Michael Jackson não morreu!

Então: “Senta que lá vem história!”
Não! Esta não é mais uma reportagem sensacionalista, sobre o “assunto” que não sai da mídia há 1 semana!
Também, não encontrará aqui, alguma outra novidade ou detalhe sórdido, à respeito da infeliz figura! Digo infeliz, não para tripudiar, mas o que se poderia dizer de alguém, que passou boa parte da curta vida, fugindo de si mesmo?!

Sexta- feira, após terminar o atendimento na clínica, fiquei “jogando conversa fora” com a secretária e a psicóloga que trabalham comigo. Assunto, tipo: “celebridade que se foi…”
Achei interessante, a especialista discorrer sobre a personalidade do astro pop e os muitos fatores que o levaram a tomar atitudes, cada vez mais esquisitas.
Já é conhecido, pois o próprio Michael o revelou, que ele não teve uma infância feliz: foi abusado e agredido pelo pai, o que deve ter motivado muito ódio e revolta( prova disso, foi o fato de não tê-lo incluído no testamento)!
Tal relação familiar, complicada e delicada, parece ser o principal motivo das constantes e cada vez mais drásticas transformações na aparência de Jackson. Segundo os psicólogos, que veem na personalidade do artista, um objeto de estudo riquíssimo, as constantes cirurgias plásticas que o deformaram, foram resultado de rejeição: Michael se olhava no espelho e desejava apagar todo e qualquer traço, que lembrasse o pai abusador e violento. Poderia então explicar: o embranquecimento, as cirurgias para afilar o nariz, o alisamento do cabelo, a personalidade infantilizada…
Bem, claro que isso não é uma tese de Psicologia e talvez o filho mais velho até estude o assunto daqui a algum tempo, já que vai iniciar o curso na Universidade, mês que vem. Talvez, me explique melhor…Difícil entender que alguém deseje, de livre e espontânea vontade, mutilar-se, aos poucos…
Michael fez inúmeras cirurgias e procedimentos, porque não se aceitava. Ele queria ser outra pessoa e não, a que via no espelho!
Mas, antes que baixem ao chão, procurando pedras a atirar, pensem que muitos de nós estamos nos deformando, tanto quanto MJ, por não aceitar que o tempo nos transforme em alguém, diferente do que fomos na juventude! Brigam com o tempo e se submetem à procedimentos “rejuvenescedores”, mas deformantes, porque não aceitam as rugas da maturidade, chegando. Fazem um esforço danado pra ficarem mais feios( geralmente conseguem!)
MJ, queria ser diferente, por isso se deformava.
Os que não se aceitam diferentes pela idade, pelo tempo, também se deformam!
Exemplo disso, é a foto que abriu o post. Você acha que é homem, ou mulher?!…Também, não sei! Você levaria um susto, ao dar de cara com a tal figura num supermercado?!…Também, eu!
A triste constatação, é que nos deparamos com essas estranhezas a toda hora: vamos à padaria de manhã e, às 6:30h, já encontramos mulheres tão maquiadas, tão exageradamente perfumadas, tão botocadas, siliconadas, megahairadas, decotadas, hipersensualizadas…que beiram o ridículo!
Outro dia, recebi um e-mail de uma amiga, mostrando a Susana Vieira (que tá muito esplendorosa, obrigada!), com photoshop e outra, mais à vontade, de biquíni numa praia no Rio. Gente, para onde foram as pernas torneadas, sequíssimas e sem celulite da foto da campanha publicitária?! Que coisa mais pequena, ficar mandando isso por aí, pela internet, parecendo ser vingança de mulher mal-amada( “Ah! Se eu não posso me livrar da celulite, então, ninguém mais poode! Mulheres celulitadas: vamos dominar o mundo!!”)
Fico analisando às vezes, o quanto nós mulheres “pisamos na bola”, ao tentarmos ser as bonitonas, as saradonas, as gostosonas( fala outro “ona” aí!)… e acabamos por ser: as bobonas, as ridiculazonas, as sem-noção-zonas…e vira tudo um “zona”!
Fico com pena dessas estrelas( ah! Nem tanto, vai! Elas ganham bem mais que eu!), que têm a “obrigação” de se manterem sempre magras, elegantes, poderosas, maravilhosas…Isso, quem não quer?! Não precisa ser diva! O problema, é quando perdem a noção do que seja se gostar, se cuidar e se entregam à condutas não tão benéficas assim à sua aparência e saúde, tudo em nome da beleza. Beleza? Que beleza?! Fake é belo?!
Farrah Fawcett, minha diva do seriado As Panteras( Sim! Eu também desejei ter o cabelo igual ao dela!), também faleceu, na mesma semana que MJ. Duas figuras “nadaver”, mas “tudoaver” por uma triste coincidência: ela também se deixou seduzir pelo mito da eterna beleza e ficou deformada, após tantas plásticas!
Com escrevi aqui, no dia em que fiz 40 anos: “velho: você ainda vai ser um!”
O negócio, é como a gente vai chegar lá? De maneira digna, consciente, tranquila, saudável, produtiva, ou, brigando, não se aceitando?!
A Lidiane, do Bicha Fêmea, fez um post falando mais ou menos sobre esse assunto, que perturba tantas mulheres( include me!): será que dá pra conviver bem com os nossos defeitinhos, sem cair em depressão, a cada novo furinho de celulite que se vê no espelho?!
Acha que ser diva ou pin´up é fácil?!… Embarco na campanha do Hoje Vou Assim e assumo que sou:
Tá bom, mas eu tenho minhas recaídas!
Outro dia, entrei numa dessas cabines de loja de shopping, toda satisfeita, com um monte de roupa de promoção( Oba! Promoção é comigo mesma!). Saí de lá, deprimida e sem nenhuma roupa nova! Sabem, que aqueles espelhos na frente, atrás, iluminação daqui, dali, fazem a gente se sentir um lixo?! Tudo o que você não foi capaz de perceber( os quilinhos que ganhou, a celulite nova que apareceu, suas pernas , que não estão mais “aquela coisa”…), tudo lhe é revelado pelo espelho da madrasta da Branca de Neve( Viu?! Uma que não se rendeu ao bronzeamnto artificial!)! Mas, que espelho indiscreto! Parece nos dizer: “E aí, perua! Já fostes melhor, hein?!”
Indiscrições à parte, já combinamos ser criaturas mais evoluídas nos parágrafos acima, certo?
Então, que tal fazer as pazes com o espelho? Com você? Não quer que os outros lhe achem ridícula pelas costas, certo?( Homens, que nos acompanham: saibam que pintar os cabelos de preto ou vermelho, para esconder os brancos, também é demais…de esquisito, pra não falar ridículo!)
Para encerrar o assunto espinhoso( espinhoso, lembra casca de abacaxi, que lembra: celulite?! Perdão, perdão! Relevem!), mostro alguns espelhos, dignos de princesas e príncipes, de um site, que: “ô loco, meu!”( Como diria Faustão) Tudo de ficar babando!
( Não reclamem de algumas imagens que estão pequenas. Foi como consegui salvar. Aproveitem pra dar um pulinho no link e ver outras maravilhas!)

“Espelho, espelho meu”…não diga nada!Então: “MICHAEL JACKSON NÃO MORREU!”
Você poderá topar com um clone dele por aí: na farmácia, na padaria, na fila do banco…
Não seja mais um!
Juízo, hein?!
Juízo, eu!
Crédito para os espelhos: Graham and Green

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *