"Me Leva pra Casa…

Me bota no coloo…
Me conta uma históriaa…
E me fala de amoooor…”
( Desculpa, mas não resisti em cantar a musiquinha!)
Acho que já deu pra perceber que sou uma apaixonada por patchwork!
Fiz curso, em um período que a vida ainda me permitia, e até concluí alguns projetinhos, dos quais muito me orgulho.
Este panô, que parece um catavento de cores, é o meu preferido e o trabalho mais difícil que cheguei a fazer, porque tem muitas curvas e foi todo feito à mão:

Detalhe de um bloco:
O quilt:
Mas este post não foi pra falar de mim, embora tenha aproveitado pra me “metidar”, com diria o filho do meio.
Conheci o blog da Cecília e Helena, mãe e filha, respectivamente: o Quilts are Forever, tem coisas lindas que as duas fazem, em patchwork!
Elas estão com uma promoção muito simpática e estou divulgando aqui, porque eu já participei!
O negócio é bem simples: você dá uma passeada pelo blog delas e aproveita pra ver um monte de coisas bonitas, além de conhecer algumas histórias do patchwork, porque quilt também é cultura! Aí, é só comentar no post da promoção o que mais gostou e, pronto: já estará concorrendo a uma echarpe de tricô, tipo gravata, que você pode ver aqui.
O post que mais gostei foi este aqui:
Colcha de Helô , onde a Cecília mostra e conta a história desta colcha, que fez pra filha Helena, em 2002, com direito à recadinhos e mensagens, escritas por parentes e amigos, para o neném que estava por chegar. Uma joia de recordação!
O bloco do centro serviu pra as mensagens, escritas à mão, com canetinha especial para tecido:
Uma ideia muito meiga!
Promoção: “Me Leva pra Casa!” , do Quilts are Forever.
Tá aí, a dica!
( Atualizando: a Lúcia, cobrou nos comentários, a cara do bichinho da primeira imagem. É que já havia mostrado esse ursinho, que fiz com a ajuda da mãe costureira, aqui.)

You may also like

18 Comentários

  1. Olá, Laély:
    Lindo o seu panô. Curvas são sempre difíceis, mas muito elegantes e leves. Você já viu o cortador para círculos? Vi num armarinho aqui no Rio e fiquei muito tentada a comprar. É meio carinho, mas acho que vai valer a pena.
    Quem escreve é a Cecilia, mãe da Helena.
    Beijo carioca.

  2. Querida Laély, adorei o teu panô – parabéns pelo talento! Eu também adoro patchwork. Valeu a pena conhecer o blog da Cecília e Helena – bela dica!
    Bjim com karim
    Léia

  3. Nossa Laély, seu panô è lindo , mulher vc sabe fazer tudo.
    Depois vou la conferir o blog indicado pq adoro patchwork.., mas ja adorei essa colcha com recadinhos.

  4. OI laely!
    eu tb adoro patchwoork, tenho até um post no meu blog> mas foi uma declaração que fiz para minha irmã-ela simplesmente é aficcionada por esta arte! Não para nunca, quando pensa que ela vai parar tá ela lá costurando, bordando, passando,dobrando, passando de novo, costurando de novo, ai cansei… quando fui pro sul ano passado em agosto-ela me fez ir em 2 feiras sósobre patchwoork -confesso que fiquei doidinha tb- um mais lindo que o outro – e acabei comprando um kit que já vem as laterais, a espuminha-muito fofo – e eu ainda não acabei de bordar á mão- as tulipas> mas tem que costurar aquelas beiradinhas, com a espuminha e o forro sem ficar nada torto senão ela me mata! então resolvi que só vou bordar! e ela vai terminar a costura-que ela é fera! não para de fazer curso! eu fiz um negocio com ela – como gosto de pintar- vamos fazer mucambo – eu dou minhas telas em troca de almofadas que sonho para minha sala e uma colcha igual a esta que vi!

    Mas o teu trabalho tá lindissimo, pena que não mostrou a carinha daquele primeiro trabalho, quem dera eu conseguisse e tivesse paciência para isto!Parabéns
    Estou pensando se participo desta promoção, será… vou lá namorar o blog dela- brigadão pela dica!
    bjs

  5. Olá…
    Você tem talento para a coisa! Gostei de ver! Eu não faço nem uma costurinha reta, morro de vontade de aprender.

    Vou conferir sua dica. Certamente coisa boa!!

    Excelente semana para vocÊ!

    Bjsss

  6. Ahhh…mas que lindezas !!!!!adorei tudo, sou louca para afzer um curso, mas aqui onde moro não tem…..:(
    Fico só nas pinturinhas em madeira e me contento vendo imagens lindas como essas.
    Apareça na minha casinha qdo puder.
    Bjs.

  7. oi amiga multi poderosa
    recebi seu presente hoje e simplesmente amei, que carinho gostoso.
    obrigada do fundo do coração.
    uma semana abençoada
    beijos

  8. Essas colchas me lembram as coisitchas da minha avó, ela tinha colchas e tapetes feitos de retalho, que hoje em dia, chamam de patchwork.

    Lindas as fotos :)

  9. Fátima, Lúcia e todos: fazer patchwork, assim com origami é terapia. Ajuda, sim, a exercitar a paciência, mas ver o trabalho ser construído aos poucos e ganhar corpo pelas suas mãos é recompensador! Coisas, de uma época mais "slow", das nossas avós, como descreveu a Rafaela. Eu tô precisando desacelerar, também.

  10. Oi, estou 'estreando' nas visitas por aqui. também amo patchwork e vou fazer uma visitinha pra colegas citadas. gostei das belas imagens de casas, quintais, janelas. um bj. aparece pra me conhecer tb.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *