Reciclando o olhar

Quem diz que só é possível embelezar um ambiente com muito ‘dindin’, certamente não tem criatividade, ou não quer se dar ao trabalho de olhar com outros olhos, determinados objetos do dia-dia…
Eu costumo guardar os potinhos de geleia, que seriam descartados depois de usados. Já imagino poder fazer “castiçais” com eles, para serem pendurados numa árvore.
Veja que ideias simples, mas de grande efeito:
Copinhos de vidro, agrupados e amarrados com uma fitinha, fazem um bonito conjunto para um arranjo de flores.
Aqui em casa, ninguém bebe nada de álcool, mas achei uma luminária interessante para enfeitar a mesa, numa noite de vinhos, massas e queijos. É só usar uma vela( que tal, dentro de um potinho de vidro?) e cobri-la com um ralador. Vi isto numa de minhas revistas antigas, da Cláudia Cozinha:

Ou, poderá fazer umas luminárias de papel, para uma noite de comida japonesa:
Cabideiros transparentes, quando virados, viraram ganchos:
Pense em usar objetos que poderiam ir para o lixo, antes de descartá-los. Você ganha 3x: arranja outra utilidade e um carinho novo para a casa, ajuda o meio ambiente e ainda economiza uns trocados.
Como diria um bom mineiro: “óia pro cê vê, uai!”

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *