Arranjo despretencioso

Eu aprecio aquelas pessoas que parecem ter pó de pirlimpimpim nas mãos. Tudo o que tocam, fica bem feitinho, bonito, de bom gosto, por mais simples que seja! Tenho algumas amigas reais e virtuais que são assim. Aí, bate aquela “invejinha branca” e a gente chega a pensar que “a grama do vizinho sempre tá mais verde!”
Veja bem, se eu seria capaz de pegar um galho de flor, arrumar num vidro usado de palmito, dispor sobre uma cadeira velha e ainda ficar este charme!:
Falando em arranjos simples, a mesa ficou ainda mais graciosa, com vasinhos de gerânios nos mesmos tons da toalha:

Baldinhos e vidros de azeitona, serviram como vasos para este arranjo bem rústico! Repare que as flores campestres, ajudaram a compor o clima:
Tentando ser descolada, colhi alguns galinhos de lavanda no jardim, usei a chaleira como vaso e deixei no balcão do meu lavabo:
A revista Casa&Decoração deste mês, traz um passo-a-passo para um belo e simples arranjo floral para mesa. Até florista inexperiente como eu seria capaz de fazê-lo, de tão fácil:
O tom amarelo predominou, mas com flores de espécies diferentes, no caso: gérbera, rosa e tulipas, mas dá pra se usar outras, certo?
Você precisará, além das flores, de: espuma floral (que se encontra em qualquer floricultura), saquinho plástico( tamanho suficiente para caber a espuma), saquinho de papel de padaria, ráfia, contas, pauzinho de canela( só pra darem uma bossa).
Comece imergindo a espuma floral na água, para que hidrate:
Envolva a espuma, já molhada, no saquinho plástico e coloque-os no saquinho de papel:
Prepare as flores:
Pra dar uma enfeitada a mais( eu, dispensaria), passar algumas contas de acrílico pelo fio rústico:
Amarrar os fios com uns pauzinhos de canela e, está pronto o arranjo:
Quer mais fácil que isso? Então, corra à banca pra comprar a revista, que sempre vem com muitas novidades!
Créditos das 3 primeiras imagens: clicar nelas.
(Ficar 1 dia desplugada me deixa ansiosa. Seria o primeiro sinal de uma doença virtual?! “Bichinho de blog” me picou, caí, doente de paixão e já apresento sintomas da abstinência. Espero recompensá-los pela ausência…)

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *