A casa das matrioshkas

Vocês se lembram das matrioshkas que eu ganhei e mostrei aqui?
Estou, desde então, à procura de um lugar digno para colocá-las.
Resolvi pendurar um espelho na entrada para a sala, mas não sem antes fazer umas modificações bem simples:
A bolsa que pendurei, foi a Ana Sinhana que fez pra mim. Não dá pra ver os detalhes do tecido, mas são pequenas matrioshkas, mais visíveis aqui:

Troquei os ganchos comuns por puxadores coloridos e misturados:
Pensei em pintar a moldura do espelho, mas achei que seria muita informação.
Mantive o branco e acrescentei este outro puxador de rena, só porque não tinha onde colocá-la:As outras, foram parar num dos armários da sala, embora ainda não esteja satisfeita com o lugar:
Mais de perto: Quando arranjar uma casinha melhor, eu mostro.

You may also like

15 Comentários

  1. Oi, Laély!
    Que bonitinhas essas bonequinhas! Nem tem como achar diferente, não é?
    Muito gentil da sua parte dividir conosco o local onde elas ficaram, para a gente poder admirá-las e abrir um sorriso de um canto a outro do rosto, exatamente como estou fazendo agora. 😀

    Ah! Pois é, menina! Fiz um bocado de coisa legal. Mas agora estou de volta e sim, vamos todas botar pra quebrar na blogosfera. 😉
    Ah! E eu entendi a mensagem todinha… ehehehehe…

    Beijos!

  2. Ah, que orgulho de "me ver" aí nesse hall tão fofo!
    A minha matrioshkinha tá pendurada no ateliê. Ainda não fotografei (shame on me!), mas olho pra ela todo dia com um baita carinho!
    Agora, me fala onde vc arranjou esses puxadores tão fofos? E esse de rena? Morri!
    Bjs,
    Ana

  3. Oiii querida…!! agora tem uma visitante frequente. Bom, tem um presentinho pra ti no meu blog… um selinho, espero que goste. Beijão da Fê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *