Teias da inspiração


FFFFOUND!
Quando casei, a única coisa diferente que sabia fazer, era bolo de cenoura. Visita que costumava ir pra minha casa, já ficava até enjoada de comer sempre a mesma coisa.
Lá se foram 21 anos e o bolo de cenoura, ainda continua sendo campeão de audiência entre os meninos da casa, mas consegui aumentar a minha cultura culinária( um pouquinho). Tudo na vida dá pra melhorar, bastando interesse e empenho, não é?
Qualquer dia, conto como começou a minha paixão por decoração, porém, bem antes de resolver ter o meu próprio blog, quando buscava ideias para pequenas reformas na casa, descobri na internet, uma fonte inesgotável de inspiração. No grupo dos blogs nacionais, pelos quais me apaixonei de cara, estavam o de(couer)ação , o Studio da Lú e a Casa da Chris. Juntamente com outros gringos, estes blogs me fazem sonhar, até hoje, e foram motivo de inspiração para ter o meu próprio blog. Resumindo: precisamos de boas referências, pra nos estimular a transformar desejos em realidade.
Desde então, tenho me aventurado por esse mundo virtual, “conhecendo” pessoas tão interessantes, talentosas, inspiradoras…Isso é uma máquina que se retro-alimenta: recebemos/ damos/ recebemos de volta, mais ainda!
Sinto-me privilegiada e enriquecida, por ter a oportunidade de conhecer pessoas tão especiais, que fazem parte do meu dia-a-dia, mesmo que virtualmente. Há respeito, admiração e tenho aprendido muito!
Há algum tempo, vendo um bonequinho de pano que a Vivianne-de(coer)ação fez, mostrei para ela alguns que fiz, com ajuda da minha mãe. Um deles, este ursinho de patchwork:
Troca e-mail daqui, troca e-mail de lá, acabei lhe enviando o molde do ursinho que ela, muito eficientemente, deu conta de fazer sozinha. Mostrou, lá no de(couer)ação, com direito à pose na cadeira chique Charles& Ray Eames e o crédito para o meu nominho( agora, vou falar igual à “mulher severino” Eliene: ” Ai! me puxa, que eu tô no céu!”):

Imagina: aquela que sempre me inspirou, se inspirando em algo que fiz!
Mas, isso é o que acho bacana: trocas que fazemos e, todo mundo sai ganhando.

Olha só, outro caso: a minha “comadre” Susi, do Copy&Paste, se inspirou numa receita de pretzel daqui e fez o dela:
Ainda, fez a maior propaganda do pãozinho de leite, também receita daqui da minha sala(da).
Enquanto eu, apaixonada por estas matrioshkas que vi no blog dela…
E essas delicadezas foram obra das mãos habilidosas da Daniela, que tem galeria no Flickr.
Pus a mão no feltro que tinha e então, saíram as minhas: A Janice, do Doce Encanto, também viu e gostou. Como é muito prendada, tratou de fazer a dela: E a Rosana Sperotto, do Amém: Mandalas e Manualidades, ganhou matrioshka na promoção do blog. Eu, ganhei uma amiga. Criativa como é, customizou a sua bonequinha russa: A Berê, viu este favinho de patchwork, mostrado aqui e, como eu, ‘paixonou:
Mais esperta e habilidosa que eu, rapidinho pegou tecido, agulha e linha e fez o seu.
Orgulhosa da sua obra(com toda a razão), mandou uma foto pra mim: Orgulhosa fico eu, se é que essa palavra possa ter conotação positiva, porque todos, caímos nessa teia da inspiração! Eu, quero ficar cada vez mais emaranhada…
Amém!

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *