Livre pra voar…

Porque tô precisando de leveza, deixo esta inspiração para um projetinho de fim de semana:
Algo parecido, também aqui. Crédito, na imagem.

(Perceberam que eu tô economizando energia até pra me comunicar?…)
Bom fim de semana!
Atualizando( antes que alguém venha me dizer:”mas como é que você diz que pode fazer, se não ensina como?!”).
Então, vamos a uma explicação rapidex. Você precisará dos seguintes materiais:
-1 cúpula de abajur ou luminária( poderá comprar numa loja de iluminção ou, melhor ainda, reutilizar uma da sua casa, já velhinha). Retire o tecido ou acetato da cúpula e deixe apenas o esqueleto;
-Cerca aramada para galinheiro, arame e alicate pra fixar a cerca, tinta spray, na cor que desejar sua luminária( tudo, na loja de material de construção);
-Passarinhos( procurar em floriculturas) e cola quente pra fixá-los;
-1 “macgyver” pra lhe ajudar; mas se der conta, direitinho, este ítem é dispensável…
Agora, se gostou, mãos à obra!

You may also like

9 Comentários

  1. Ô Laély, às vezes a gente precisa disso mesmo: liberdade para voar pro ninho, e ficar ali bem quietinha… Bom fim de semana pra ti também, recheado de ingredientes energizantes. Beijo

  2. Ameeeeeeeeeei a ideia!!!
    Super fácil de fazer, né?!
    Hum… acho que farei algo parecido lá pro hall dos quartos!!!

    Bjocas, e ótimo finde pra vc!

    Adorei o selinho com o link do bloguito, viu?!

    Mais bjo!

  3. Rssss vc não acredita, uma amida/arquiteta/vizinha acabou de voltar de Paris e me mandou uma luminária muito parecida com essa por email, disse que queria colocar na varanda. É linda né! Ela falou que vio no Le Bon Marché. Um bj grande Lú

  4. Oi amiga, nossa depois de uma temporada no hospital com a minha mãe ando me sentindo assim, mais pesada do que nunca,rsrs…
    Precisando de leveza, ando tão sem coragem, com tantos projetos inacabados, nunca mais consegui escrever algo decente no meu blog, eu não entendo porque as coisas quando acontecem na sua vida vem tudo de uma vez, olha que não sou de me entregar,porém ando me sentindo sem forças, só que isso não pooooooooooode.
    Argh, que o homen não aparece pra consertar a máquina, eu mereço.
    E fico triste de fazer minhas artes e não ter uma máquina digital pra registrar, odeio ficar pedindo tudo emprestado.
    Mas se Deus quiser minha vida entra no eixo novamente, e eu vou ficar assim levinha levinha, não é possível que eu não perca pelo menos uns cinco quilos em um mês,né?rsrsrsrs
    te adoro, o blog tá ficando lindo, beijos.

  5. Acho incrível como uma pessoa que se diz "sem energia" consegue comunicar tanta leveza!!
    Também acho que estes períodos de "peso" ou "sem energia" só vem para nos fazer valorizar as coisas simples da vida e os dias de leveza. Dias ensolarados, com os pássaros a cantar na árvore do lado (ou até mesmo no lustre do corredor, não?).
    Parabéns por esta capacidade de passar uma energia tão boa!

    Beijo,
    Lelê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *