Pão de leite fofinho

Faça você mesmo!

Fiz uma introdução no post anterior para o “momento Ofélia” do dia, onde darei a receita de um pão, que é o queridinho das crianças e que não pode faltar aqui em casa. Ele fica muito leve e macio e é daquelas receitas que você faz e sempre dá certo!
Para não cansar as possíveis “crianças”( como o Paco, por exemplo) que acompanham o blog e não tem paciência para ficar lendo muita coisa, resolvi dividir o assunto pão caseiro em dois posts. Comida de rainha é para dar vontade de levantar esse “traseiro gordo”( com todo o respeito!) do sofá e correr pra cozinha!
Tudo mastigadinho, para os novatos chefs. Mas, se não sabem a diferença entre fermento biológico e químico, melhor arranjar um padrinho mais entendido, para garantir que sua primeira experiência não seja traumática.
Costumo comparar fazer pão a um parto normal: é necessário atenção em todas as etapas!
Então vamos a receita, que é o que interessa:
Pãozinho de leite
Ingredientes:

-2 xícaras de leite morno;
-1 xícara de óleo( uso sempre de canola ou girassol);
-2 ovos;
-2 cs rasas de fermento biológico seco( quem só usa o de tablete, tem que fazer a adaptação);
-2 cs de açúcar;
-1/2 cs rasa de sal;
-700 g de farinha de trigo, aproximadamente ( os inexperientes podem até brigar comigo, por não dar a quantidade exata, mas entenderão que é assim mesmo!)
Modo de fazer:
Numa vasilha funda, coloque todos os ingredientes, com exceção do trigo, e misture bem.

Agora, é o “pulo do gato”, porque o trigo deve ser acrescentado aos poucos. Isto é importante : coloque o trigo e vá mexendo, de preferência batendo a massa, como se fosse um bolo.
À medida que for acrescentando trigo, perceberá que ficará cada vez mais difícil de bater. Não desanime! You can do it! O seu braço vai cansar, vai pensar em desistir, mas garanto: o resultado vale a pena! Pense naquele pão extra, mega, super fofinho…e as forças voltarão!
(Pode-se sovar o pão da maneira usual, mas dessa forma, tende-se a colocar sempre mais trigo para que a massa não grude. O resultado é que o pão ficará igualmente macio, porém mais seco). Também não será necessário cansar seu braço a manhã toda fazendo isso. O ponto chega, quando a massa começar a desgrudar do fundo do recipiente.


Com as fotos, ficará mais fácil entender:
1-Muita calma nessa hora, para acrescentar o trigo…
Depois de misturar e bater bem, a massa começará a desgrudar da vasilha

2-Agora, é só jogar um pouquinho mais de trigo e fazer uma bola macia
(Costumo colocar 20 segundos no microondas, só pra dar uma ativada no fermento; passo filme plástico na vasilha e deixo no forno, previamente amornado, por +/- 50 minutos.
Isso tudo é só pra dar uma acelerada no processo, mas cuidado para não esquentar demais e matar o fermento. Se não tiver microondas, ou filme plástico, não é desculpa para não fazer a receita.)

3- A massa, depois de crescida:
( Abaixe a massa, coloque-a num balcão e sove-a só um pouquinho mais.
Divida-a em 3 partes iguais e abra-a com um rolo)

4- Cortando em forma de triângulos
Enrole os pãezinhos da base para a ponta. Se quiser, pode colocar um recheio( mini salsicha, Catupiry, frango…) que faz muito sucesso entre as crianças!

Faça o mesmo com os outros dois pedaços…

5-Colocar em forma untada com óleo:

Pincelar gema e depois gergelim, se preferir.
Novamente, precisará crescer, por aproximadamente 40´.
Após, colocar em forno pré aquecido ( alto).
Assar por +/- 20´, ou até que fiquem corados.

6-Prontos para serem devorados!

Um plus de fofura na sua vida!

Depois de frios, guarde-os em um recipiente fechado para não ressecarem.

Rende +/- 30 pãezinhos.
Aqui em casa, não dura 3 dias…
Mão na massa!

You may also like

19 Comentários

  1. estou fazendo agora, com salsicha para o aniversário da minha filha. Sempre recorro ao seu blog qd preciso de uma receita que já sei que deu certo para alguém. bjs

  2. Correeeennndo fazer pra molecada de férias!! 😀
    agora, minha cara, como conseguiu fazer esse disco tão redondinho? nem no meu melhor dia de Amélia eu acho que conseguirei abrir a massa assim tão bonitinha!! *rs Obrigada por compartilhar! bjs,

    1. Kelly, essa receita é sucesso entre adultos e crianças. Depois, me diga se não tenho razão.
      O disco redondo é a prática, mas é só abrir uma bola de massa, que acaba num disco como esse. rs
      Abraço!

  3. Estou fazendo o pão. Quando a massa começou e ficar difícil de bater coloquei na minha panificadora e ela bateu para mim, ainda não sei como vai ficar. Depois eu conto como ficou. BJs e parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *