casalzinho, aí:
Aqui, é pra babar, pois ela pendurou dois lustres maravilhosos como este, no pequeno mezanino:
Nenhum espaço é desperdiçado, inclusive, perto do telhado:
Latinhas antigas servem de decoração:
E agora, acabou-se o que era doce.
Aliás, dessa vez não fui ao restaurante para comer. Apenas, para registrar e dividir todo esse bom gosto com vocês.
Espero que tenham gostado!
Ciao!

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *