Um elefante na sala!

Você já “levou gato por lebre” pra casa? Ou foi responsável por algum “mico” decorativo? Um elefante branco, ou pior: um enooorme elefante( isso é redundância!) colorido, foi parar bem no meio da sua sala e ficou sem saber o que fazer com ele?! Depois da bobagem à sua frente, nem adianta fazer de conta que não é com você, ou o tipo: “tô nem ai, tô nem aí…”

Isso vive acontecendo comigo.
Às vezes, a gente compra no impulso e vai ver, aquele objeto ou reforma, inicialmente tão indispensável, nem é tão legal assim, ou ajustável à sua casa, à sua rotina…acaba não combinando.
No meio de um dos meus “surtos” reformatórios, resolvi que o quarto do menino do meio precisava ser pintado( precisava mesmo! Verdade!). Entrei de cara no “branco gelo”, imaginando não ter erro: numa tarde, pintei tudo( Ah! É pequeno, vai…)! Já era noite quando, decepcionada, constatei que tinha ficado hor-rí-vel! Não aguentei esperar: repintei tudo de marfim! O mesmo aconteceu com a cozinha: detestei o amarelo aplicado na parede, após tanto trabalho! Repintei, em outro tom.
Na sala, queria um sofá assim:
A história foi outra:
Como herança deixada pela antiga dona da casa, o sofá de boa estrutura, foi reformado após ser escolhida uma cor, que me parecia linda no mostruário!( Fica aqui, a dica pra quem deseja pintar um cômodo ou mudar o sofá: testar em um bom pedaço da parede, ou do móvel, a cor escolhida. O que pode parecer maravilhoso na amostra, pode assustar no resultado final!). Pois foi o que me aconteceu: sofá pronto, reformadinho e pareceu que a cor pesou, na minúscula sala!
Muitas “lágrimas vertidas e lamuriações” depois, tive de calar, ao ouvir a sentença dura, mas verdadeira: “Não pode reclamar! Você mesma que escolheu!” Tá bom, tá bom! Resignei-me ao meu insignificante conhecimento de cores: tô quieta e até tentando me acostumar, mesmo porque, há muitas prioridades na minha listinha de afazeres, antes de mandar fazer uma capa neutra num bom estofador. Esperarei com paciência. Se depender do Pingo, que acha que o sofá é o seu afiador de garras gigante, logo, logo será necessária nova reforma!( Renovadas chances de outras mancadas!)
Vendo estes sofás no Apartment Therapy, achei até que a cor escolhida, nem foi assim uma brasteemp de erro!
Vermelho com laranja?!
Azul-laranja-azul?!
O famigerado “elefante”, cor de tijolo:
Poltrona laranja?!
O outro irmão do “tijolo”:
Vai deixar pagar este mico sozinha?! Confessa, vai! Quem nunca por aqui errou a mão, que atire a primeira pedra…

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *