Alfajores delicados "nuestros hermanos"

Quando tenho compromisso no hospital, fim de semana, a casa e família ficam meio largados, confesso. Não dou conta, mesmo! O jeito é recorrer a self service, onde não se é bem servido. Voltando do hospital, passei a tarde na cozinha, porque ela já estava me gritando:
“Por favor, alguém cuide de mim!”
O negócio, foi respirar fundo e mergulhar na pia de louça, com máscara e escafandro!
Procurando aplacar um pouco o sentimento de culpa, resolvi fazer um agradinho ontem, porque, como diria Chico Buarque,”…também, sem um carinho, ninguém segura esse rojão!” E pra mim, carinho tem cheiro, gosto e textura…
Aproveitei pra fazer um pãozinho básico, porque menino já disse que prefere o de casa( aí, eu me acho!).
Mais corajosa ainda, resolvi fazer um biscoito que, apesar de trabalhoso, rende sorrisinhos de prazer e muitos elogios.
Esta receita, não é do Paraguai. Pode confiar. É uma legítima receita, que um legítimo argentino me repassou, há muitos anos.
Como já tem um tempinho que não dou receitinha, vamos ao nosso momento “Ofélia” da semana:
Alfajores( legítimos argentinos!) Ingredientes:
-500g de amido de milho (Maizena), aproximamadamente;
-100g de trigo;
-2 colheres de chá de fermento em pó, químico;
-1 colher de café de bicarbonato de sódio;
-6 gemas, passadas na peneira;
-300 g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente;
-100g de açúcar refinado;
-1cs de conhaque;
-1 cc de essência de baunilha;
-Raspas de limão;
-Uma pitada de sal;Outro ingrediente indispensável: boa música! No caso: Marina de La Riva, no cd player.Modo de fazer: bata a manteiga junto com o açúcar, até ficar um creme esbranquiçado. Acrescente as gemas peneiradas, uma a uma. Misture as essências: conhaque, baunilha e raspas de limão.
Peneire os ingredientes secos: trigo, amido de milho, fermento e bicarbonato. Acrescente ao creme batido, aos poucos, incorporando-os.Sobrou um pouco do amido, mas a massa já estava no ponto de abrir, sem grudar nas mãos. Deixe descansar, por pelo menos 1 hora: Dá pra sentir a textura?Polvilhe o granito com um pouco do amido que sobrou, divida a massa e abra-a com um rolo, até uma espessura de o,5cm. Se quiser fazer bossa, pra que tudo fique numa espessura igual, abra a massa entre 2 réguas de vidro:Com um cortador de biscoito pequeno, corte os biscoitos. Para que não se quebrem ao serem retirados, ajude a desprendê-los com uma ponta de espátula, ou com uma faquinha: Acomode-os delicadamente em uma forma, sem untá-la. Leve-os ao forno pré-aquecido, 180°a 200°C, por aproximadamente 10´. Preste muita atenção nessa hora, pra não deixar os biscoitos corarem. Eles devem sair do forno, ainda branquinhos. Pense que são seus filhinhos na praia, num dia de verão ensolarado. Não pode descuidar e deixar que tostem ao Sol, né?
Agora, o trabalho mais delicado: retirá-los da forma, espalhar doce de leite e grudar um outro por cima, como se fosse um sanduichinho.
Pode-se fazer o doce de leite em casa, na panela de pressão. É muito fácil e a Rita Lobo ensina como, no Panelinha. Se preferir saborizá-lo, a dica é acrescentar 1 cs de licor de Marula no doce já pronto. Fica delicadamente perfumado e com um sabor maravilhoso!
Lembre-se que são biscoitos muito frágeis, como bebês recém-nascidos, e não podem ser apertados, jogados, amassados:
Ideia para presente: acomodá-los numa latinha de alumínio com tampa, colar um tecidinho por fora, amarrar uma fita bonita.
Agrados…Agrade!
Em tempo: a Carmem lembrou com saudade, dos biscoitos tradicionais dos “nuestros hermanos” ! Lembrando que se pode espalhar o doce de leite pela lateral e “mergulhá-los” no côco ralado. Ou então, dá-lhes um banho de chocolate. Perdição das dietas…

You may also like

27 Comentários

  1. E eu to aki com agua na boca e morrendo de fome!!!

    Ah, e ja copiei a receita na integra!!!
    com direito às fotos e tudo!!!
    rsrs

    bjus

  2. Amiga
    Cada post teu tem me remetido ao meu passado.rsss
    Como fui criada na fronteira, lembro muito do meu pai trazendo os alfajores argentinos para mim.
    Amo de paixão!!!
    Vou experimentar tua receita.
    Beijos

  3. Oi Lá
    Vim ver “queeraissodiverá”.
    Gostei e copiei a receita, mas fiquei tão emocionada: nossa bacia de “prástico” é igual. Rssr
    Bjs.

  4. Quanto amor e dedicação, heim, que gostoso! Eu também estou muito anciosa em poder começar a usar a minha cozinha, só falta o gás encanado que o condominio está instalando… ui! Que delícia! Petit gateau, alfajor… parabéns doutora! Admiro a sua atitude e carinho! Beijos!

  5. Laély, que maldade! Hoje é segunda-feira, dia de começar regime e você aparece com uma coisa boa dessas?! rs rs
    Vou ter que fazer, minha mocinha está enlouquecida querendo colocar lacinhos cor de rosa nas bolachinhas… rs rs

    Boa semaninha…

    Bjsss

  6. Fátima:
    Laély é "gente como a gente", fia. E faz comprinhas na loja de R$1,99, também!
    Flávia:
    Dentro de uma canequiha, num saquinho de celofane, amarrado com fitinha, fica muito fofo!
    Outra ideia, que já fiz: Reutilizar embalagens tetra pack. Eu abro as caixinhas, lavo-as, ponho-as para secar, dou uma lixada, pra poder aderir melhor a cola branca, diluída, e aplico tecido. Coloco os biscoistos num saquinho e acomodo dentro das caixinhas recicladas. Simples e bonito!

  7. Lá, feliz ano novo! menina, há dias estou aqui sonhando com os seus alfajores… eu fazia quando adolecente uma receita parecida com a sua, acho que vinha de um daqueles cadernos do açucar união, mas a cobertura era de glacê de limão… era suuuuper cansativo fazer, mas depois de prontos era deitar numa poltrona e ficar só saboreando… obrigada pela receita, assim que tiver coragem, farei esses alfajores! beijo grande e aproveitando a visita, você está cada dia mais linda! assim como a sua família! parabéns pelos filhotes!

    1. Ô, Daniela!
      Que carinho, sua mensagem!
      Amo esse tipo de receita, com tradição!
      Um detalhe importante é em relação à quantidade de amido de milho: esses últimos que fiz, usei de 150-200g de trigo e diminuí o amido; acho que ficam menos quebradiços, sem interferir tanto na textura. Separe uns 600g de amido e vá acrescentando, aos poucos, até sentir que a massa tá boa de abrir.
      Apesar de trabalhosa( só porque precisa abrir, cortar e assar. Depois, rechear…), é uma receita que vale a pena.
      Viu, no Facebook, que banhei alguns em chocolate meio amargo? Fica fantástico!
      Obrigada, um beijo e feliz ano novo!

  8. ah, se eu vi os alfajores com chocolate…vi e babei! Estou tentando acompanhar o seu blog, mas não dou conta de ler tudo… mas já vi a foto do pudim sem furinhos… obrigada pelas dicas da farinha/maizena, vou prestar atenção na hora de fazer os meus alfajores… beijo grande e vamos que 2013 tá parecendo mais apressadinho ainda que o ano que passou!

  9. La, eu fiquei apaixonada pela receita, e vou dar de presente de Acao de Gracas para minhas enteadas, nora e sogra! Elas vao amar!!!
    Estou feliz por encontrar Leite Moca aqui nos EUA, dai posso preparar o doce de leite, so que vai ser na slow cooker, e na na panela de pressao, pois eu nao tenho… kkkkk
    Adoro acompanhar suas receitas e suas corridas!!!
    Obrigada!
    Beijos, Maria Paula Thompson, a Boneca de Pano…

  10. Adorei, A receita e muito fácil, até minha filha de 9 anos ajudou. Só que fizemos uma alteraçãozinha, rsrs. Ela deu a ideia de fazer bolinhas, então virou biscoitos. Mas ficou simplesmente maravilhoso.

    1. Oi, Fátima!
      A receita rende bastante, mas nunca parei pra contar. No fim das contas parece pouco, porque logo acaba. rs
      Aconselharia a você primeiro testar a receita, ver se gosta, quanto rende, afinal, para um casamento são muitos convidados. Precisará prepará-los com antecedência. Eles se conservam bem, por mais de uma semana( embora, nunca tenham durado tanto: esgotam-se, em dois dias!), por causa da gordura que contém.
      Apesar disso, não é um biscoito que mela, mas, lembre-se: tem recheio cremoso, que acaba passando para a massa. quanto mais tempo ficar, mas molinho, também. Por isso é bom providenciar uma embalagem que os proteja, porque são muito delicados.
      Lembre-se: teste, antes!
      Boa sorte!
      Beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *